Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

FGTS: Saiba como consultar o lucro de 2020 e como sacar o saldo disponível

O FGTS é uma espécie de poupança criada pelo empregador para o funcionário. Todos meses a empresa deve depositar na conta do fundo do trabalhador uma quantia equivalente a 8% do salário concedido ao subordinado.

O lucro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) obtido em 2020 foi depositado no mês de agosto nas contas dos trabalhadores com carteira assinada que se enquadraram nos requisitos de concessão ao crédito.

O FGTS é uma espécie de poupança criada pelo empregador para o funcionário. Todos meses a empresa deve depositar na conta do fundo do trabalhador uma quantia equivalente a 8% do salário concedido ao subordinado.

Todavia, para ter acesso a esses recursos, normalmente, é quando o trabalhador é demitido sem justa causa. Porém, existem outras situações que permitem a retirada integral da quantia acumulada no contrato de trabalho.

Como consultar o lucro?

O trabalhador pode optar por umas das modalidades de consultas para verificar quanto foi liberado do lucro. Uma delas é por meio do aplicativo FGTS, disponível gratuitamente para aparelhos com o sistema operacional iOS e Android.

Outra opção é o internet banking, que só pode ser acessado por quem já é cliente da Caixa Econômica Federal. Da mesma forma, é a opção do aplicativo Caixa, disponível para os correntistas da instituição.

Além desses meios, o sujeito ainda pode realizar a consulta via SMS. Entretanto, vale ressaltar que para ter acesso a essa funcionalidade é preciso efetuar a inscrição no site da Caixa Econômica.

Por fim, o trabalhador pode entrar em contato com o número 0800 726 010 para saber o lucro do FGTS.

Quando é possível sacar o FGTS?

Como mencionado, o saldo do FGTS só pode ser resgatado em situações específicas, segundo a legislação. Confira:

  • Demissão sem justa causa;
  • Rescisão por acordo entre empregador e empregado;
  • Por fechamento da empresa: vale em caso de extinção parcial ou total da empresa ou estabelecimento;
  • Rescisão por culpa recíproca (empregador e empregado) ou por força maior (se a empresa é atingida por um incêndio ou enchente, por exemplo);
  • Término do contrato;
  • Se um trabalhador avulso, empregado através de uma entidade de classe, fica suspenso por período igual ou superior a 90 dias;
  • Falecimento do trabalhador;
  • Aposentadoria;
  • Situação de emergência ou estado de calamidade pública;
  • Doenças graves;
  • Empregados que ficam três anos seguidos ou mais sem trabalhar com carteira assinada;
  • Aquisição de casa própria, liquidação ou amortização de dívida ou pagamento de parte das prestações de financiamento habitacional.

FGTS: consulta do saldo

O Fundo de Garantia é pago mensalmente. Equivale a 8% do salário mensal do trabalhador. No entanto, não há desconto no salário. Afinal, essa parte é de responsabilidade da empresa, sendo um dos direitos dos colaboradores. Além disso, não está disponível para saque, mas é salvo em uma conta específica. Abaixo, veja como consultar o FGTS online.

Para visualizar o extrato com o saldo do Fundo de Garantia, o trabalhador pode acessar o app ou o site. Na verdade, em ambos os casos, o passo a passo é o mesmo e igualmente fácil.

  • Primeiro, você precisa fazer o login. No aplicativo, clique em “Cadastre-se”. Por outro lado, se você visitar o site, deverá clicar em “Sou trabalhador” e na opção de cadastro;
  • Portanto, algumas informações devem ser fornecidas. Isso inclui, por exemplo, nome completo, número do CPF, data de nascimento e e-mail;
  • Em seguida, você receberá um e-mail de confirmação para consulta online do FGTS. Clique no link para concluir o registro;
  • Por fim, basta acessar o aplicativo ou site e fazer login. O saldo ficará disponível na homepage, após o qual você poderá acessar o extrato do depósito e verificar detalhes.

Veja também: FGTS 2021: LIBERADA contratação de crédito em nova modalidade

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

1 comentário
  1. Felipe Diz

    Fui demitido em abril , e a lucro do FGTS só caiu em agosto !
    O que faço pra te acesso a esse dinheiro?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.