Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio de R$600: Bolsonaro diz que vai pagar mais três parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300

Bolsonaro tem o desejo de pagar R$ 1.200 adicionais, além das três parcelas de R$ 600 já garantidas. Os R$ 1.200 seriam divididos em R$ 500, R$ 400 e R$ 300.

Nesta quinta-feira, 25 de junho, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) garantiu, em sua live tradicional, que o auxílio emergencial será prorrogado por mais três parcelas. Segundo ele, a prorrogação já é certa, mas os valores ainda não foram confirmados.

Bolsonaro tem o desejo de pagar R$ 1.200 adicionais, além das três parcelas de R$ 600 já garantidas. Os R$ 1.200 seriam divididos em R$ 500, R$ 400 e R$ 300. “Esse pessoal estava desatendido”, disse Paulo Guedes, ministro da Economia, em transmissão de vídeo ao vivo.

Ademais, Guedes também informou que a terceira parcela começará a ser paga sábado, 27 de junho. Apenas beneficiários do Bolsa Família estão recebendo a terceira parcela atualmente. O pagamento da terceira parcela deve começar sábado e seguir até dia 30 de junho, quando o pagamento para beneficiários do Bolsa Família também chega ao fim.

O auxílio emergencial foi criado para ajudar trabalhadores informais, autônomos, desempregados e microempreendedores individuais (MEIs) durante a crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

Ainda na transmissão ao vivo, o ministro Paulo Guedes afirmou que o governo injetou R$ 1 trilhão na economia do país durante a pandemia. O ministro disse ainda que o Brasil pode surpreender o mundo com sua economia.

Saiba quem pode receber o auxílio emergencial

O projeto altera uma lei de 1993, que trata da organização da assistência social no país. De acordo com o texto, durante o período de três meses será concedido auxílio emergencial de R$ 600 ao trabalhador que cumpra, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

O auxílio vai ser cortado caso aconteça o descumprimento dos requisitos acima. O texto também deixa claro que o trabalhador deve exercer atividade na condição de:

  • microempreendedor individual (MEI); ou
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria; ou
  • trabalhador informal, seja empregado ou autônomo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020, ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima.

Desde já, a proposta estabelece que apenas duas pessoas da mesma família poderão receber cumulativamente o auxílio emergencial e o benefício do Bolsa Família, podendo ser substituído temporariamente o benefício do Bolsa Família pelo auxílio emergencial, caso o valor da ajuda seja mais vantajosa para o beneficiário. A trabalhadora informa, chefe de família, vai receber R$ 1.200.

Como pedir o auxílio

Os trabalhadores poderão solicitar o auxílio emergencial de R$600 das seguintes formas:

  1. O cidadão, enfim, no primeiro momento, deve acessar a página inicial oficial do site da Caixa (https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio);
  2. Dessa forma, na página seguinte, são mostrados os requisitos necessários para ter direito ao auxílio emergencial de R$600 a R$1.200;
  3. Após isso, o trabalhador informal deve preencher dados como nome completo, CPF e data de nascimento;
  4. Logo após, será necessário o preenchimento do número do celular para recebimento de um código de verificação por SMS;
  5. Assim chegar por SMS, o código de verificação deve ser colocado no campo “código recebido”;
  6. Após isso, o cidadão deverá informar a renda, o ramo de atividade (as opções oferecidas pelo sistema são Agricultura e Pecuária, Extrativismo/Pesca, Comércio, Produção de Mercadorias, Prestação de serviços, Trabalho Doméstico, Outros), estado e cidade;
  7. Em seguida, o trabalhador escolhe se quer receber em conta já existente ou criar uma poupança digital;
  8. O trabalhador poderá escolher se deseja receber o valor do auxílio em uma conta já existente ou criar uma poupança digital;
  9. Após informar a opção, trabalhador deve fornecer seu documento (RG ou CNH);
  10. Em seguida vêm os dados fornecidos pelo trabalhador;
  11. Em conclusão, na tela final, aparece o aviso de que o pedido do auxílio emergencial está em análise.

Veja também: CONFIRMADO dois saques do FGTS para 2020; um com R$1.045 e outro de até R$2.900

Leia Também:

brasil 123  
34 Comentários
  1. Rodrigo Diz

    Eu To desempregado tenho família pago aluguel com bicos , e já tentei duas vezes e meu pedido foi negado isso é injusto, conheço uma pessoa aqui onde eu moro ele tem salão de beleza ganha em média 6mil reais por mês e também ta recebendo esse auxílio, uma vergonha umas coisas dessas.

  2. Vitor Rodrigo Vizentim Gabriel Diz

    Então demorou pra aprovar quando aprovou o lote três liberaram o pagamento pro do mês de julho como se diz muitos já estão recebendo a terceira e outros nem pegou a primeira ainda e ainda falam que é auxílio emergencial acho que demoram pra ver se a pessoa morre antes e eles poderem cortar pela que é só pode ser isso

  3. Jaqueline Pradie Nascimento Diz

    Quero saber da segunda parcela, para quem recebeu em maio?

    1. ANDREA ANDRADE Diz

      Meu má e filha estão esperando até hoje!

    2. Tamela Eduarda pereira Diz

      Queria saber se eu vó recebe esse mês qui vem o 600

  4. Luzinete Diz

    Boa pergunta: Veronica santos brito.👍

  5. Roberta Diz

    Sinceramente é um descaso com o povo brasileiro. A cada matéria é uma informação diferente.
    Esse calendário da terceira parcela só vai estar disponível em 19 de setembro, ou seja, isso é um auxílio emergencial? Sendo que a pessoa está precisando do dinheiro imediatamente! E sem contar nas pessoas que estão precisando do dinheiro e que ainda nem a primeira parcela receberam, e também quem recebeu a primeira e não tiveram nenhuma satisfação da segunda. Lamentável

  6. Cláudia Diz

    Eu cadastrei fiz o cadastro do auxílio em Maio,e até agora não recebi nem a primeira parcela do auxílio, estou desempregada e tenho 2 filhos .

  7. ALENICE Diz

    E bolsa familia qual sera o valor quarta e Quinta parcela

    1. Juliana Fernanda Da Silva Diz

      Tbm gostaria de saber sou mãe solteira chefe3de família com 3 filhos estou no auxílio recebendo 1.200 reais tbm.voataria de saber quanto ficaria s próximas

  8. Roseneideflorentino Diz

    Guero sabe não peguei nem a primeiro guarda o meu saldo

  9. Rosimayere Mendonça da Silveira Diz

    Eu também não recebi a segunda parcela eu sou de julho,diz que está que está como crédito a segunda até agora não vi…

  10. Glaucia Diz

    Eu tambem queria saber eu recebi a primeira parcela dia 25 de maio mas ate agora nada da segunda parcela e eu sou do mes de julho

    1. Lara Feitosa Pinheiro Diz

      Dá nojo desse governo.

  11. Maiara Diz

    Quando irá receber a 2 parcela para quem recebeu a 1 em Maio?? Não sai calendário, ninguém dá uma posição!

    1. Verônica Santos Brito Diz

      E a segunda parcela do segundo lote nada de ser pago. Onde devemos nos pronunciar? Onde teremos uma posição sobre isso?

      1. M. Diz

        Recebi a 1 parcela depois de de 50 dias de espera. Após 30 dias nada da 2 parcela fui até o banco que mandou eu esperar esse calendário e agora o governo diz que vai diminuir o valor que já é pouco?
        Um governo totalmente desorganizado que nos faz passar por humilhações diariamente e desnecessária.

  12. Lilian Diz

    Quando será pago a segunda parcela do segundo lote????

  13. Guilherme Diz

    Queria entender porque até hoje o meu está em análise desde do dia 7 de abril
    Foi aprovado depois voltou pra análise novamente
    Estou sem emprego e 2 filhas pra criar
    Tô desesperado

    1. Jefte Diz

      Veja um vídeo do deputado janones, ele tem uma canal no YouTube, ele tem um vídeo que mostra onde ligar para que seja resolvido, o da minha tia resolveu em 1 semana.

    2. Francisnaldo Diz

      Esse auxílio é uma humilhação para o cidadão brasileiro, sou trabalhador informal e desde de março que não posso trabalhar e fui nagado injustamente, tenho Filho pequeno e não tive direito ao benefício, em quantos muitos que não tem o direito conseguiu. Parabéns isso é o Brasil. Nas próximas eleições eu vou lembrar desse governo governo.

  14. Cicero Diz

    Recebi dia 20/05 a primeira parcela, até agora não vi a segunda parcela quando vai sair?

    1. Luzinete Diz

      Eu também gostaria de saber, Lilian. Até hoje, não recebi a segunda parcela. E não dão nem uma previsão pra gente. Muita Sacanagem.

  15. Ana Diz

    Recebi somente uma parcela no mês de maio,e não falam mais a data da segunda parcela para quem recebeu esse mês,e no app não informam nada e nem no 111, muito desorganizado

  16. Tiago Alberto Januário Da Silva Diz

    Fico sem entender pois só falow da 3 parcela e a 2 para quem recebeu a 1 em maio como é q vai ficar😠😠

    1. Karina Diz

      Meu marido até agora pegou só a primeira parcela dia 29 de maio, quero saber porque ninguém fala nada sobre isso, está difícil porque esse auxílio de emergêncial não tem nada

      1. Marcelo Diz

        Olha aí vai na caixa, porque aconteceu muitos casos da pessoa achar que o dinheiro não entrou mas foi para a conta digital e dentro dessa conta digital bandidos estão roubando dinheiro, limpando a conta, aí a pessoa espera o dia do saque na conta e não vai cair nada porque já foi roubado.

  17. Joice Diz

    As pessoas ,nascido em janeiro
    Vai poder receber quando?

    1. Michelé Diz

      E o calendário? que eles paga pelo o mês de aniversário.
      Fica mais fácil saber que dia exatamente vai cair

  18. Josi Diz

    Queria saber da segunda parcela de quem recebeu a primeira em maio que sumiu e ninguém fala nada

    1. Gabrielly Diz

      Você recebe bolsa família?
      Se caso não recebe, a segunda parcela está liberada somente no aplicativo Da Caixa Tem, para pagar contas por boleto, ninguém conseguiu sacar
      E se você recebe o bolsa família creio que já está disponível pois eu já consegui sacar o meu no fim do mês passado

    2. Airton da silva fernandes Diz

      To ete hoje em avaliação quanto vo resposta

      1. Daniel Archanjo Ribeiro Diz

        Bom dia me manda um zap nome da mae tenho todos acesso com os orgao federal e descubro seu problema zap para 739 8804 6562 DANIEL Ribeiro ou e-mail [email protected]

    3. Roseneideflorentino Diz

      GueriA saber se o meu tá na conta meu saldo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?