Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Educação: avanço da Ômicron deve impulsionar ainda mais o EAD 

A nova variante Omicron, o aumento de casos de Covid no Brasil e a proximidade do início do calendário escolar colocam em xeque sobre como, quando e se haverá retorno presencial nas escolas e universidades do país.

A única solução para atenuar esse dilema é adotar novamente o Ensino à Distância (EAD), método que está em franca expansão no Brasil, principalmente nas instiuções de ensino superior (IES). 

Enquanto o ensino presencial registrou queda de 8,9% no volume de matrículas do primeiro semestre de 2021 das instituições de ensino superior (IES) privadas, os cursos a distância cresceram 9,8%. Os dados são do Mapa do Ensino Superior 2021, estudo divulgado pelo Instituto Semesp. 

Para capacitar e apoiar as IES no Brasil, a Alumia, edtech e startup, que atua no segmento de Gestão de Programas Online, contribuiu na formação de milhares de alunos em cursos de graduação, pós-graduação e capacitação profissional, ao assumir os investimentos necessários para o lançamento e operação dos cursos oferecidos. 

“Dessa forma ajudamos as instituições a trazer mais resultados sem precisar de novos recursos financeiros ou humanos. Somos remunerados no sucesso do negócio, através de uma participação nos resultados, apenas após o pagamento dos alunos, ou seja, a IES só tem fluxo de caixa positivo”, explica Gustavo Rahmilevitz, CEO da Alumia e um dos fundadores, ao lado de Marcelo Vasserman, Antônio Álvaro Moura e Rodrigo Vodola.  “A modalidade de EAD é um caminho sem volta”, conclui Rahmilevitz. 

A inovação alavancou cursos de tradicionais instituições de ensino como a ESPM, FECAP, UNIFEMM, Executive Academy, Instituto Singularidades, entre outras. 

EAD: mensalidade que cabe no bolso

Além disso, a média de valores das mensalidades em educação superior na modalidade EAD é bem mais atraente do que a presencial. 

No modelo presencial a média das mensalidades gira em torno de R$758,44, enquanto a da EAD fica R$259,98, em média.

O foco da Alumia é estar entre as maiores instituições de ensino do Brasil aumentando o número de alunos que utilizam o sistema EAD, através de novas e diferentes formas de Educação, com mais tecnologia, aplicativos e realidade virtual

Segundo o Censo de Ensino Superior, o ranking e histórico dos 15 maiores cursos de EAD procurados em 2019 foi o seguinte:

  1. Pedagogia
  2. Administração
  3. Educação Física
  4. Gestão de Recursos Humanos
  5. Ciências Contábeis
  6. Logísitica
  7. Processos Gerenciais
  8. Serviço Social
  9. Desenvolvimento de Sistemas
  10. Letras
  11. Enfermagem
  12. Gestão Comercial
  13. Gestão Pública
  14. Marketing
  15. Gestão Financeira

Fonte: Assessoria de Imprensa – Alumia.

E então, gostou da matéria? Não deixe de ler também – Vale-gás atende cerca de um terço dos usuários do Auxílio Brasil

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.