Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Dia da Consciência Negra: Como surgiu no Brasil

Comemora-se em 20 de novembro, o Dia da Consciência Negra. A data foi escolhida por conta do falecimento de Zumbi dos Palmares, um dos líderes do Quilombo dos Palmares, símbolo de resistência negra no país.

Ademais, a data busca trazer ao debate público uma série de ações de combate ao racismo, além de ascender debates sobre a escravidão e a forte presença do racismo estrutural na sociedade.

Trata-se de uma data muito importante e significativa, justamente para a compreensão da importância da cultura negra no Brasil e no mundo. 

Datas comemorativas poderão ser abordadas em provas de vestibulares de todo país, assim como no ENEM. Por isso vale a pena ficar ligado no assunto, veja!

Dia da Consciência Negra: Como surgiu a data?

O Dia Da Consciência Negra foi instituído através da Lei n° 10.639/03 durante o primeiro mandato do governo Lula em 2003. Sendo estabelecido a inclusão do tema “História e Cultura Afro-Brasileira” como componente obrigatório da grade curricular das escolas do país. 

Ainda de acordo com a lei: Art. 79-B “O calendário escolar incluirá o dia 20 de novembro como ‘Dia Nacional da Consciência Negra”. Contudo, antes da legislação a data já existia. 

A data nasceu em 1978 em uma reunião do MNU “Movimento Negro Unificado” depois de pesquisas realizadas, chegaram na conclusão que a data da morte de Zumbi foi no dia 20 de novembro, e por conta disso decidiram celebrar o Dia da Consciência Negra. 

Em 2011, no governo de Dilma Rousseff a Lei n° 12.519/11 oficializou a data como “Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra”, contudo, sem obrigatoriedade que ela fosse feriado. 

Zumbi e o Quilombo dos Palmares

Zumbi dos Palmares foi um dos líderes do Quilombo dos Palmares por quase 15 anos, um movimento de resistência negra contra a escravidão no Brasil. 

Ele chegou ao quilombo ainda jovem com apenas 15 anos e assumiu o posto de líder após a morte do antigo líder e amigo, Ganga Zumba. O Quilombo dos Palmares serve de inspiração até os dias de hoje devido sua resistência e luta por liberdade e igualdade para o povo negro. 

O governo destruiu o Quilimbo em 1694, durante uma investida liderada pelo bandeirante Domingos Jorge Velho. Zumbi conseguiu fugir, entretanto, foi capturado e assassinado 1 ano depois no dia 20 de novembro de 1695, sua cabeça ficou exposta em uma praça pública no Recife. 

Importância da data

Além de prestar uma homenagem ao líder Zumbi dos Palmares e seus companheiros de resistência no Quilombo. A data é importante para trazer para atualidade um debate sobre o racismo e a escravidão no Brasil. 

É de extrema importância ter um olhar crítico e tomar atitudes sobre a situação do negro no país, principalmente quando falamos em desigualdade e violência. 

Além disso, realizar uma profunda reflexão sobre o racismo estrutural presente na sociedade brasileira e mundial. Contudo, também serve para celebrarmos a cultura negra que tanto enriqueceu a cultura do povo brasileiro. 

A data é celebrada em todo país, contudo não é um feriado nacional. Apenas alguns estados e municípios consideraram o dia como feriado. 

E então, gostou de conhecer mais sobre o Dia da Consciência Negra? Conte para a gente o que achou.

Não deixe de ler também – Mês da consciência negra: Conheça a trajetória de Martin Luther King 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.