Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Inep divulgou diretrizes para o Encceja 2020

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou na última quinta-feira (26) o edital com as diretrizes para o Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) 2020. Assim, de acordo com o documento, a aplicação da prova será no dia 25 de abril de 2021. Além disso, a prova ocorrerá em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal.

O período de inscrição estabelecido pelo Inep tem início no dia 11 de janeiro de 2021 e vai até o dia 22 do mesmo mês. Para realizar a inscrição, os interessados devem acessar o site do Encceja. Ainda conforme o edital, os candidatos devem solicitar o atendimento especial e tratamento pelo nome social  neste mesmo período, também pela internet. Clique aqui para acessar o portal do Encceja,

Os participantes que se ausentaram no Encceja 2019 devem justificar a ausência caso tenham interesse em participar do Encceja 2020. De acordo com o Inep, a justificativa dos inscritos que não compareceram à realização das provas do Encceja 2019 é obrigatória para a inscrição na próxima edição do exame.

O resultado preliminar para as justificativas deve ficar pronto no dia 28 de dezembro. Já o resultado final ficará disponível no dia 11 de janeiro, após o período de recurso.

Sobre o Encceja

Criado em 2002 com o objetivo de avaliar o conhecimento de jovens e adultos que voltaram a estudar em uma idade já avançada por não conseguirem se formar no tempo adequado. As provas contam com quatro cadernos, mas eles se dividem de acordo com o nível (fundamental ou médio). No total, são 120 questões (30 de cada caderno) e uma prova de redação, sendo a pontuação máxima 180 pontos para as questões objetivas e 10 pontos para a redação.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Fonte: Agência Brasil.

Leia ainda Corte no MEC pode afetar educação básica em até R$ 1 bilhão.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
1 comentário
  1. Berenice Aves fuhr Diz

    Para terminar o estudo e ter mais oportunidade

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.