Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Estado anuncia Auxílio de R$ 540 para barraqueiros. Veja quem recebe

De acordo com as regras, cerca de 5 mil barraqueiros irão receber Auxílio para compensar período de fechamentos nas praias

O Governo do estado de Pernambuco anunciou nesta segunda-feira (19) a criação de um Auxílio para os barraqueiros. São portanto pessoas que trabalham como ambulantes em praias do estado. Vale lembrar que esses locais passaram por longos fechamentos na pandemia, o que deixou a faixa litorânea mais vazia.

O Governo detalhou alguns pontos do projeto em questão. O mais importante deles talvez seja mesmo o valor. Cada barraqueiro ou quiosqueiro vai receber uma quantia de R$ 540. Só que esse montante vai passar por uma divisão em cinco parcelas de R$ 180 cada uma. É um patamar maior do que muita gente está recebendo no Auxílio Emergencial do Palácio do Planalto

De acordo com as autoridades governamentais do estado de Pernambuco, a ideia é investir cerca de R$ 3 milhões neste projeto. Esse dinheiro vai diretamente para as prefeituras de 13 cidades pernambucanas. São justamente os municípios que completam a faixa do litoral no estado em questão.

Essas cidades são: Cabo de Santo Agostinho, Goiana, Igarassu, Itamaracá, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Recife, Rio Formoso, São José da Coroa Grande, Sirinhaém e Tamandaré. O cidadão que deseja receber esse benefício, precisa entrar em contato com a sua prefeitura para perguntar como vai ser essa distribuição.

A projeção do Governo do estado é que cerca de 5.597 trabalhadores de quiosques e barracas de praia recebam este dinheiro nos próximos meses. “Essa proposta de cofinanciamento é mais um esforço do governador Paulo Câmara (PSB) em tornar forte toda a rede de proteção e cuidado às pessoas que mais necessitam”, disse o secretário de Desenvolvimento Social do Estado, Sileno Guedes.

Auxílio para barraqueiros

Esse Auxílio deve acontecer apenas no estado de Pernambuco. No entanto, ele poderia existir em qualquer estado que tenha litoral no Brasil. É que os fechamentos acabaram prejudicando o comércio de muita gente que trabalha na praia.

É justamente por isso que muitos trabalhadores de áreas do litoral do país estão pressionando os seus governadores para que eles criem projetos como estes. Algumas cidades, aliás, estão realizando protestos neste sentido.

Alguns outros estados, como o Rio de Janeiro, por exemplo, estão incluindo esses barraqueiros em seus auxílios emergenciais. No entanto, muitos deles afirmam que ficaram de fora desses pagamentos do Governo.

Presidente

O Presidente Jair Bolsonaro deixou claro em mais de uma entrevista que não concorda com o repasse de auxílios pelos Governos dos estados e pelas prefeituras. De acordo com ele, isso poderia formar cidadãos dependentes do estado.

De qualquer forma, o fato é que o próprio Governo Federal está pagando o seu Auxílio Emergencial. Os pagamentos, aliás, começaram ainda no último mês de abril. De lá para cá, mais de 39 milhões de indivíduos receberam pelo menos uma parcela do benefício.

Esse programa até vai passar por uma prorrogação. De acordo com o Palácio do Planalto, o projeto vai ganhar mais três meses de duração. Assim, ele não deve mais ir até abril, como se previa incialmente e sim até outubro, pelo menos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.