Golpes no Instagram ASSUSTAM brasileiros; Veja como se proteger

Os golpes digitais estão se tornando cada vez mais comuns no Brasil, sendo que os criminosos sempre estão buscando novas maneiras de fazer vítimas. Os métodos de aplicação dessas fraudes variam muito, indo desde o Pix até as redes sociais. Nesse sentido, o Instagram, uma das redes sociais mais populares, também está sendo utilizada por golpistas para a aplicação de fraudes.

Segundo a pesquisa Panorama Mobile Time, de 2022, o Instagram é a segunda rede social mais utilizada pelos brasileiros, mostrando a capacidade de alcance de golpes aplicados através da plataforma.

Sendo assim, uma das possibilidades de golpe pelo Instagram ocorre quando os criminosos sequestram as contas legítimas dos usuários, se passando pela vítima, algo que é muito comum de acontecer no WhatsApp, inclusive. Com isso, os golpistas aplicam golpes atraindo outras vítimas através de anúncios falsos e promoções que não existem. O objetivo, na maioria das vezes, é roubar dados de contas bancárias e cartão de crédito

Sendo assim, a melhor maneira de se proteger desses golpes é conhecendo as táticas usadas pelos criminosos. Confira a seguir as táticas mais utilizadas e como identificá-las.

Golpe do perfil hackeado no Instagram

Como dito, um dos principais golpes do Instagram ocorre quando os criminosos sequestram uma conta legítima de certo usuário. Em seguida, uma tática muito comum é anunciar itens à venda, geralmente por um preço muito abaixo do que o normal no mercado.

A história muitas vezes é convincente, justificando o baixo preço por precisar muito do dinheiro, ou alegando que está saindo da cidade e quer realizar a venda o mais rápido possível. Desta maneira, os contatos da conta hackeada se interessam pela proposta e manda uma mensagem no direct.

Golpes no Instagram ASSUSTAM brasileiros; Veja como se proteger
Golpes no Instagram ASSUSTAM brasileiros; Veja como se proteger Foto: Pixabay

A fraude continua com a vítima fechando o negócio e mandando o dinheiro da compra, muitas vezes pelo Pix. Nesse momento, os criminosos bloqueiam essa vítima e nunca entregam o suposto produto, mantendo o dinheiro e aplicando o golpe.

Além disso, a conta do Instagram não precisa necessariamente ser roubada para a aplicação do golpe. Muitas vezes os golpistas utilizam uma conta clone para se passar pelo usuário, criando um perfil quase idêntico e seguindo os mesmos contatos da conta original.

Além do golpe da falsa venda, também existe a possibilidade do criminoso apenas mandar uma mensagem no direct pedindo alguma ajuda financeira, geralmente um valor pequeno para não gerar suspeitas. A vítima, acreditando ser o real usuário da conta, acaba enviando o dinheiro, caindo na fraude.

Como se proteger

O primeiro passo para se proteger de golpes no Instagram é sempre desconfiar de promoções que parecem boas demais para serem verdade. Muitas vezes os anúncios criam uma situação de urgência, fazendo com que o usuário aja no impulso. É sempre importante desconfiar e verificar se a conta é realmente legítima antes de realizar qualquer ação de compra.

Além disso, algumas medidas podem ser tomadas para evitar que a conta seja hackeada, protegendo os contatos contra possíveis golpes futuros. Para isso, o primeiro passo é nunca fornecer nenhum link ou código por mensagem. O principal método dos golpistas para clonar contas é através da função “esqueci minha senha”, que gera um link ou código para recuperação. Por fim, ativar a autenticação de dois fatores também é válido e aumenta a proteção da conta.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.