GRANDE VITÓRIA para os brasileiros que usam Gasolina acaba de sair HOJE (07/04)

Os dados foram divulgados pela ANP

Os motoristas do Brasil continuam comemorando as boas notícias em relação aos combustíveis. Na matéria de HOJE, você pode ver que conforme o levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), os três principais combustíveis do país ficaram mais baratos na semana passada.

Em resumo, o preço da gasolina caiu 0,54%, o que correspondeu a apenas três centavos por litro, passando de R$ 5,57 para R$ 5,54. No entanto, alguns estados comercializaram o litro da gasolina a valores acima de R$ 6,00. Isso mostra que, apesar de leve, qualquer recuo no preço do combustível é positivo para os motoristas.

Da mesma forma, o etanol hidratado fechou a semana com uma queda de 0,51%, com o preço médio do litro caindo para R$ 3,92 no país. Contudo, alguns estados apresentaram valores superiores a R$ 4,80.

Em meio a essas variações, muitos motoristas ficam se perguntando qual dos dois combustíveis oferece um melhor custo-benefício. Isso mostra que abastecer o tanque de combustível dos veículos nem sempre é uma tarefa simples.

Em suma, o etanol não proporciona um desempenho tão bom quanto a gasolina. Isso explica o preço mais salgado do combustível fóssil, em relação ao etanol. Existe um cálculo bem simples que os motoristas podem fazer para entender qual dos dois é mais vantajoso.

A propósito, os dados fazem parte do levantamento da ANP, divulgado semanalmente. Em síntese, a entidade pesquisa os preços dos combustíveis em mais de 5 mil postos do país e divulga o valor médio da gasolina, do etanol hidratado e do óleo diesel.

Gasolina segue com melhor custo-benefício

O preço médio do etanol correspondeu a 70,7% do valor da gasolina na semana passada. Contudo, a taxa precisaria ser ainda menor para que o biocombustível se tornasse mais vantajoso que a gasolina no país.

Em resumo, o combustível fóssil foi mais vantajoso que o etanol quando considerada a média nacional. Já na análise dos preços comercializados nas 27 unidades federativas (UFs), a gasolina não conseguiu ser unânime, conferindo mais vantagem para os motoristas.

A saber, isso só não aconteceu por causa de dois estados, que comercializaram o etanol com um melhor custo-benefício que a gasolina. Embora esse resultado pareça péssimo para o biocombustível, na verdade reflete uma melhora, visto que, no início deste ano, todas as 27 UFs vendiam a gasolina a preços mais vantajosos.

Diante desse cenário, o alerta vai para os motoristas que gostam de abastecer o veículo com o etanol hidratado. Por hora, é bom deixar o biocombustível de lado caso desejem um melhor custo-benefício.

Em síntese, o valor do etanol deve ser igual ou inferior a 70% do preço da gasolina para que o seu custo-benefício seja maior que o do seu concorrente nas bombas. Caso o resultado da equação supere essa marca, os motoristas devem optar pela gasolina, pois ela oferecerá um rendimento melhor ao veículo.

Etanol x Gasolina

Na semana passada, 25 das 27 UFs tiveram taxas superiores a 70%. Isso quer dizer que a gasolina foi mais vantajosa que o etanol em praticamente todo o país. As únicas exceções foram Mato Grosso e Amazonas.

No estado do Centro-Oeste, o preço médio do etanol foi de R$ 3,62, enquanto a gasolina custou R$ 5,44. Já no estado nortista, os valores médios foram de R$ 4,40 e R$ 6,56, respectivamente. Com isso, o biocombustível foi mais vantajoso que a gasolina para os motoristas destes estados.

Veja abaixo os menores percentuais da relação gasolina/etanol entre as UFs do país.

  • Mato Grosso: 66,5%
  • Amazonas: 67,1%
  • São Paulo: 71,0%
  • Distrito Federal: 71,6%
  • Minas Gerais: 72,3%
  • Paraná: 72,4%
  • Goiás: 73,5%
  • Alagoas: 73,8%
  • Acre: 74,2%

Embora essas tenham sido as menores taxas registradas entre as UFs, apenas duas delas ficaram abaixo de 70%, ou seja, tiveram um etanol mais vantajoso que a gasolina.

Calcule e veja qual combustível é mais vantajoso

Em síntese, os motoristas do país precisam realizar um cálculo para saber se a gasolina é mais vantajosa que o etanol, e vice-versa. Esse cálculo se refere à conhecida relação dos 70%, que sempre deve ser levada em consideração pelos motoristas antes de optar por algum destes combustíveis.

Especialistas explicam que um litro de etanol equivale a cerca de 70% do litro da gasolina, ao menos em termos de conteúdo energético. Isso quer dizer que o preço do etanol deve ser igual ou menor que 70% do preço da gasolina para oferecer melhor custo-benefício aos motoristas.

Seja como for, o mais importante é buscar alternativas para os altos preços. Caso ambos os combustíveis estejam custando mais do que o motorista pode pagar, a opção é deixar o veículo em casa e utilizar o transporte público.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.