Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.8/5 - (5 votes)

Concurso IBGE tem novo cronograma para 15 mil vagas de recenseador

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística faz saber aos interessados a abertura de novo edital para recenseadores; As inscrições seguem até segunda, 01/08

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística tem em andamento o novo edital (Edital IBGE 2022) para o preenchimento de 15 mil vagas para o cargo de Recenseador.

O Instituto retificou mais uma vez o edital complementar. Inicialmente, as inscrições seriam finalizadas no dia 1º de agosto e com resultados já no dia 2. No entanto, as inscrições foram prorrogadas e ficaram abertas até o último dia 3. Com isso, a previsão era de que o resultado preliminar da avaliação de títulos fosse publicado no dia 05 de agosto, o que não aconteceu.

Após informar o adiamento, o IBGE publicou um novo cronograma. Segundo o documento, o resultado preliminar dos títulos já está disponível, com prazo para recursos das 8h às 17h desta sexta, 12. Após essa fase, será publicado o resultado definitivo no dia 16, com a conclusão do processo no dia 19 de agosto.

As convocações serão imediatas, considerando que o Censo Demográfico teve início no último dia 1º e diversos recenseadores já estão realizando a coleta.

Edital

Trata-se, segundo o órgão, de um novo edital complementar. Segundo o documento de abertura, o novo concurso do IBGE conta com 15.075 vagas para recenseadores, distribuídas por 18 estados em todo o país.

O Instituto confirmou que não foram preenchidas todas as vagas nos últimos dois grandes processos seletivos para a carreira, sendo o primeiro deles com 183.021 oportunidades em todo país e o segundo com 48.535 postos remanescentes desta seleção.

Os editais complementares têm o objetivo de preencher vagas em localidades que não tiveram aprovados em número suficiente, apesar de haver mais de 87 mil candidatos não eliminados no processo geral do certame.

Para concorrer a uma das vagas de recenseador, o candidato precisa de, no mínimo, nível fundamental completo. A remuneração paga ao profissional será por produção. A jornada de trabalho recomendável para o recenseador, segundo o edital, é de, no mínimo, 25 horas, além da participação integral e obrigatória no treinamento.

Além do salário, os aprovados contarão com auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais. O contrato inicial será de três meses, com possibilidade de prorrogação.

EDITAL IBGE 2022: Inscrições e Etapas

A inscrição do edital concurso IBGE 2022 para recenseadores poderá ser realizada até a próxima quarta-feira (03/08). Não há taxa para participação no certame.

Os interessados em concorrer a uma das vagas de recenseadores do IBGE poderão preencher o formulário disponibilizado no  site do IBGE .

Os candidatos serão avaliados por meio de análise de títulos. O resultado final está previsto para ser publicado no dia 10 de agosto.

Após o resultado final, os aprovados serão convocados para o treinamento e iniciarão nas atividades de forma imediata, considerando que o Censo já começou.

Concurso IBGE abriu mais de 200 mil vagas

O concurso IBGE ofereceu 206.891 vagas temporárias para todo o país, com vagas para cargos de níveis fundamental e médio, distribuídas da seguinte maneira:

  • nível fundamental: recenseador (183.021 vagas);
  • nível médio: agente censitário supervisor (18.420 vagas) e agente censitário municipal (5.450 vagas).

Os salários mensais chegam a R$1.700 para o agente supervisor e R$2.100 para o agente municipal. Com o auxílio-alimentação de R$458, os valores serão elevados para R$2.158 e R$2.558, respectivamente.

Os aprovados contarão com auxílio-transporte e ao auxílio pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.

Para recenseador, a remuneração será por produção, calculada por setor censitário, por unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados. A jornada mínima de trabalho é de 25 horas, além da participação integral e obrigatória no treinamento. Já os agentes irão atuar 40 horas semanais, oito horas por dia.

Os agentes contarão com contrato de cinco meses, enquanto o cargo de recenseador tem contrato por três meses. Em ambos os casos, os contratos poderão ser prorrogados, a critério do Instituto.

Censo adiado pela pandemia

Por conta da pandemia, o IBGE adiou seu Censo Demográfico. No entanto, a instituição realizou diversos concursos a fim de contratar os funcionários necessários para realizar o recenseamento.

Estas novas vagas para o cargo de recenseador é uma ótima oportunidade para pessoas que buscam não só o primeiro emprego, mas também para aqueles que estão sem trabalho por conta da crise sanitária da Covid.

3.8/5 - (5 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.