Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Governo envia SMS para pedir devolução do auxílio emergencial até hoje

O Ministério da Cidadania enviará até esta terça-feira (22) mensagens de texto pedindo a devolução do auxílio emergencial. Essa devolução é solicitada quando a pasta encontrou indícios de irregularidade no pagamento. A SMS também dá informações sobre o procedimento para fazer contestação nos casos em que os beneficiários tiveram o cadastro cancelado. Serão enviadas mensagens de texto para 1,2 milhão de pessoas.

“Todos aqueles que receberem a mensagem de texto poderão contestar a informação através do site da Dataprev. O período para contestação termina no dia 31/12. Após este prazo, não será possível contestar, apenas proceder com a devolução do recurso recebido”, disse o Ministério da Cidadania em nota.

A mensagem de texto deve informar o CPF do beneficiário e link para o site do Ministério da Cidadania. A mensagem é enviada pelo número 28041. “Qualquer mensagem enviada de um número diverso, com este intuito, deve ser desconsiderada”, divulgou a pasta.

De acordo com a pasta, até agora 197 mil brasileiros que receberam o auxílio indevidamente já devolveram o dinheiro. O total de devolução já chega a R$ 230 milhões. As devoluções foram feitas pelo site ou aplicativo do auxílio emergencial.

Quem precisar realizar a devolução deve entrar no site criado pelo governo para isso. No site, é necessário inserir o CPF do beneficiário que fará a devolução. Após dar todas as informações pedidas, o cidadão deve emitir uma Guia de Recolhimento da União (GRU). O pagamento da guia pode ser feito nos canais de atendimento do Banco do Brasil.

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

1 comentário
  1. 27995224407 Diz

    Eu quero fazer pastel cartão de crédito

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.