Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

CONFIRMADO! Caixa faz 2 pagamentos do auxílio emergencial no domingo, 20

No domingo, 20 de dezembro, a Caixa Econômica Federal realizará o pagamento de dois lotes da 9ª parcela do auxílio emergencial.

A partir desta data, os beneficiários que nasceram em julho e agosto serão os contemplados. Os valores liberados serão depositados na conta digital dos beneficiários do programa emergencial.

A movimentação dos recursos vai ficar disponível por meio do aplicativo Caixa Tem, do banco público. Até 29 de dezembro, a CAIXA vai realizar os pagamentos do benefício. No dia 29, os nascidos em dezembro recebem.

Este será o último calendário previsto pela CAIXA, o chamado Ciclo 6. A Caixa uniu alguns pagamentos nesta fase para conseguir encerrar com o programa ainda em 2020.

Pagamento para o público geral

Os beneficiários que não estão no programa Bolsa Família conta com um cronograma diferente, uma vez que os pagamentos para o grupo são feitos por meio de ciclos. A cada ciclo – são 6 no total -, todos recebem pelo menos uma parcela, independente de qual seja.

O calendário segue sendo feito por meio de duas etapas:

  • Na primeira parte, o dinheiro será depositado por meio da poupança digital e ficará liberado somente para pagamentos via Caixa Tem.
  • Na segunda parte, o auxílio é liberado para saques e transferências.

No último domingo, 13 de dezembro, o ciclo 6 foi iniciado aos nascidos em janeiro e fevereiro.

Vale destacar que as datas dos saques e transferências dos ciclos 5 e 6 são as mesmas, ou seja, o beneficiário poderá sacar ou transferir todo o dinheiro que sobrou das últimas parcelas do auxílio.

Ciclos

O Governo manteve a forma de pagamentos por meio de ciclos. Para isso, as datas foram reorganizadas.

Todos os beneficiários recebem uma nova parcela (seja de R$ 600 ou de R$ 300), conforme o mês de aniversário do beneficiário.

Os ciclos não valem para quem está inscrito no Bolsa Família.

Auxílio emergencial – NOVO CICLO 5
Mês de aniversárioDepósitoSaques
Janeiro22/nov19/dez
Fevereiro23/nov19/dez
Março25/nov04/jan
Abril27/nov06/jan
Maio29/nov11/jan
Junho30/nov13/jan
Julho02/dez15/jan
Agosto04/dez18/jan
Setembro06/dez20/jan
Outubro09/dez22/jan
Novembro11/dez25/jan
Dezembro12/dez27/jan
Auxílio emergencial – NOVO CICLO 6
Mês de aniversárioDepósitoSaques
Janeiro13/dez19/dez
Fevereiro13/dez19/dez
Março14/dez04/jan
Abril16/dez06/jan
Maio17/dez11/jan
Junho18/dez13/jan
Julho20/dez15/jan
Agosto20/dez18/jan
Setembro21/dez20/jan
Outubro23/dez22/jan
Novembro28/dez25/jan
Dezembro29/dez27/jan

Veja quantas parcelas você receberá na prorrogação do auxílio

As parcelas extras do auxílio emergencial no valor de R$ 300 são válidas apenas para os beneficiários que já estão recebendo o benefício de R$ 600. No entanto, o número de parcelas depende de quando o trabalhador, que não faz parte do Bolsa Família, começou a receber o benefício no valor inicial.

As novas parcelas no valor R$ 300 começam a ser pagas somente após a conclusão das cinco parcelas iniciais de R$ 600. Novas inscrições não serão feitas, portanto, apenas quem foi aprovado para as parcelas de R$ 600 poderá receber as parcelas extras.

A quantidade total de parcelas que o cidadão terá direito vai depender de quando ela começou a receber o auxílio. O máximo são nove parcelas, sendo as cinco primeiras de R$ 600 e as quatro últimas de R$ 300.

  • Quem recebeu a 1ª parcela em abril: 9 parcelas
  • Quem recebeu a 1ª parcela em maio: 8 parcelas
  • Quem recebeu a 1ª parcela em junho: 7 parcelas
  • Quem recebeu a 1ª parcela em julho: 6 parcelas
  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em agosto: vai receber 4 parcelas de R$ 300 nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro;
  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em setembro: vai receber 3 parcelas de R$ 300 nos meses de outubro, novembro e dezembro;
  • Quem recebeu a última parcela de R$ 600 em outubro: vai receber 2 parcelas de R$ 300 nos meses de novembro e dezembro;
  • Quem recebeu a última parcela de R$600 em novembro: vai receber apenas 1 parcela de R$ 300, em dezembro.

Veja também: Auxílio Emergencial: CONFIRMADO benefício com valor médio de R$688

Avalie o Texto.
2 Comentários
  1. Sergio Murilo silva Diz

    Tem que liberar sim pandemia ainda está sem controle só os menos foraveis e que sofre

  2. Ledmara Moreira Silva Diz

    E impressionante,uma parcela grande da população brasileira desempregada que não tem mais seguro desemprego e nada foi feito para ajudar ,nem mais uma parcela como esperança.Um absurdo sendo que tem gente que pega o auxílio e nunca trabalhou.E ainda como brinde a toda hora o auxílio e prorrogado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.