Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Conheça os principais agentes externos do relevo 

Os agentes externos do relevo são aqueles que realizam transformações constantes e significativas em determinados locais. 

Estas mudanças ocorrem sobretudo por conta do desgaste físico, ou seja, erosão e costumam ocorrer de forma lenta e gradual.

Os agentes externos do relevo poderão aparecer em questões de vestibulares de todo Brasil, assim como no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Por isso acompanhe o artigo e saiba mais sobre o assunto! 

Principais agentes de relevo

Selecionamos abaixo os principais agentes responsáveis por realizarem transformações no relevo, veja! 

Rios

Ao navegar pelo leito de um rio, a água vai provocando um desgaste natural em suas margens, esse fenômeno é conhecido como erosão fluvial. 

Um bom exemplo da atividade dos rios sobre o relevo, são as formações dos canyons. Ela ocorre de maneira lenta, através da ação das águas dos rios sobre o solo.

Além da provocação do desgaste, as águas fluviais também transportam sedimentos, que vão sendo depositados em determinados locais. 

É desta maneira, que acabam se formando, por exemplo, os deltas presentes na foz de diversos rios. 

Ventos

A transformação do relevo, provocada pela ação do vento, conhecida também como erosão eólica, é muito comum nas regiões de deserto ou com grande quantidade de areia. 

Um dos principais exemplos da ação eólica sobre o relevo é a formação das dunas de areia em diversas regiões do planeta. 

Chuvas

As águas das chuvas geralmente acabam provocando um importante desgaste sobre o solo, rochas e montanhas. A erosão pluvial acontece com mais frequência em áreas sem proteção vegetal. 

As chuvas, assim como os rios, também transportam vários materiais como terra e pedras, e por conta disso podem acabar provocando deslizamentos em áreas de encostas, modificando assim o relevo da área.

Geleiras

As geleiras provocam modificações ao se deslocarem de maneira lenta. Elas conseguem arrastar sedimentos, criando novas formas de relevo. 

Para se ter uma ideia do poder das geleiras na mudança de um relevo, os fiordes, são formados pelo impacto de grandes blocos de gelo sobre o relevo costeiro.

Mares

As águas marinhas podem provocar significativas transformações na costa, conhecido também como erosão marinha. 

Em síntese, o impacto das ondas sobre as rochas, ao longo de milhares de anos, acaba modificando o relevo de alguns locais costeiros. 

Além disso, as águas dos mares também transportam sedimentos, favorecendo o surgimento de restingas e tômbolos (ligação entre ilhas e continentes).

Por fim, os seres humanos também são um dos agentes externos do relevo. Afinal, ao realizarem uma obra de grande porte como por exemplo, a construção de hidrelétricas, aeroportos, rodovias, ferrovias, entre outros, o homem acaba modificando o relevo original da área afetada.

E então, gostou de saber mais sobre os agentes externos do relevo?

Não deixe de ler também – Terraceamento: Entenda como funciona 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.