Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Carreiras militares: Conheça os níveis e como funcionam

Há inúmeras formações para seguir e se preparar para a vida militar. Veja a seguir!

As carreiras militares são compostas por: Marinha, Exército e Aeronáutica. Muitos brasileiros sonham em entrar para essas organizações, mas poucos conhecem como funciona a estrutura delas.

Isso porque há inúmeras formações para seguir e se preparar para a vida militar. Em qualquer uma dessas entidades é preciso obter formações específicas.

O que acha de conhecer com a gente os níveis que compõem as carreiras militares? Elencaremos a seguir para você entender melhor e ficar por dentro desse universo.

Escolas Preparatórias

O início da carreira militar ocorre nas escolas preparatórias. Esse nível ocorre concomitantemente com o ensino médio. Portanto, o participante se forma na educação básica e recebe seu primeiro título militar, o de Cadete.

Não há uma só Escola Preparatória. Há uma para cada força, portanto são três: Colégios Navais, Escolas Preparatórias de Cadetes do Exército, Escolas Preparatórias de Cadetes do Ar.

Disputadíssimas, essas escolas são conhecidas pela alta qualidade de ensino e pela rigidez com as regras. Além das disciplinas comuns ao currículo escolar, os alunos enfrentam o treinamento militar básico e prática de variados esportes, como natação, futebol, vôlei, entre outros.

Não é obrigatório aos estudantes de tais escolas seguir com a carreira militar, mas aqueles que desejarem devem buscar a admissão pelas Academias Militares.

Academias Militares

São conhecidas como a segunda etapa das carreiras militares. Aí já são concorridas por aqueles que desejam ter uma formação de nível técnico dentro da organização. Quando terminam essa fase, o concluindo recebe o título de Oficial Militar.

Administradas pelas Forças Armadas, as Academias Militares são classificadas como Escolas Navais, Academia da Força Aérea – AFA, Academia Militar das Agulhas Negras (do Exército) e Academias Estaduais da Polícia Militar.

Nesse caso, os participantes têm direito a um soldo, como é chamada a remuneração dos militares, além de alimentação, moradia, vestuário e assistência de saúde.

Nos quatro anos de duração dessa preparação, os alunos dormem na instituição e vão para suas casas somente aos finais de semana ou feriados.

Formação superior em Engenharia

Para aqueles que se formaram na Academia Militar e desejam avançar em seu aprendizado dentro da carreira militar no ensino superior em Engenharia, pode ingressar no IME ou ITA.

A escola de formação superior é como se fosse o terceiro nível nas carreiras militares.

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

IME (Instituto Militar de Engenharia)

Vamos começar a falar sobre o IME, que é a escola Superior de Engenharia do Exército Brasileiro, que existe desde 1959. Mesmo sendo militar, vale dizer, aceita novos ingressos que tenham feito o ensino médio convencional, ou seja, que não são egressos da academia ou escola preparatória.

No IME é possível fazer além da graduação, uma pós-graduação e especializações, todos na área de Engenharia. Dentro das carreiras militares o aluno consegue atingir o posto de General de Divisão de Engenharia.

ITA (Instituto de Tecnologia de Aeronáutica)

Já o ITA (Instituto de Tecnologia de Aeronáutica) é a escola Superior de Engenharia da Aeronáutica Brasileira e existe desde o ano de 1950.

É uma grande referência de formação de profissionais da área de Engenharia Aeronáutica, que atua principalmente na construção e manutenção de aviões.

Quem entra para o ITA passa por duas fases nos cursos de Engenharia. Na primeira fase, que ocorre nos dois primeiros anos da formação, os estudantes cursam um currículo básico e amplo com matérias referentes às Engenharias. Juntamente, recebem um salário mínimo, treinamento militar e esportivo.

Na segunda fase, a partir do terceiro ano de curso, o aluno pode optar por seguir sua formação como Civil ou então como militar.

Quem escolher ingressar na carreira militar do ITA vai ter as mesmas disciplinas dos civis, mas com adicionais. Terão atividades extracurriculares, como por exemplo aulas de tiro, lutas e atividades atléticas mais específicas. Ou seja, precisará seguir aulas de cunho físico e militar.

Todo aluno do ITA se forma como Engenheiro, mas no caso daqueles que escolheram carreiras militares obtêm o título de Primeiro-Tenente Engenheiro e têm a chance de chegar ao posto de Major-Brigadeiro.

E então, você conhecia todos esses detalhes das carreiras militares? Volte mais vezes para conferir outros conteúdos sobre concursos públicos e demais temas relativos.

Leia Também:

PENSAR CURSOS brasil 123

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?