Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (3 votes)

Economia: a sustentabilidade e a política monetária dos bancos centrais

A sustentabilidade e a política monetária dos bancos centrais impactam a economia de forma global. Saiba mais detalhes do Banco Central!

O Banco Central do Brasil (BCB), juntamente com a Petrobras, promoveu o Congresso Mercado Global de Carbono – Descarbonização e Investimentos Verdes, de acordo com divulgação realizada pela própria instituição na data desta publicação, 18 de maio de 2022. Confira a seguir pontos importantes sobre a sustentabilidade e a economia.

A recuperação sustentável da economia e o mercado de crédito de carbono

De acordo com recente divulgação oficial do Banco Central do Brasil (BCB), com a sociedade demandando cada vez mais que a recuperação seja sustentável e inclusiva, o mercado de crédito de carbono se tornou um assunto de extrema relevância.

Economia: a sustentabilidade e a política monetária dos bancos centrais

No caso dos bancos centrais, essa agenda é importante porque as questões relacionadas à sustentabilidade têm potencial para afetar as suas duas principais missões: a política monetária e a estabilidade financeira, destaca o Banco Central do Brasil (BCB) através da divulgação oficial.

Diversos fatores impactam a inflação

No período recente, por exemplo, temos presenciado diversos choques climáticos adversos com impactos negativos sobre a inflação, aponta o Banco Central do Brasil (BCB). Ondas de calor, geadas, secas e outros eventos têm afetado os preços de alimentos e energia, com impactos significativos sobre a inflação brasileira.

Conforme destaca o Banco Central do Brasil (BCB), no longo prazo, esses choques podem ter efeitos duradouros, afetando a produtividade e o crescimento econômico de longo prazo.

As demandas atuais e as estruturas voláteis da economia

Para lidar com essas questões, a gestão do Banco Central do Brasil (BCB) destaca que deve permanecer na fronteira do conhecimento e das ações, respondendo à evolução das demandas da sociedade; às mudanças estruturais na economia; e aos choques e riscos, presentes e futuros. 

Agenda de sustentabilidade 

Conforme destaca o próprio Banco Central do Brasil (BCB), a instituição tem um longo histórico de apoiar a agenda ambiental, de implementar medidas relacionadas ao assunto e de participar ativamente do debate internacional. Ao longo da última década, o Banco Central do Brasil (BCB) editou diversos normativos relacionados à questão ambiental.

Um pilar estratégico do Banco Central do Brasil (BCB)

Em setembro de 2020, o Banco Central do Brasil (BCB) lançou a sua agenda de sustentabilidade como um pilar adicional da sua agenda estratégica para o desenvolvimento do sistema financeiro, a “Agenda BC”.

Conforme destaca o Banco Central do Brasil (BCB), o lançamento da “Agenda BC# Sustentabilidade” objetiva liderar pelo exemplo dentro do SFN  e entregar resultados concretos à sociedade, em consonância com as melhores práticas internacionais.

5/5 - (3 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.