Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (2 votes)

Fluxo de investimento estrangeiro: B3 encerra revisão e anuncia nova metodologia

A B3 anuncia que foi encerrada a revisão de dados do fluxo de investimento estrangeiro em bolsa. Saiba mais detalhes!

De acordo com os dados do fluxo de investimento estrangeiro da Bolsa de Valores do Brasil (B3), foi encerrada a revisão de dados do fluxo de investimento estrangeiro em bolsa.

Fluxo de investimento estrangeiro: B3 encerra revisão e anuncia nova metodologia

Conforme divulgado oficialmente, as informações referentes ao mercado secundário nos anos de 2020 e 2021 foram atualizadas, e uma nova metodologia será adotada para os dados de participação de investidores não residentes no mercado.

Atualização de dados

A Bolsa de Valores do Brasil (B3) anuncia a revisão final das estatísticas de fluxo de entrada e saída de investidores estrangeiros. Estão sendo publicados os dados das movimentações desses investidores nos anos de 2020 e 2021 no mercado secundário, adaptados para excluir as informações sobre empréstimo de ativos, informa a Bolsa de Valores do Brasil (B3) através de divulgação realizada na sua plataforma oficial.

No dia 1º de abril de 2022, a Bolsa de Valores do Brasil (B3) anunciou a revisão, porque as operações de empréstimo de ações não envolvem aportes financeiros e seriam, portanto, retiradas da estatística.

De acordo com a divulgação da Bolsa de Valores do Brasil (B3), as informações revisadas de 2022 foram divulgadas na ocasião, enquanto aquelas relativas a 2020 e 2021 estavam sob análise, em um processo agora concluído.

Metodologia atualizada

Além disso, a Bolsa de Valores do Brasil (B3) está mudando a metodologia para cálculo dos dados de participação de investidores estrangeiros via ofertas públicas (IPO e Follow On). Na metodologia anterior, o site institucional da Bolsa de Valores do Brasil (B3) usava as informações dos anúncios de encerramento das ofertas pelos emissores, que tinham prazo legal de até seis meses para serem concluídos.

Contudo, com a alteração, serão considerados os dados de liquidação das operações realizadas no mercado primário nos sistemas da Bolsa de Valores do Brasil (B3). 

Conciliação facilitada e menores inconsistências

O ajuste oferece maior tempestividade ao dado, reduz a chance de inconsistências no preenchimento das informações e, por ter a mesma metodologia de classificação usada no mercado secundário, permite a conciliação entre os dados de negociação desses investidores nos diferentes mercados.

Foram revisados os dados a partir de 2018, após a implementação das clearings integradas, para que reflitam a liquidação financeira realizada em D+2, define a Bolsa de Valores do Brasil (B3).

Na tabela oficial da Bolsa de Valores do Brasil (B3), é possível observar a revisão dos dados de investidor estrangeiro em 2020, 2021 e 2022, nos mercados primário e secundário. É possível analisar a tabela no site oficial da Bolsa de Valores do Brasil (B3).

5/5 - (2 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.