Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Educação: Importância da reflexão para professores

Um professor reflexivo é um professor eficaz. Será? Bom, os educadores tendem a refletir sobre seus métodos de ensino e outras de suas ações frente a sua profissão.

Em um artigo intitulado “Reflexão do professor em uma sala de espelhos: influências históricas e reverberações políticas”, a pesquisadora Lynn Fendler afirma que os professores são reflexivos por natureza à medida que continuamente fazem ajustes na instrução.

“As tentativas laboriosas de facilitar práticas reflexivas para professores voam em face do truísmo expresso na epígrafe deste artigo, a saber, que não existe um professor irrefletido.”

No entanto, há muito pouca evidência que indique o quanto um professor deve refletir sobre isso ou como deve fazê-lo. Pesquisas – e há poucas publicações recentes sobre o assunto – sugerem que a quantidade de reflexão que um professor faz ou como ela registra essa reflexão não é tão importante quanto o tempo.

Os professores que esperam para refletir, em vez de refletir imediatamente após apresentar uma lição, podem não ser tão precisos quanto aqueles que registram seus pensamentos imediatamente.

Em outras palavras, se a reflexão de um professor está distanciada pelo tempo, essa reflexão pode revisar o passado para se ajustar a uma crença presente.

‘Refletir em ação’

Os professores gastam tanto tempo preparando e dando aulas que muitas vezes deixam de registrar suas reflexões sobre as aulas em diários, a menos que seja necessário. Em vez disso, a maioria dos professores “reflete em ação”, um termo cunhado pelo filósofo Donald Schon na década de 1980. Esse é o tipo de reflexão que ocorre em sala de aula para produzir uma mudança necessária naquele momento.

A reflexão na ação contrasta com a reflexão na ação, na qual o professor considera suas ações logo após a instrução, a fim de ser capaz de fazer ajustes para situações de ensino semelhantes no futuro.

E então, qual a sua opinião sobre o assunto?

Não deixe de ler também – Universidade lança curso online gratuito de produção de vídeo para professores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.