Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4/5 - (1 vote)

Abrir franquia ou empresa própria?

Confira qual o tipo de negócio mais indicado para você

Cada vez mais estão surgindo oportunidades para que as pessoas comecem no ramo do empreendedorismo e façam investimentos no mercado financeiro. Existem vários modelos de negócio que são passíveis de serem alvos de empreendimentos e todos eles possuem suas vantagens e desvantagens para cada tipo de investidor. Sendo assim, confira no artigo de hoje tudo sobre abrir franquia ou empresa própria e tire suas dúvidas!

Afinal, abrir franquia ou empresa própria?

Franquia ou empresa própria -- Reprodução Canva
Franquia ou empresa própria — Reprodução Canva

Ter o próprio negócio sempre foi o sonho de muitas pessoas. Sendo assim, a abertura do mercado está tornando esse sonho cada vez mais real. Cerca de 53 milhões de brasileiros já eram donos do próprio negócio em 2019, de acordo com a Global Entrepreneurship Monitor (GEM).

Ainda, existem diversos setores que são oportunos e geram bons resultados financeiros. Sendo assim, surgem dúvidas quanto à escolha do modelo adequado para a área de interesse de acordo com o contexto financeiro.

Abrir o próprio negócio ou investir em uma franquia? Existem prós e contras e, por isso, você deve analisar tudo com muita atenção, para tomar a melhor decisão.

Por isso, selecionamos alguns pontos para que você tenha uma base sólida nesse momento de pesquisa. Veja as dicas de empreendedorismo.

Vantagens de uma franquia

Para entender melhor os motivos dessa ser uma boa escolha, acompanhe as principais vantagens desse tipo de negócio:

Maior segurança

Investir em uma franquia significa abrir uma empresa com um modelo de negócio que já foi testado e que teve sucesso na sua operação. O risco de falha costuma ser baixo e os resultados são assegurados, visto que as marcas mantêm as suas estratégias bem estruturadas, antes de se expandirem para a abertura de novos pontos comerciais.

Rápido retorno de investimento

O ROI, normalmente, possui uma média de 24 a 36 meses desde o início do funcionamento da unidade instalada. Comparado a outros modelos, esse tempo é bem curto e acaba por adiantar significativamente a obtenção dos lucros.

Fácil acesso ao financiamento

As franqueadoras têm linhas de créditos especiais para manter a continuidade da implantação do negócio e, com isso, facilitar a vida do franqueado. Além disso, a instalação é assessorada e monitorada para que o ritmo de abertura seja mais acelerado.

Vantagens de um negócio próprio

Se você quer saber quais os benefícios de lidar com sua própria empresa, do zero, então veja a seguir o que esperar ao abrir as portas de seu negócio.

Lucro total

O lucro da empresa será totalmente destinado para a administração exclusiva do empreendedor. Além disso, não existirá obrigatoriedade de taxas de serviço sobre o faturamento.

Autonomia

Criar as próprias estratégias e ser livre para atuar de acordo com os imprevistos da empresa também é uma das grandes vantagens de ter o próprio negócio.

É possível que o investidor aplique melhor as suas habilidades de gestão e tenha independência para experimentar novos produtos, acessar novos públicos e explorar novas ideias.

Possibilidade de inovação

O mercado, às vezes, carece de ideias novas e com um negócio próprio, sendo possível inserir uma ideia diferenciada e mais exclusiva.

A criação de empresas de tecnologias e startups são excelentes opções que se adequam a essa modalidade.

Desvantagens de uma franquia

Nem tudo são flores na hora de abrir uma franquia. Existem pontos negativos e é bom que você os conheça caso queira iniciar.

Divisão do lucro

Todo o faturamento da unidade tem uma parcela destinada para a franqueadora, normalmente por meio das taxas de royalties.

Assim, o lucro total é diminuído, principalmente porque as taxas podem ser variadas, sempre de acordo com a franquia.

Baixa autonomia

Não é possível incluir novas estratégias de negócio na unidade. O modelo de atuação já vem estabelecido pelos padrões da empresa e qualquer alteração precisa de autorização da franqueadora.

Na verdade, qualquer mudança é sempre de iniciativa da rede.

Taxas fixas

As taxas de franquia e outras cobranças estão incluídas, por lei, nos contratos dos franqueadores.

Os valores são usados para concluir a instalação da unidade e para dar suporte ao franqueado, mas, ainda assim, são cobrados de modo fixo após esse período.

Desvantagens de um negócio próprio

Uma empresa própria, que começa do zero, tem alguns pontos negativos que precisamos listar. Com isso, você terá uma visão mais global do que quer para si agora.

Risco

A possibilidade de acabar tendo algum prejuízo é uma verdade no empreendimento por conta própria.

Esse modelo conta com riscos e, além disso, o empreendedor precisa competir com a concorrência e ter os serviços aceitos pelo público para que garanta bons resultados.

Retorno de investimento longo

O investimento inicial costuma ser mais alto porque o desenvolvimento começa literalmente do zero.

Assim, o sucesso pode ser gradual e, por isso, o tempo para alcançar e fidelizar o público-alvo pode variar ou, até mesmo, demorar um pouco mais.

Estruturação

O início da atividade da sede da empresa se dá após a resolução de vários processos e questões burocráticas.

Dessa forma, se adequar ao modelo não possui nenhum tipo de assessoramento, diferente do que acontece nos contratos de franquias.

4/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.