Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Escrita de textos em Concursos Públicos

O domínio da Língua Portuguesa é sempre exigido em Concursos Públicos, seja através da interpretação de textos, de questões específicas sobre sintaxe, morfologia e semântica ou da escrita.

A produção de bons textos pode ser um grande desafio ao concurseiro, pois qualquer erro ou equívoco na escrita prejudica e muito a nota final.

Nos editais de cada concurso, a banca organizadora/examinadora costuma especificar o que será cobrado na prova escrita e quais são os critérios de avaliação. Nesse sentido, alguns dos critérios sempre estabelecidos são a pontuação, a adequação ao tema, a coerência e a organização das ideias no texto.

Com base nisso, separamos algumas dicas para você mandar bem na escrita de textos em concursos. Confira!

1. Estude a estrutura dos textos

As estruturas dos textos são variadas, desse modo, é necessário conhecer quais são as características e como devem ser organizados cada um dos tipos textuais.

A dissertação é o tipo de texto mais exigido em concursos, nesse sentido, vale a pena estudar e se dedicar à escrita de textos dissertativos e argumentativos.

2. Utilize linguagem simples

Muitos concurseiros têm a ilusão de que, quanto mais palavras rebuscadas usar, melhor ficará o texto. Contudo, uma linguagem mais simples e direta pode assegurar melhor a clareza do seu texto.

Garanta que o seu texto esteja dentro das normas gramaticais exigidas pela norma culta e utilize a linguagem formal, mas evite uso de termos que dificultem a compreensão, pois o texto deve ser fluído e de fácil leitura.

3. Aposte no uso de sinônimos

A repetição de palavras, termos ou expressões pode tornar o seu texto enfadonho e repetitivo, o que pode ser encarado pelo corretor como falta de conhecimento da língua, de criatividade ou de técnica para a escrita.

Desse modo, sempre que houver a necessidade de repetir alguma palavra, o ideal é que você utilize um sinônimo no lugar.

4. Seja claro

Além de usar uma linguagem direta, é necessário também que você seja objetivo no seu texto, então, evite dar voltas para expressar as ideias principais.

Além disso, não esqueça de escrever com letras legíveis, pois uma boa caligrafia é indispensável para a boa apresentação do texto. Investir em diferentes conectores e articuladores também facilitará a leitura do corretor.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

5. Leia e releia

Um dos maiores pecados cometidos por estudantes em geral é o fato de escrever e não ler. Realizar uma leitura completa e cuidadosa do texto após finalizar sua escrita é indispensável para garantir que o mesmo atingiu o objetivo desejado e para fazer pequenas correções de pontuação ou acentuação, por exemplo, aspectos sempre analisados pelas bancas.

Gostou deste texto? Não esqueça de deixar seu comentário!

Acompanhe mais dicas de português aqui.
Veja também Dicas de português: O uso do acento Circunflexo.

Dicas de Português: Evite equívocos clássicos na escrita

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?