Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

Cuidado! União estável não formalizada pode gerar graves prejuízos

Várias pessoas acreditam estar vivendo em união estável, mas não formalizaram a situação em cartório

O casamento é considerado a “instituição” tradicional entre marido e mulher na sociedade moderna. No entanto, ainda existem pessoas que acham que a moda está um pouco desatualizada. Para eles, vale mais a pena manter uma união estável, sem vínculos religiosos ou legais. O problema é que, com o passar do tempo, essa atitude pode causar algum dano a uma ou ambas as partes.

De acordo com os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de casamentos formais caiu. Enquanto isso, entre 2020 e 2021, por exemplo, a união estável ??aumentou cerca de 33,2%. Entretanto, o que não é formalizado pode causar grandes prejuízos. Saiba mais sobre o assunto na matéria deste domingo (24) do Notícias Concursos.

Cuidado! União estável não formalizada pode gerar graves prejuízos
Cuidado! União estável não formalizada pode gerar graves prejuízos – Canva Pro

Cuidado com a união não formalizada

Um dos principais fatores que impulsionaram o crescimento desse tipo de união foi a pandemia da Covid-19. O alto número de óbitos em decorrência do vírus intensificou a busca por cartórios.

Quando um casal se reúne sem uma formalidade endossada por um juiz, os entraves burocráticos são muitos. Afinal, o casal está construindo uma vida material juntos, além de ter filhos e dividir as despesas. O problema é que a justiça, em geral, não se importa muito com a vida social das pessoas. É preciso ter conhecimento do que está oficialmente registrado.

Perante a separação ou morte, reconhecer a partilha de bens e responsabilidades não é fácil. Embora isso não deva ser o motivo central de um casamento, ele existe e você precisa ter cuidado.

Resolver união estável informal gera uma série de prejuízos

Depois que os problemas surgirem, será um longo caminho para provar uma aliança estável entre os dois. Isso inevitavelmente exigirá honorários advocatícios substanciais, tempo e estresse de saúde mental. Pior de tudo, se algum documento foi esquecido nos últimos anos, a causa pode ser perdida.

Portanto, o melhor caminho é formalizar o contrato de união estável para evitar inúmeras dores de cabeça no futuro. Procure formalizar a situação em cartório, seja no formato de casamento ou de união estável.

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.