Immanuel Kant: resumo para ENEM e vestibulares

Immanuel Kant viveu entre os anos de 1724 e 1804 e foi um dos filósofos mais importantes da sua época.

Immanuel Kant: resumo do pensamento do filósofo para ENEM e vestibulares

Immanuel Kant é considerado um dos principais pensadores de toda a história da humanidade. Questões de filosofia sobre o pensamento do filósofo são muito comuns, principalmente dentro dos vestibulares e também da prova do ENEM, Exame Nacional do Ensino Médio.

Assim, para que você garanta um bom desempenho nas suas provas, o artigo de hoje separou um resumo completo com tudo que você precisa saber sobre Immanuel Kant. Vamos conferir!

Immanuel Kant: introdução

Immanuel Kant viveu entre os anos de 1724 e 1804 e foi um dos filósofos mais importantes da sua época. Suas ideias e pensamentos serviram de inspiração para outros pensadores, como Marx e Hegel. Ainda, seus ensinamentos tiveram uma grande influência no direito, na sociologia e na pedagogia.

Além disso, Kant foi também responsável por fundar uma corrente crítica, o criticismo, através do qual buscava delimitar os limites do conhecimento humano.

Immanuel Kant: características do seu pensamento

Kant criou uma espécie de teia de conceitos cuja finalidade era a de explicar que o conhecimento é adquirido através da percepção “coisa em si”, como ele denominou. A percepção trata-se da intuição e da racionalidade que, juntas, proporcionam um conhecimento ao homem por meio da relação de conceitos com os dados da percepção.

Em relação à moral, Kant criou a metafísica dos costumes, uma teoria cujo objetivo é o desfazer qualquer relativismo moral através de leis morais universais. Para ele, há um dever em cumprir estritamente às leis morais.

O pensador expressou as suas ideias políticas em sua obra “A Paz Perpétua”, no qual elaborou um tratado que garantia o respeito aos direitos humanos e a paz entre os países.

Immanuel Kant: principais ideais

Kant dialogava sobre o idealismo transcendental, usado para fins de entendimento sobre o conhecimento humano, baseado no juízo analítico, sintético e estético.

Como já mencionado, ele elaborou o criticismo com o objetivo de estabelecer limites do conhecimento humano. Por fim, Immanuel Kant também criou a ideia do imperativo categórico, que afirma que toda ação, em qualquer situação, deve estar correta.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.