Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.2/5 - (28 votes)

Governo vai dar desconto na conta de energia; veja quem tem direito

A iniciativa faz parte do Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica. Cerca de 35,3 milhões de pessoas serão atendidas caso tenha reduzido o seu consumo.

O Governo Federal vai contemplar com desconto na conta de energia as famílias que conseguiram economizar 10% do seu consumo comum entre os meses de setembro e dezembro de 2021.

A iniciativa faz parte do Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica. Cerca de 35,3 milhões de pessoas serão atendidas caso tenha reduzido o seu consumo.

Veja também: Cadúnico: deixar de cadastrar alguém da família é uma irregularidade grave

A medida foi lançada diante a crise hídrica que o país enfrentava no ano passado. Com isso, o Planalto passou a solicitar a população brasileira que economizasse energia, ressaltando os alertas de apagões.

Desconto na Conta de Luz

Portanto, os brasileiros que conseguiram economizar de 10% a 20% do consumo, entre setembro e dezembro ganharão um desconto na conta de energia elétrica. Para isso, será comparado o consumo no mesmo período em 2020.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, os consumidores que forem contemplados terão um desconto de R$ 0,50 por kWh (quilowatt-hora). A estimativa é que R$ 2,4 bilhões sejam subsidiados com os descontos.

A equipe também divulgou que 5,6 milhões de MWh (megawatt/hora) foram economizados no país, o que representa uma média de 4,5%.

Como conseguir o desconto?

Conforme informações do governo, o desconto será disponibilizado de forma automática na conta do mês de janeiro de 2022. Sendo assim, não há necessidade do consumidor se inscrever ou solicitar o benefício

Os cidadãos que não foram contemplados, não serão penalizados, elas pagarão suas contas de energia nos valores normais. Para conferir se foi atendido, basta verificar o seu talão de luz.

Conta de energia com desconto através do Tarifa Social

O programa Tarifa Social de Energia Elétrica deve entrar em vigência a partir de janeiro de 2022. De acordo com o texto do projeto, o Governo Federal em parceria com as empresas distribuidoras de energia selecionará automaticamente as famílias que se encaixarem nos critérios de liberação.

Em razão disso, as famílias em situação de vulnerabilidade interessadas devem estar devidamente inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal. No entanto, para isso, é preciso ter renda per capita mensal de até meio salário mínimo ou ter em casa pessoa que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Além dessas, o programa também atenderá famílias com renda bruta mensal de até três salários mínimos, mas desde que possuam entre seus integrantes pessoa com doença que dependa de equipamentos ligados à energia elétrica.

Vale ressaltar que aqueles que se encaixarem nos requisitos de concessão e não forem contemplados automaticamente, poderão solicitar a entrada no programa na empresa distribuidora de energia do estado. Basta apresentar os documentos comprobatórios e ter consumo de até 250 kWh.

O desconto na conta de luz vai de 10% a 65% sobre o valor total a depender do consumo mensal, sendo:

  • 65% para quem consome de 0 a 30 kWh
  • 40% para quem consome entre 31 kWh a 100 kWh
  • 10% quando os gastos forem de 101 kWh a 220 kWh.

Aqueles que tiverem um consumo superior a este não terá direito ao desconto do programa. Famílias quilombolas e indígenas podem ter desconto de até 100% a depender do consumo.

4.2/5 - (28 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

14 Comentários
  1. Ferna nb do Diz

    GOVERNO HIPOCRITA DEPOIS DE AUMENTAR EM MAIS DE 100% A CONTA DE LUZ AGORA DÁ 10%.
    ENFIA ESSES 10% NAQUELE LUGAR.EU GANHO 1.280.00 E MINHA CONTA VEM 220 REAIS E MINHA REDE É NOVA. TENHO POUCOS ELETRODOMESTICO VISTO QUE É SÓ EU E MINHA ESPOSA EM CASA.
    ISSO É UMA VERGONHA. ISSO É BRASIL. GANHO REAL PAGO EM DOLAR.

  2. Ivan Diz

    O presidente não aprovou o fundão. Quem aprovou foi o Congresso. Bolsonaro vetou, porém o Congresso derrubou o veto. Fazer o quê?

  3. Elias Diz

    E o governo de esquerda? Aquilo que era governo? Só pode ser piada.

  4. Edimar MOTA DA SILVA Diz

    Para os aposentados nada .

  5. Ricardo Diz

    O detalhe que a reportagem não traz, é que o desconto é momentâneo, e será cobrado em algum momento futuro. Se trata de um abatimento temporário apenas, talvez em apoio ao governo federal.

  6. Lidia Moura Diz

    Eu só benificiaria do auxílio Brasil mais não consegui receber o auxílio gás Nei em dezembro Nei janeiro

  7. Iria do Carmo Pereira Santana Diz

    Esse nosso desgoverno Bozo não faz nada pra ajudar o povo… Só vive passeando pra cima e pra baixo gastando nosso dinheiro e ainda quer dar uma de honesto…e o pior que aprovou os mais de 4 bilhões do nosso dinheiro, pra bancar as eleições desses políticos pilantras, incluindo ele e filhos e não quer dar aumento pros servidores públicos que já vai fazer 5 anos que não ganham aumento no salário e essa dinheirama também poderia ajudar milhares de família que estão passando fome….Não podemos passar mais 4 anos com esse Bozo e com Paulo Guedes que está mais perdido do que cego em tiroteio….Desse jeito o Brasil vai quebrar de vez…

  8. sergio amorim oliveira Diz

    A verdade é que as usinas estão soltando água sem gerar energia porque as linhas de transmissão estão sendo usadas pelas termoelétricas que geram energia bem mais cara. Estamos dando dinheiro as multinacionais de energia. E o esse governo de merda não faz nada porque ele trabalha para os gringos não para o povo brasileiro. Acorda gigante

  9. sergio amorim oliveira Diz

    Querem se ou nos enganar com esses comentários. A verdade é que as usinas estão soltando água sem gerar energia porque as linhas de transmissão estão sendo usadas pelas termoelétricas a um custo bem caro. Estamos dando nosso pouco dinheiro as multinacionais de energia. Lamentável isso. Esse governo é uma merda.

  10. Marcio Diz

    O governo deveria retirar a cobrança da taxa chamada ” bandeira escassez hídrica” depois de tanta chuva no Brasil e com os reservatórios transbordando em vários lugares.

  11. José Elias Diz

    A verdade que continua a crise falta de chuva e órgãos do governo desperdiça energia. Principalmente o metrô.

  12. Marcelo Luiz Diz

    Na verdade eles tem que dar desconto para o consumidor que pagou valores exorbitantes. Os únicos que serão beneficiados são os que furtam energia diariamente. Obrigado Brasil… Obrigado empresa estrangeiras que vem no meu país e roubam nossa tesouro diariamente. Obrigado corrupção brasileira por favorecer esses zinhos da malandragem brasileira…

  13. Maria do açaí Diz

    Nem fechando a casa e passando um mês morando na calçada se consegue economizar na conta de luz! Privatização e roubalheira você ver no Brasil! Desligar tomadas? Nao resolve, ferro de passar? Nunca mais, objeto em desuso, e casa às escuras à noite, a conta não baixa! Esse governo é uma piada de mal gosto.

  14. Sandra Zeppenfeld Diz

    Que negócio é este de vale gás para pessoas de baixa renda ,? Eu e meu marido recebemos um salário mínimo, pagamos nosso arrendamento PAR , Liz, ,a agua, condomínio ….e não somos Baixa Renda ?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.