Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Conta de luz vai aumentar 21% em 2022

A conta de luz pode aumentar 21% no ano que vem, isso faria uma fatura de cerca de R$ 100 aumentar para R$ 121, por exemplo. O que poderia dificultar ainda mais a vida do brasileiro, principalmente os mais pobres que já sofrem com a inflação em outros itens básicos.

Veja também: Como economizar no dia a dia 

“Nossas estimativas apontam para um cenário de impacto tarifário médio em 2022 da ordem de 21,04%”, disse um documento interno da Aneel, obtido pelo portal Metrópoles. Os números teriam estimativas baseadas no atual cenário de crise hídrica.

Neste ano, inclusive, a conta de luz já aumentou significantemente principalmente por conta das bandeiras tarifárias aplicadas, incluindo a chamada bandeira “Escassez hídrica”.

A bandeira foi criada no governo Jair Bolsonaro (sem partido) e tem preocupado as famílias. Os valores a mais devem ser cobrados mesmo em 2022.

Valores podem ser diferentes, se  justifica Aneel

Em nota ao portal Metrópoles a Aneel justificou que os números ainda não estão confirmados.

“A Aneel esclarece que as informações veiculadas sobre aumento na conta de luz em 2022 correspondem a estimativas preliminares baseadas em cenários hipotéticos que ainda não consideram as medidas de atenuação tarifárias que serão implementadas em 2022”, informou a agência.

O que são bandeiras tarifárias?

As bandeiras tarifárias indicam qual o custo da geração de energia e podem variar mês a mês, a depender do cenário para geração de energia. O anúncio é sempre realizado no final do mês pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Dependendo do mês, podem significar uma cobrança extra. Por exemplo, suponhamos que a sua conta de luz desse R$ 50. Este valor poderia ainda ter uma cobrança extra se a bandeira do mês fosse a vermelha patamar 2.

Veja abaixo os valores e entenda cada uma das quatro bandeiras estabelecidas:

  • Bandeira verde – quando essa bandeira é acionada significa que o as condições para geração de energia estão favoráveis. Não há cobrança extra. 
  • Bandeira amarela – como a própria cor já supõe, podemos classificá-la como “atenção”. Neste estágio a geração de energia está com condições menos favoráveis.
  • Bandeira vermelha patamar 1 – nesta bandeira a energia tem condições mais custosas.
  • Bandeira vermelha patamar 2 – nesta bandeira a energia tem condições ainda mais custosas.
  • Bandeira Escassez Hídrica – criado no governo Bolsonaro e é $ 14,20 a cada 100 kWh (quilowatts-hora).
Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.