Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concursos TRE: Bolsonaro autoriza mais de 1.000 vagas em orçamento para 2020

O Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2020 sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro prevê mais de 1.000 vagas para provimento

O Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2020 foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro. O texto, que estabelece o orçamento reservado para 2020, prevê o provimento de nada menos que 1.002 vagas no Justiça Eleitoral. Sendo assim, aumenta a expectativa por novos concursos TREs.

Para o Poder Judiciário, além das vagas para os TREs, o Orçamento conta com reserva de recursos para preenchimento de vagas para diversos órgãos, como por exemplo, TRF, STJ, TJ, MPM, entre outros. Veja abaixo:

  • Supremo Tribunal Federal – Nenhuma vaga para criação e 62 vagas para provimento.
  • Superior Tribunal de Justiça – Nenhuma vaga para criação e 50 vagas para provimento.
  • Justiça Federal – 625 vagas para criação e 450 vagas para provimento.
  • Justiça Militar da União – 740 vagas para criação e 89 vagas para provimento.
  • Justiça Eleitoral – Nenhuma vaga para criação e 1.002 vagas para provimento.
  • Justiça do Trabalho – 52 vagas para criação e 90 vagas para provimento.
  • Justiça do Distrito Federal e Territórios – Nenhuma vaga para criação e 128 vagas para provimento.
  • Ministério Público da União e Conselho Nacional do MP – Nenhuma vaga para criação e 25 para provimento.
  • Ministério Público Militar – Nenhuma vaga para criação e 6 vagas para provimento.
  • Ministério Público do Trabalho – Nenhuma vaga para criação e 5 vagas para provimento.
  • Escola Superior do Ministério Público da União – Nenhuma vaga para criação e 14 vagas para provimento.
  • Defensoria Pública da União – 1.001 vagas para criação e 205 vagas para provimento.

Alguns Tribunais Regionais Eleitorais já haviam sinalizado a expectativa por novos editais para servidores, como por exemplo, Mato Grosso do Sul, Amazonas e Ceará.

PLOA sancionado

A boa notícia é que o orçamento para este ano conta com número maior de vagas que o previsto no texto inicial. São 51.391 vagas para concursos, sendo 45.816 para provimento e 5.575 para criação.

orçamento para 2020 foi aprovado pelo Congresso Nacional em dezembro do ano passado. Segundo o texto, o Governo tem, para 2020, o valor de R$344,6 bilhões para despesas com pessoal.

O quantitativo de vagas para provimento podem ser preenchidos através de concursos já realizados ou novos ao longo de 2020.  É importante lembrar que o quantitativo de vagas é apenas uma previsão orçamentária. Sendo assim, o governo reserva verba para provimento e criação de cargos, mas poderá aplicá-la a depender da necessidade de cada órgão.

O orçamento anual corresponde a uma previsão de gastos para cada área. Ela é orientada pela Lei de Diretrizes Orçamentárias, a LDO, aprovada pelo Congresso em outubro.

A LOA 2020 traz o maior número de provimentos de carreiras públicas no Poder Executivo, com 43.568 vagas, incluindo civis e militares. O restante, 3.140, são para criação de cargos. No Judiciário estão previstos 3.288 provimentos, sendo 1.871 para provimentos e 1.417 para criação.

TSE aumentou cargos de provimento com concurso

O provimento de cargos na Justiça Eleitoral está restrito desde 2017. No entanto, a medida vem sendo revisada a cada ano. Em 2019, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicou a Portaria nº 602/ 2019, ampliando o número de cargos vagos que podem voltar a ser preenchidos através de concurso. O documento acrescentou 83 cargos que estão desocupados e que podem ser preenchidos com aprovados.

O texto (veja abaixo) prevê o preenchimento de 227 cargos, sendo 130 para técnicos judiciários e 97 para analistas judiciários.

  • TSE: 25 vagas, sendo 15 Analistas e 10 Técnicos;
  • TRE-AC: 04 vagas, sendo 02 Analistas e 02 Técnicos;
  • TRE-AL: 04 vagas, sendo 01 Analista e 03 Técnicos;
  • TRE-AM: 04 vagas, sendo 02 Analistas e 02 Técnicos;
  • TRE-BA: 06 vagas, sendo 02 Analistas e 04 Técnicos;
  • TRE-CE: 18 vagas, sendo 12 Analistas e 06 Técnicos;
  • TRE-DF: 01 vaga de Analista Judiciário
  • TRE-ES: sem vagas para provimento;
  • TRE-GO: 02 vagas, sendo 01 Analista e 01 Técnico;
  • TRE-MA: 02 vagas, sendo 01 Analista e 01 Técnico;
  • TRE-MT: 01 vaga de Analista;
  • TRE-MS: 06 vagas, sendo 01 Analista e 05 Técnicos;
  • TRE-MG: 13 vagas, sendo 04 Analistas e 09 Técnicos;
  • TRE-PA: 04 vagas, sendo 02 Analistas e 02 Técnicos (edital divulgado em 2019);
  • TRE-PB: 04 vagas, sendo 02 Analistas e 02 Técnicos;
  • TRE-PR: 36 vagas, sendo 10 Analistas e 26 Técnicos;
  • TRE-PE: 06 vagas, sendo 02 Analistas e 04 Técnicos;
  • TRE-PI: 04 vagas, sendo 04 Técnicos;
  • TRE-RJ: 27 vagas, sendo 12 de Analistas e 15 Técnicos;
  • TRE-RN: 04 vagas, sendo 01 Analista e 03 Técnicos;
  • TRE-RS: 05 vagas, sendo 02 Analistas e 03 Técnicos;
  • TRE-RO: 04 vagas, sendo 02 Analistas e 02 Técnicos;
  • TRE-SC: 02 vagas, sendo 01 Analista e 01 Técnico;
  • TRE-SP: 33 vagas, sendo 15 Analistas e 18 Técnicos;
  • TRE-SE: 02 vagas, sendo 01 Analista e 01 Técnico;
  • TRE-TO: 08 vagas, sendo 04 Analistas e 04 Técnicos;
  • TRE-RR: 02 vaga para Técnico;
  • TRE-AP: sem vagas para provimento

Os cargos que estão vagos, cujo provimento foi autorizado em dezembro, correspondem aos mesmos considerados na composição do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA).

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.