Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Enem e vestibulares: Entenda as zonas mortas do oceano

A zona morta é uma área do oceano com níveis de oxigênio muito baixos. Em todos os oceanos do mundo, existem muitas delas onde a maioria da vida marinha não consegue sobreviver. 

São o equivalente oceânico de um deserto quente, com biodiversidade reduzida devido às condições extremas.

Embora essas zonas mortas possam se formar naturalmente, a grande maioria está ligada a práticas agrícolas na terra ou aos efeitos das mudanças climáticas.

Zonas mortas são más notícias para a biodiversidade marinha, pois efetivamente destroem o ecossistema dentro de uma área afetada. 

Eles também têm o potencial de destruir economias ao impactar a disponibilidade de frutos do mar como fonte de renda e alimento. 

Em todo o mundo, estima-se que três bilhões de pessoas dependem dos frutos do mar como sua principal fonte de proteína.

Quantas zonas mortas existem?

O número de zonas mortas no oceano pode variar de ano para ano, assim como seu tamanho e localização exata. 

Cientistas estimam que, em todo o mundo, existam pelo menos 400 zonas mortas e esse número deve aumentar no futuro. As maiores zonas mortas são:

  • Golfo de Omã – 63.700 milhas quadradas
  • Mar Báltico – 27.027 milhas quadradas
  • Golfo do México – 6.952 milhas quadradas

A extensão total das zonas mortas em todo o mundo é estimada em pelo menos o tamanho da União Europeia , em 1.634.469 milhas quadradas.

E então, gostou da matéria sobre o assunto? Compartilhe com quem precisa saber disso!

Não deixe de ler também – Auxílio emergencial de R$600 e R$375: VEJA se o seu CPF foi utilizado para receber

Avalie o Texto.

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.