Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Filosofia: Entenda o que é o Niilismo

O Niilismo é uma corrente da filosofia que acredita no vazio. Ou seja, ele usa como base a subjetividade do ser, onde não há nenhuma tese para existência humana.  Trata-se de um modelo onde não se acredita em verdades absolutas que estão em volta de tradições. 

A saber, o termo vem do latim onde “nihil” quer dizer “nada”. Dessa maneira, essa corrente filosófica está pautada pelo ceticismo. Isto é, não possui normas que vão contra a ideologia das escolas pautadas no materialismo e positivismo. 

Todavia, o termo niilismo pode ser usado de diversas formas. Sendo assim, para certos estudiosos pode ser considerado um termo negativo, destrutivo, anárquico, entre outros. 

Além disso, também tem-se a negação dos princípios sociais, políticos e religiosos. Contudo, para alguns filósofos esse conceito pode levar à libertação dos seres humanos. 

Vestibulares de todo país e o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) . Por isso, vale a pena ficar ligado no assunto, acompanhe!

Niilismo segundo Nietzsche

Através da corrente niilista, Friedrich Nietzsche, sugere a “ausência de sentido” integrado ao conceito de “Super-Homem”.  Ou seja, elas surgiram a partir do conceito da “Morte de Deus”, ou seja, da falta de qualquer princípio. 

Desse modo, quando os seres humanos estão livres de regras, normas, crenças, tradições, eles pautaram suas vidas no livre arbítrio. 

Por isso, eles terão como resultado a criação de “Novos Homens” através do que o filósofo denomina como “Vontade de potência”.  Assim como, o poder e valores das instituições religiosas, sociais e políticas, deixam de existir. 

Dessa maneira, surge um homem livre e não corrompido por qualquer tipo de crença, imposições, realizando suas próprias escolhas. Por fim, quando o conceito de “Super-Homem” idealizado pelo filósofo Nietzche, o poder poderá ocorrer a transformação de todos os valores.  

Tipos e Filósofos

Segundo Nietzsche existem dois tipos de niilismo, são eles:

  • Niilismo passivo: Quando ocorre a evolução humana, contudo, sem a mudança de valores. 
  • Niilismo ativo: A evolução ocorre da mesma maneira, no entanto, ele fica responsável pela transformação dos valores, assim como a criação de novos. 

Por fim, veja abaixa a lista dos principais filósofos que abordam o tema de maneira profunda:

  • Friedrich Schlegel (1772-1829)
  • Friedrich Nietzsche (1844-1900)
  • Martin Heidegger (1889-1976)
  • Ernst Jünger (1895-1998)
  • Friedrich Hegel (1770-1831)
  • Arthur Schopenhauer (1788-1860)
  • Jürgen Habermas (1929-)

E então, gostou de saber um pouco mais sobre Niilismo?

Não deixe de ler também – 5 grandes escolas da filosofia grega.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.