Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

História: O que pode cair sobre Abraham Lincoln no ENEM e vestibular

Abraham Lincoln (1809 – 1865) foi presidente dos Estados Unidos da América. Ficou eternizado por ser o chefe que decretou a emancipação dos escravos no país.

Tornou-se então uma das maiores figuras da história de seu país e por isso pode ser cobrado em vestibulares, assim como no ENEM.

Vale muito a pena conhecer a história desse político e figura histórica.

Abraham Lincoln – Infância e Juventude

Lincoln nasceu no dia 12 de fevereiro de 1809 no Estado de Kentucky nos EUA. Filho de camponeses, Abraham Lincoln vivia em uma modesta casa e mantinha uma vida simples.

Sua família decide mudar-se então, para o Estado de Indiana em 1816 em busca de melhores condições de vida.

Aos sete anos Abraham Lincoln começou a trabalhar no campo e ao longo da sua juventude e vida passou por vários empregos e profissões.

Abraham Lincoln – Início na política

Lincoln foi eleito quatro vezes para assembléia estadual, entre os anos de 1834 e 1840 por meio do partido conservador (Whig).

Como político defendeu diversos projetos para a construção de rodovias, ferrovias e canais. Aos 27 anos foi aprovado no curso de direito e mais tarde já formado, virou um advogado popular.

Em 1937 muda-se para o Estado de Illinois e em 1942 casa-se com Mary Todd. Já em 1846 elegeu-se Deputado Federal por Illinois e propôs a emancipação gradativa dos escravos.

Tal proposta, desagradou os defensores da escravidão, assim como os abolicionistas que queriam medidas mais libertárias.

Além disso, fez oposição frente às invasões de terras no México, tal posição o fez perder muitos votos, também lutava para que essas terras ficassem livres da escravidão.

Lincoln então passa a realizar discursos e debates em torno do tema escravidão. Desta forma, em 1854 participa da fundação do Partido Republicano e torna-se o seu primeiro presidente.

Democratas x Republicanos

Nesses tempos, os EUA encontravam-se divididos em grandes transformações sociais. No norte o partido republicado era apoiado por uma rica burguesia e uma classe operária organizada.

No sul, os democratas concentraram-se na supremacia aristocrata rural, através de grandes propriedades rurais, promovendo a monocultura e o trabalho escravo.

Nas eleições ao Senado de 1858 de um lado tinha o democrata e racista Stephen Douglas e do outro o republicano Abraham Lincoln que perdeu as eleições, mas saiu forte como o liberal mais popular do país.

Presidente e a Guerra de Secessão

Com a popularidade em alta, Lincoln concorre em 1860 às eleições presidenciais e vence tornado-se o 16° presidente da história dos EUA.

Em 1861, Lincoln assume o governo e tem que lutar frente ao separatismo de sete estados do sul, que não aceitavam políticas abolicionistas, assim como a supremacia industrial do norte, desta forma, eles formam os Estados Confederados da América.

Os Estados do sul se auto declaram separados da União, porém o presidente Lincoln não reconheceu a separação e propôs uma conciliação, mas os confederados não queriam e ainda tomaram o Fort Sumter na Carolina do Sul.

O governo liderado por Lincoln entra em guerra com os confederados mesmo sem muitos recursos. Com organização um ano após o início da guerra, Lincoln consegue duplicar o exército, obtém recursos e organizar a marinha americana.

Mesmo assim, os confederados conseguem se consolidar, com a adesão de mais quatro estados.

Desta forma, em 1 de janeiro de 1863, Abraham Lincoln decreta a emancipação dos escravos. Em julho de 1863 acontece a temida batalha de Gettysburg, com vitória do norte.

Foi nesse mesmo ano, que Lincoln pronunciou a famosa frase “governo do povo, pelo povo e para o povo”. A guerra durou mais dois anos, com a vitória da União e de Lincoln que foi reeleito presidente em 1864. Em 1865 os confederados renderam-se pondo fim de vez ao conflito.

Abraham Lincoln – Morte

Lincoln morreu baleado em 14 de abril de 1865, em Washington, enquanto assistia um espetáculo teatral. O ator John Wilkes Booth, contrário à abolição da escravidão, foi quem disparou contra o político.

Abraham Lincoln foi considerado um político a frente de seu tempo. Preparava um programa educacional para escravos livres e sugeriu o voto a uma parte de escravos antigos.

Abraham Lincoln não sobreviveu ao ataque e faleceu no dia 15 de abril de 1865.

E então, gostou de conhecer mais sobre a história de Lincoln? Vira e mexe o assunto cai em vestibulares, portanto, vale a pena prestar atenção.

Leia outro artigo para seus estudos – 5 temas de História mais cobrados no ENEM

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.