Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio BEm: CONFIRA os pagamentos entre R$ 261,25 e R$ 1.813,03

Quem tiver o contrato de trabalho suspenso recebe do governo federal um valor de até R$1.813

Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e Renda (BEm) segue sendo pago em 2020.

O trabalhador que tiver o contrato de trabalho suspenso recebe do governo federal um valor de até R$1.813, além de uma ajuda de custo da própria empresa, caso o empregador tenha um faturamento superior a R$ 4,8 milhões.

O Benefício Emergencial abrange também empregados em regime de jornada parcial ou intermitentes, os empregados domésticos e os aprendizes.

Este benefício será pago independentemente do cumprimento do período aquisitivo, do tempo de vínculo empregatício ou do número de salários recebidos.

O empregado deve informar ao seu empregador em qual conta bancária de sua titularidade deseja receber o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda.

Sobre o auxílio BEm

Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda é um benefício financeiro destinado aos trabalhadores que apresentarem redução de jornada de trabalho e de salário ou suspensão temporária do contrato de trabalho em função da crise causada pela pandemia do Coronavírus – COVID 19.

O Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda se destina ao trabalhador que, em função da crise causada pela pandemia do Coronavírus, se enquadre em uma das seguintes situações:

1. Redução da jornada de trabalho e do salário;

2. Suspensão temporária do contrato de trabalho.

O Benefício Emergencial abrange também empregados em regime de jornada parcial ou intermitentes, os empregados domésticos e os aprendizes. A redução da jornada e salário do empregado poderá ser de 25%, 50% ou 70%, com prazo máximo de 90 dias.

A suspensão dos contratos de trabalho tem prazo máximo de 60 dias. Este benefício será pago independentemente do cumprimento do período aquisitivo, do tempo de vínculo empregatício ou do número de salários recebidos.

O empregado deve informar ao seu empregador em qual conta bancária de sua titularidade deseja receber o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda.

Como receber o benefício emergencial?

O pagamento será realizado por crédito em conta poupança existente em nome do trabalhador ou em Conta Social Digital, aberta automaticamente pela CAIXA, quando:

  • não tiver sido informada conta no ato da adesão;
  • houver impedimento para o crédito na conta indicada;
  • houver erros nos dados da conta informada.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

A movimentação da conta poupança social CAIXA poderá ser efetuada com o uso do aplicativo CAIXA Tem, disponível para download nas lojas Android e IOS. O benefício não poderá ser depositado em nome de terceiros.

Valor do benefício

O valor do Benefício Emergencial corresponde a um percentual do Seguro-Desemprego a que o trabalhador teria direito em caso de demissão, variando entre R$ 261,25 até R$ 1.813,03, conforme o percentual de redução acordado.

A suspensão de contrato de trabalho prevê o pagamento de 100% do valor do Seguro-Desemprego.

O trabalhador intermitente terá um Benefício Emergencial com valor fixo de R$ 600,00.

Veja também: Auxílio de R$300: Saiba como serão os pagamentos das novas parcelas

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

16 Comentários
  1. Kenia dos reis santos Diz

    Fiz minha vakinha ate hj nao recebe nem uma resposta

  2. Valencarla pereira Martins Diz

    Como fazer pra receber estou 2 meses sem trabalho e tenho 4 filhos e sem renda nenhuma como posso fazer o cadastro

  3. Valencarla pereira Martins Diz

    Estou desempregada a 2 meses e tenho 4 filhos ainda de menor e não estou tendo ném um benefício do governo o que posso está fazendo pra receber algum benefício pra está mim ajudando no período dessa pandemia

  4. IVANILSON De LIMA SANTOS Diz

    Se Deus quiser vai dar tudo certo para nós todos quem é de Novembro recebe agora nesse mês

  5. Talita Ramos Alves da Silva Diz

    Boa noite!A próxima parcela vai cair dia 8/09

  6. Jose Diz

    Esse mês não caiu, esperando né comum do brasileiro

  7. Josue Diz

    Os intermitente já receberam 4 parcelas vai ter mas alguma pra receber e já acabou

  8. STEPHANIE DO AMARAL MOREIRA Diz

    Creio que seja depois do feriado de 7 de Setembro….estou na espera também

  9. Keylla Diz

    Quando vai começar o pagamento

  10. Edilene Diz

    Todo dia 4 caia pq não caiu este mês ainda ????queremos uma resposta.

  11. Edilene Diz

    Todo dia 4 caia pq não caiu este mês ainda ????

  12. Ferrado Diz

    Dois meses q cadastrei o recursos de diferença nos valores das parcelas e ate agora em analise governinho de merda esse. Quando é pra tira rapidinho agem quando é pra paga ficamos no esquecimento.

  13. Everson Diz

    Qual a data para pagamento a trabalhadores intermitentes???

  14. Rayani Diz

    Posta o calendário do benefício por favor

  15. Rayani Diz

    Bom no caso iria cair hoje dia 4 mais não caiu nada

  16. Diego Diz

    Porque você não divulga a data de quando será pago o benefício ?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?