Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.3/5 - (3 votes)

Decoração com parede viva: saiba como fazer

Confira todos os detalhes para implementar na sua casa

Você sonha em ter uma decoração com parede viva para chamar de sua? Então, veio ao lugar certo. Pois, hoje trouxemos dicas para ajudar você a implementar esse lindo conceito em sua casa.

Afinal, ter um pedacinho da natureza dentro de casa é sempre prazeroso, além de dar um charme todo especial ao ambiente. Portanto, se ficou tem interesse no tema, sugerimos que leia até o final para não perder nenhum detalhe.

O que é parede viva?

Em primeiro lugar, se você gosta de cultivar plantas e flores em casa e está sempre em busca de novas tendências em decoração, provavelmente já ouviu falar em parede viva.

Aliás, elas são a solução para quem quer ter um espaço verde em casa, mas não dispõe de muito espaço. Afinal, é uma espécie de jardim, feito dentro de casa, de forma vertical, rente a parede.

Então, apesar de ser muito bonita e de fácil montagem, alguns cuidados são necessários antes de implementar uma parede viva na sua decoração. Por isso, confira alguns deles.

Decoração com parede viva: saiba como fazer
Decoração com parede viva: saiba como fazer. Foto: Canva Pro

O que é necessário saber antes de fazer uma parede viva?

Para evitar que as raízes e a umidade das plantas afetem a estrutura de sua parede, saiba de algumas dicas. Portanto, antes de implementar uma parede viva em casa é necessário fazer a impermeabilização da parede onde ela será posicionada.

A propósito, outro cuidado importante é verificar se a parede ou muro onde será feita sua parede viva não possui rachaduras, ou danos estruturais, para evitar dores de cabeça futuras.

O último, mas não menos importante, ponto a se considerar são as espécies que irão compor sua parede viva. Pois, por ser um elemento que geralmente fica dentro de casa, sem muita luz direta do sol, é necessário escolher espécies mais resistentes a esse tipo de ambiente. Logo, é sobre isso que falaremos no próximo tópico!

Quais as melhores espécies para compor uma parede viva

Como vimos anteriormente, a parede viva costuma ficar dentro de casa. E dependendo do local, geralmente, existem limitações quanto a luminosidade e umidade do ar.

Por isso, para evitar que suas plantas não resistam, é importante escolher as espécies certas para a composição. Por exemplo, as trepadeiras, que se entrelaçam conforme crescem, e as que se desenvolvem em forma de cascata, dão um efeito mais bonito ao elemento.

Dentre as melhores espécies para essa função, podemos citar:

  • As jiboias;
  • As samambaias;
  • As petúnias;
  • As begônias, entre outras.

Essas espécies, além de crescer rapidamente, preenchem sua parede. Além do mais, são muito resistentes e não demandam muitos cuidados especiais. Por isso, são ideais para compor uma bela parede viva.

Para o solo dos vasos, uma mistura de terra e cascas de coco formarão um solo bem drenado, perfeito para o desenvolvimentos dessas espécies. A reposição de nutrientes deve ser feita uma vez a cada 2 meses, para evitar o enfraquecimento das mudas. Por isso, opte por um adubo natural, rico em nutrientes, ferro e potássio.

Seguindo, a rega deve ser moderada, uma vez por semana. Além disso, não exagere na quantidade de água para que as raízes não apodreçam.

Para a poda, é necessário observar o aspecto de cada espécie escolhida para a composição da parede viva. Pois as trepadeiras, por exemplo, costumam precisar de poda somente uma vez ao ano no inverno. Basta remover os ramos mais fracos para auxiliar no desenvolvimento.

Já para as podas das plantas pendentes ou cascatas, o ideal é fazer sempre que apresentarem folhas amareladas ou com aspecto apodrecido.

Como combinar a parede viva com a decoração

Por ser um elemento natural, a parede viva costuma combinar com diversos estilos e conceitos de decoração. Para as mais modernas, a sua implementação para ambientes como a varanda. Ademais, funciona também na integração com a sala, criando um elemento em comum em ambos os cômodos.

Ademais, uma parede viva é perfeita para alegrar o hall de entrada, um cantinho na sala de estar. Na verdade é ótima até mesmo para o banheiro, pois dar um ar de spa ao cômodo.

Assim, você pode optar por instalar essa ideia em uma parede inteira. Posicionar vasos rentes a um canto, ao lado do painel de TV também é uma boa ideia.

Lembre-se, se possível, coloque sua parede viva o mais próximo da janela. Pois, assim, suas plantas receberão luz natural ao menos em uma parte do dia.

Por fim, o que vale é a criatividade e o gosto de quem faz. Afinal, as paredes vivas transmitem os traços da personalidade de cada morador da casa.

Gostou das dicas de decoração com este belo elemento? Então coloque-as em prática, e tenha um pedacinho da natureza sempre perto de você.

3.3/5 - (3 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.