Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Saiba mais sobre currículo de Milton Ribeiro, novo ministro da Educação

Novo ministro da Educação foi anunciado por Jair Bolsonaro na última sexta-feira (10), após cerca de vinte dias sem responsável para o Ministério da Educação (MEC). Saiba mais sobre o currículo de Milton Ribeiro, pastor e novo ministro da pasta.

O MEC ficou sem ministro por três semanas desde pedido de demissão do economista e ex-ministro Abraham Weintraub, cuja exoneração foi publicada no Diário Oficial da União no dia 20 de junho.

Conheça Milton Ribeiro, novo ministro da Educação

O novo ministro escolhido por Bolsonaro, além de pastor da Igreja Presbiteriana, é advogado e teólogo. Nascido no litoral de São Paulo, o ministro tem 62 anos.

Segundo currículo Lattes do novo ministro, ele possui formação da área de Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul (1981) e em Direito, pelo Instituto Toledo de Ensino (1990), além do mestrado em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2001).

Na área de educação, o ministro possui doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2006).

Nesse sentido, no currículo de Milton Ribeiro figura ainda a atuação como reitor e vice-reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Contudo, não há indicativo de maiores trabalhos na área da educação.

Falas polêmicas

Apesar do ministro ainda não ter tomado posse do cargo, já vem causando polêmica nas redes sociais dos brasileiros por algumas das suas falas relacionadas à Educação e ao seu ideal de família.

Nesse sentido, há registro de uma dessas falas em uma reunião religiosa, na qual o pastor afirma que para o aprendizado das crianças deve haver “rigor” e “severidade”. Nesse sentido, para ele, a criança “deve sentir dor”.

Contudo, apesar das falas polêmicas, Milton Ribeiro comentou em mensagem aos amigos que está ciente da responsabilidade de assumir o cargo de ministro da Educação. Nesse sentido, o ministro nomeado afirmou que:

A educação transforma vidas; transforma uma nação. É hora de um verdadeiro pacto nacional pela qualidade da educação em todos os níveis. Precisamos de todos: da classe política, academia, estudantes, suas famílias e da sociedade em geral. Esse ideal deve nos unir.

A nomeação de Milton Ribeiro foi publicada no Diário Oficial da União em edição extra no dia 10 de julho.

Gostou deste artigo? Então deixe seu comentário!

Acompanhe mais notícias da área de educação aqui.

Leia Também:

brasil 123  
7 Comentários
  1. Leandro Diz

    Engraçado… Só eu que percebi?? Todo ministro indicado…. O povo procura alguma coisa pra ter contra ele?? No governo anterior, não teve nada disso… Eu nunca vi um governo tão atacado como esse…., E ante que falem.., eu não sou bolsominions

    1. monica cristina elias silva Diz

      Verdade

  2. Edinei Moura Diz

    Verdade, saquearam o Brasil é ainda querem fazer pente fino no ministro que nem assumiu ,aqui é Brasil não Venezuela.

    1. Wander Diz

      Meu desejo é que seja lá quem for, traga benefícios para à educação. Somos uma nação, um só povo, acima de qualquer pensamento existe algo maior, o Ser humano. Eu e você de alguma forma somos irmãos, e o que todos querem e viver dias melhores.

    2. Clarice Carlos da Silva Diz

      Conversa antiga essa. Mais do que nunca precisamos de um rumo, seja na educação, no meio ambiente, na saúde, na cultura. O cenário não é satisfatório, com tantas mudanças de ministros.

  3. Luciano Nascimento Diz

    Quem têm pastor é ovelha nós não somos, e se fôssemos estaríamos mau pastoredos !

  4. Hélio Diz

    Engraçado: o PT teve ministro, embaixatriz e altos gestores que eram “Analfabeticos”. Agora, QQ profissional que assume no governo, só importa o currículo? Diabeiiiisso?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?