Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso SEDF Professor Temporário: convocação de 4 mil professores sai a partir do dia 28

Instituto QUADRIX organiza o certame

A Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (Concurso SEDF Professor Temporário) divulgou o resultado final das provas do processo seletivo que prevê o preenchimento de vagas no cargo de Professor Substituto Temporário. De acordo com o edital, os aprovados vão integrar o banco de reserva do órgão no ano de 2019. O Instituto Quadrix tem a responsabilidade do certame.

Segundo informações do governo do DF, as convocações dos aprovados vão iniciar a partir do dia 28 de janeiro de 2019. Segundo informações da pasta, serão chamados cerca de 4 mil profissionais, distribuídos por todas as regionais de ensino. Neste primeiro momento, a convocação será para preenchimento de diretores, vice-diretores e coordenadores das escolas da rede pública do DF.

“Vamos deixar as escolas ainda mais preparadas para que os educadores consigam fazer um trabalho melhor”, disse o secretário de Educação, Rafael Parente.

Além disso, o secretário disse que pretende realizar o chamamento de mais professores. “Ampliar o quadro de servidores e proporcionar um trabalho com mais qualidade para a população”, afirmou. A contratação desses profissionais será para os anos de 2019 e 2020. A Secretaria orienta que os candidatos aprovados na seleção acompanhem as convocações em seu site ou no Diário Oficial local.

Sobre o certame

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado

O exercício da docência será exclusivamente nas unidades escolares da Rede Pública do Distrito Federal, suas conveniadas e/ou unidades parceiras. Os turnos de trabalho a que se refere este edital serão Diurno e Noturno, sendo que no Diurno o candidato poderá atuar no turno matutino e/ou no turno vespertino, conforme requisitos da carência.

Resultado final do Concurso SEDF 2018 – Clique aqui

Os locais para atuação do professor substituto serão agrupados por Bancos vinculados às seguintes Coordenações Regionais de Ensino – CREs: Brazlândia; Ceilândia; Gama; Guará; Núcleo Bandeirante; Paranoá; Planaltina; Plano Piloto; Recanto das Emas; Samambaia; Santa Maria; São Sebastião; Sobradinho; e Taguatinga.

As vagas do concurso de Professor da Secretaria de Educação do Distrito Federal são destinadas as áreas de Administração; Arte; Atividades; Biologia; Biomedicina; Ciências Naturais; Contabilidade; Direito; Educação Física;  Eletrônica; Eletrotécnica; Enfermagem; Farmácia; Filosofia;  Física; Fisioterapia; Geografia; História; Informática; Lem/Espanhol; Lem/Francês;  Lem/Inglês; Lem/Japonês;  Letras Libras; Língua Portuguesa; Matemática;  Música (Comum a todos os componentes curriculares);  Nutrição; Odontologia; Psicologia; Química;  Sociologia; e Telecomunicações.

O Professor deverá realizar atividades de regência de classe nas modalidades, etapas e atendimentos, de acordo com habilitação específica e executar outras atividades de interesse da área.

Prepare-se: Apostila Concurso SEDF 2018 – Professor

Sobre o cargo do Concurso SEDF Professor Temporário

Salários

A remuneração do Professor Substituto é fixada em razão da hora-aula de efetivo trabalho, tendo como referência os vencimentos básicos correspondentes aos padrões iniciais da Carreira Magistério Público do Distrito Federal. Para Professor de Educação Básica – 20 horas o salário será de R$ 1.929,43, enquanto para Professor de Educação Básica – 40 horas a remuneração será de R$ 3.858,87.

Além disso, serão podem ser adicionadas gratificações elencadas abaixo:

a) Gratificação de Atividade Pedagógica – GAPED (R$ 578,83 – 20h / R$ 1.157,66 – 40h);

b) Gratificação de Atividade de Alfabetização – GAA;

c) Gratificação de Atividade de Ensino Especial – GAEE;

d) Gratificação de Atividade em Zona Rural – GAZR;

e) Gratificação de Atividade de Docência em Estabelecimento de Ensino Diferenciado – GADEED; e

f) Gratificação de Atividade de Docência em Estabelecimento de Restrição e Privação de Liberdade – GADERL

Jornada de Trabalho

A jornada de trabalho no turno diurno será de, no máximo, 8 (oito) horas diárias e 40 (quarenta) horas semanais, proporcional a carência bloqueada já incluído as atividades de coordenação pedagógica, nos termos da legislação vigente.

A jornada de trabalho no turno noturno será de, no máximo, 4 (quatro) horas diárias e 20 (vinte) horas semanais, proporcional a carência bloqueada já incluído as atividades de coordenação pedagógica, nos termos da legislação vigente.

Inscrição Concurso SEDF Professor Temporário

As inscrições do concurso foram realizadas entre 10 horas do dia 14 de setembro e 23 horas e 59 minutos do dia 04 de outubro de 2018, no site oficial da organizadora do concurso (http://www.quadrix.org.br). A taxa de inscrição custou:

a) Professor Substituto – Turno Diurno (até 40h): R$ 60,00 (sessenta reais); e

b) Professor Substituto – Turno Noturno (até 20h): R$ 30,00 (trinta reais).

Etapas e Provas do Concurso SEDF Professor Temporário

O concurso de Professor Temporário da Secretaria de Educação/DF compreenderá a aplicação das seguintes fases:

a) prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório; e

b) perícia médica, de caráter eliminatório, para o candidato que se declarar com deficiência.

As fases do Processo Seletivo Simplificado serão realizadas no Distrito Federal.

Prova objetiva

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será composta de 100 (cem) itens, valerá 100,00 (cem) pontos e avaliará as habilidades e os conhecimentos do candidato.

A avaliação, aplicada no turno da tarde do dia 14 de outubro, contou com questões de Conhecimentos Básicos (30), Conhecimentos Complementares (30) e Conhecimentos Específicos (40). Os gabaritos preliminares estão previstos para serem liberados no mesmo dia, a partir das 22 horas.

Os locais e os horários de realização das provas objetivas serão divulgados na internet, no endereço eletrônico da organizadora, a partir do dia 10 de outubro.

Cada área de conhecimento será constituída de itens para julgamento, agrupados por comandos que deverão ser respeitados. O julgamento de cada item será CERTO ou ERRADO, de acordo com o(s) comando(s) a que se refere o item. Haverá, no cartão-resposta, para cada item, dois campos de marcação: o campo designado com a letra C, que deverá ser preenchido pelo candidato caso julgue o item CERTO, e o campo designado com a letra E, que deverá ser preenchido pelo candidato caso julgue o item ERRADO.

O resultado preliminar da prova objetiva do concurso está previsto para ser divulgado no dia 06 de novembro de 2018, enquanto o resultado final da avaliação será divulgado no dia 12 de novembro de 2018. O resultado final do certame será divulgado no dia 29 de novembro.

Conteúdo Programático – Comum a todos os cargos

Língua Portuguesa: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Domínio da ortografia oficial. 3 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 4 Domínio da estrutura morfossintática do período. 4.1 Emprego das classes de palavras. 4.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 4.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 4.4 Emprego dos sinais de pontuação. 4.5 Concordância verbal e nominal. 4.6 Regência verbal e nominal. 4.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 4.8 Colocação dos pronomes átonos. 5 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 5.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 5.2 Emprego de tempos e modos verbais. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Aspectos gerais da redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.

Legislação: 1 Lei Orgânica do Distrito Federal: 1.1 Título I – Dos Fundamentos da Organização dos Poderes e do Distrito Federal. 1.2 Título II – Da Organização do Distrito Federal. 1.3 Título III – Da Organização dos Poderes. 1.4 Título VI – Da Ordem Social e do meio ambiente. 2 Lei Complementar Distrital nº 840/2011: 2.1 Título V – Dos Deveres. 2.2 Título VI – Do Regime Disciplinar. 2.3 Título VII – Dos Processos de Apuração de Infração Disciplinar. 3 Lei nº 8.069/1990 (dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências): 3.1 Título II – Dos Direitos Fundamentais: Capítulo I – Do Direito à Vida e à Saúde. Capítulo II – Do Direito à Liberdade, ao Respeito e à Dignidade. Capítulo III – Do Direito à Convivência Familiar e Comunitária. Capítulo IV – Do Direito à Educação, à Cultura, ao Esporte e ao Lazer. 3.2 Título IV – Das Medidas Pertinentes aos Pais ou Responsável. 3.3 Título V – Do Conselho Tutelar. Capítulo I – Disposições Gerais. Capítulo II – Das Atribuições do Conselho. Capítulo III – Da Competência. Capítulo IV – Da Escolha dos Conselheiros. Capítulo V – Dos Impedimentos.

Atualidades: Realidade étnica, social, histórica, geográfica, cultural, política e econômica do Distrito Federal e da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno – RIDE.

Conhecimentos Complementares (comum para todos os componentes curriculares).

BASES LEGAIS E TEMAS DA EDUCAÇÃO NACIONAL E DISTRITAL: 1 Constituição Federal, Capítulo III Da Educação, da Cultura e do Desporto, Seção I Da Educação. 2 Lei nº 9.394/1996 (Lei Diretrizes e Bases da Educação Nacional). 3 Resolução nº 01/2012- CEDF (alterada em seus dispositivos pela Resolução nº 01/2014-CEDF e pela Resolução nº 02/2016-CEDF). 4 Regimento Escolar da Rede Pública de Ensino do Distrito Federal. 5 Políticas Públicas para a Educação Básica. 6 Gestão Democrática. 7 Plano Nacional de Educação (PNE 2014-2024). 8 Plano Distrital de Educação (PDE 2015- 2024). 9 Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica. 10 Currículo em Movimento da Educação Básica – Pressupostos Teóricos. 11 Diretrizes de avaliação educacional: aprendizagem, institucional e em larga escala.

TEMAS EDUCACIONAIS E PEDAGÓGICOS: 1 Planejamento e organização do trabalho pedagógico. 1.1 Processo de planejamento: concepção, importância, dimensões e níveis. 1.2 Planejamento participativo: concepção, construção, acompanhamento e avaliação. 1.3 Planejamento escolar: planos da escola, do ensino e da aula. 2 Currículo: do proposto à prática. 3 Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação. 4 Educação a Distância. 5 Educação para a Diversidade, Cidadania e Educação em e para os Direitos Humanos. 6. Educação de Jovens e Adultos.7 Educação Integral. 8 Educação do Campo. 9 Educação Ambiental. 10 Fundamentos legais da Educação Especial/Inclusiva e o Papel do Professor. 11 Educação/sociedade e prática escolar. 12 Tendências pedagógicas na prática escolar. 13 Didática e prática histórico-cultural. 14 A didática na formação do professor. 15 Aspectos pedagógicos e sociais da prática educativa, segundo as tendências pedagógicas. 16 Coordenação Pedagógica. 16.1 Coordenação Pedagógica como espaço de formação continuada. 17 Processo ensino-aprendizagem. 18 Relação professor/aluno. 19 Compromisso social e ético do professor. 20 Componentes do processo de ensino: objetivos; conteúdos; métodos; estratégias pedagógicas e meios. 21 Interdisciplinaridade e transdisciplinaridade do conhecimento. 22 Avaliação escolar e suas implicações pedagógicas. 23 O papel político pedagógico e organicidade do ensinar, aprender e pesquisar. 23.1 Função histórico-cultural da escola. 23.2 Escola: comunidade escolar e contextos institucional e sociocultural. 24 Projeto político-pedagógico da escola: concepção, princípios e eixos norteadores. 25 Pedagogia histórico-crítica. 26 Defasagem escolar.

Haverá ainda, para cada cargo, Conhecimentos Específicos inerentes a cada cargo.

Sobre o órgão

A Secretaria tem missão de proporcionar uma educação pública, gratuita e democrática, voltada à formação integral do ser humano para que possa atuar como agente de construção científica, cultural e política da sociedade, assegurando a universalização do acesso à escola e da permanência com êxito no decorrer do percurso escolar de todos os estudantes.

  • Concurso: Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF 2018)
  • Banca organizadora: Instituto QUADRIX
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: CR
  • Remuneração: até R$ 5.015,87
  • Inscrições: entre 10 horas do dia 14 de setembro e 23 horas e 59 minutos do dia 04 de outubro de 2018
  • Taxa de Inscrição: R$60,00 (40 horas) e R$30,00 (20 horas).
  • Provas: 14 de outubro
  • Situação: EDITAL PUBLICADO

Edital Concurso SEDF 2018 – Professor Temporário – Página 29

Retificação do Edital Concurso SEDF 2018 – Clique aqui

[PRÉ VENDA] (Apostila Digital) SEE-DF 2018 - Professor Substituto (Comum a Todos)
[PRÉ VENDA] Apostila SEE-DF 2018 - Professor Substituto (Comum a Todos) [CD Grátis]

Leia Também:

brasil 123  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?