Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Governo vai pagar 4ª parcela do Auxílio antes do fim das liberações do 3º ciclo

De acordo com as informações oficiais, Governo vai “grudar” sistemas da terceira e quarta parcela do Auxílio Emergencial

O Governo Federal ainda não terminou a liberação dos saques da terceira parcela do Auxílio Emergencial. No entanto, eles irão começar os depósitos do quarto ciclo mesmo assim. Dessa forma, dá para dizer que não vai existir um intervalo entre esses dois momentos, como vinha acontecendo nos pagamentos anteriores. 

De acordo com o calendário oficial, a Caixa está liberando os saques da terceira parcela do Auxílio para os informais que nasceram em outubro nesta quinta-feira (15). Na sexta (16) será a vez daqueles que nasceram no mês de novembro. Na segunda-feira (19) os trabalhadores que nasceram em dezembro poderão sacar o dinheiro do terceiro ciclo.

Só então neste dia é que eles irão encerrar os trabalhos desta terceira parcela para os informais. No entanto, também de acordo com as informações oficiais, a liberação do dinheiro da quarta parcela vai começar neste sábado (17) para os informais que nasceram no mês de janeiro.

No sábado (18), vai ser a vez dos informais que nasceram em fevereiro. A Caixa decidiu não deixar liberações da quarta parcela e saques do terceiro ciclo em nenhuma mesma data. O objetivo do banco é justamente evitar uma certa confusão nas agências que estão espalhadas para atender a população.

A Caixa anunciou a antecipação da liberação do dinheiro do quarto ciclo ainda nesta quinta-feira (15). Eles fizeram o mesmo com a terceira parcela e vinham estudando a possibilidade de repetir a dose. No final das contas, eles decidiram que antecipar esses saques seria a melhor solução neste momento.

Auxílio Emergencial

As regras do programa continuam as mesmas. São parcelas de valores que variam entre R$ 150 e R$ 375 para cerca de 37 milhões de brasileiros neste momento. Pelo menos é isso o que dizem as informações oficiais do Ministério da Cidadania. 

Ainda de acordo com os dados oficiais, alguns trabalhadores poderão ter alguma surpresa negativa ao ver que o dinheiro da quarta parcela não caiu na conta. Isso vai acontecer com as pessoas que não se encaixam mais em todas as regras do programa.

É que de acordo com o Dataprev, o órgão realiza análises periódicas nas contas de todos os usuários do programa. Desde o início dos pagamentos em abril cerca de 2 milhões de pessoas perderam o benefício em questão.

Prorrogação

Na última semana, o Governo Federal anunciou oficialmente a prorrogação do Auxílio Emergencial por mais três meses. Com isso dá para dizer que a quarta parcela não será mais a última, como eles estavam prevendo anteriormente.

De acordo com as informações oficiais, as pessoas que estão recebendo o dinheiro agora deverão seguir recebendo essas quantias durante os meses de prorrogação. Isso só não vai acontecer com quem o Dataprev fizer o corte.

O plano do Governo é que o Auxílio Emergencial dure até outubro, e o novo Bolsa Família entre em cena em novembro. De acordo com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, a ideia é fazer com que as pessoas migrem para um programa novo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.