Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Empréstimo indevido: o que fazer quando alguém usa seu nome?

O roubo de identidade tem muitas faces diferentes. Assim, vai de cartões de crédito a empréstimo indevido. Com isso, os ladrões podem abrir diferentes formas de crédito em seu nome e, simplesmente, destruir seu histórico, bem como situação financeira. Então, o que fazer para se proteger dos golpes?

Empréstimo indevido e outros golpes: o que fazer para se proteger?

E se de repente você descobrir que alguém fez um empréstimo indevido em seu nome ou alguma outra transação usando os seus dados roubados da Internet? Bom, para consertar a situação é preciso paciência, pois pode ser algo difícil e demorado.

Entretanto, o quanto antes agir, melhor, pois assim evitam-se maiores danos ao seu crédito. Siga estas etapas para se proteger e se livrar das contas fraudulentas.

Abra um boletim de ocorrência policial

A primeira coisa que você deve fazer é registrar um boletim de ocorrência no departamento de polícia local, podendo ser presencial ou online. Isso porque, em muitos casos, você deverá apresentar um relatório policial documentando o roubo. Assim, os credores removerão os movimentos errôneos de sua conta.

Entre em contato com o credor para informar o empréstimo indevido

Se alguém fez um empréstimo indevido ou abriu um cartão de crédito em seu nome, contate o credor ou a operadora diretamente. Dessa forma, poderá notificá-los sobre a conta fraudulenta e removê-la de seu relatório de crédito.

Para cartões e até empréstimos pessoais, o problema geralmente resolve-se rapidamente. Quando se trata de roubo de identidade pode ter consequências enormes para a vítima.

O não pagamento dos débitos pode resultar em penhoras, assim como outros problemas graves. Portanto, é fundamental que você interrompa qualquer atividade ilícita em seu nome e faça com que as fraudes sejam canceladas rapidamente.

Se alguém fez um empréstimo indevido ou abriu um cartão de crédito em seu nome, contate o credor ou a operadora diretamente
Se alguém fez um empréstimo indevido ou abriu um cartão de crédito em seu nome, contate o credor ou a operadora diretamente – Foto: Canva Pro

Em geral, como citamos, você precisará entrar em contato com o credor que fez a transação e apresentar um boletim de ocorrência. O credor também pedirá que você preencha um relatório de roubo de identidade. Enquanto seu pedido de exclusão está sendo analisado, você não é responsável pelos pagamentos.

Mas, tenha em mente que cada credor tem seu próprio processo para lidar com esse tipo de situação inconveniente. No entanto, normalmente o processo básico é o que comentamos acima.

Conteste os erros com a agência de crédito

Ao encontrar evidências de atividade fraudulenta em seu nome, você precisa contestar os erros com a agência de crédito, por exemplo, o Serasa. Para isso, entre em contato e apresente as evidências, como o boletim de ocorrência.

Contudo, pode-se apresentar também documentações emitidas pelo credor reconhecendo a ocorrência de roubo de identidade. Assim que a agência de crédito tiver essas informações, ela pode remover as movimentações de seu histórico de crédito.

Se sua pontuação de crédito foi prejudicada devido à inadimplência, à ação dos ladrões, fazer com que isso seja removido pode ajudar a melhorar a pontuação. Pode levar semanas ou até meses para que haja uma normalidade na vida financeira, mas ela será restaurada ao nível anterior.

Coloque um alerta de fraude no seu crédito

Assim que você descobrir que foi vítima de um empréstimo indevido, peça a operadora e agências de crédito para que coloquem um alerta. Assim, potenciais empresas ferramentas da fraude, recebem uma notificação ao executar o crédito.

O alerta solicita que eles tomem medidas adicionais para verificar sua identidade antes de emitir um empréstimo ou forma de crédito em seu nome. Em alguns casos, pode ser uma boa ideia congelar o crédito. Assim, não há como os ladrões agirem, a não ser que você reabra seu crédito novamente.

Verifique suas informações de crédito regularmente para identificar o empréstimo indevido

Finalmente, verifique suas informações de crédito regularmente para garantir que nenhuma nova conta seja aberta em seu nome. Você pode solicitar um relatório regularmente junto aos órgãos de proteção ao crédito.

Atenção a outro golpe

Você é vítima de um golpe de roubo de identidade, onde os ladrões usam as informações para pedir cartões de crédito e fazer empréstimos. No entanto, em cima desse golpe, ainda há outro golpe.

Os golpistas se dizem parte de uma empresa que retira o nome da “vítima” dos órgãos de proteção ao crédito. Contudo, eles pedem que você pague antes de fornecer seus serviços.

A empresa diz que garante um aumento específico na pontuação de crédito, além de se livrar das informações negativas no relatório. Ademais, a promessa independe que as informações sejam precisas e atualizadas.

Caso você veja anúncios ou receba ofertas para correção de crédito, pode ser um sinal de alerta. Portanto, sempre deve-se ficar atento aos menores sinais.

Você pode solicitar um relatório regularmente junto aos órgãos de proteção ao crédito
Você pode solicitar um relatório regularmente junto aos órgãos de proteção ao crédito – Foto: Canva Pro

Pagamento de taxas antecipadas

A empresa fraudulenta quer que você pague antes de prestar os serviços. Uma regra simples a seguir é “não pagar adiantado”.

Eles prometem remover informações negativas de seu relatório de crédito

Os golpistas informam que você pode se livrar de informações negativas, mesmo que estas sejam precisas e atualizadas. Entretanto, ninguém tem esse poder, a não ser por meios legais e somente os órgãos de proteção ao crédito.

A empresa se recusa ou evita explicar seus direitos

A empresa que não é índole, não informa quais são seus direitos e o que você pode fazer gratuitamente. Verificar os erros, bem como as fraudes no relatório financeiro um direito legal. Não é preciso pagar uma organização de liquidação de crédito para fazer isso por você.

Todas as empresas que trabalham com sistemas financeiros estão sujeitas a várias leis municipais, estaduais e federais. Assim, obviamente estão proibidas de usar práticas enganosas para ludibriar seus clientes.

Portanto, atente-se sempre para identificar ocorrências de empréstimo indevido em seu nome e outras operações financeiras. Se ocorrer a fraude, deve-se tomar as devidas providências e evitar maiores transtornos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.