Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso SEFAZ PR: nova comissão para o cargo de auditor fiscal formada

A Secretaria de Estado da Fazenda do Paraná tem expectativa de abrir um novo edital de concurso público (Concurso SEFAZ PR) em breve.

A Secretaria de Estado da Fazenda do Paraná tem expectativa de abrir um novo edital de concurso público (Concurso SEFAZ PR) em breve.

A pasta formalizou  mais uma comissão organizadora para o próximo certame. Após designar a equipe que ficará responsável pelo cargo de agente fazendário, a Secretaria formou uma comissão para o cargo de auditor fiscal.

O grupo de trabalho formado tem missão de dar o andamento aos trabalhos já realizados pela equipe anterior, que foi nomeada em 2019.

Segundo o texto, a comissão terá missão de realizar o estudo da necessidade de pessoal, número de vagas a ser oferecido, incluindo as áreas de especialização que demandam maior quantidade de auditores fiscais, além da escolha da banca organizadora.

O regulamento do concurso deverá constar com duas provas distintas, sendo uma delas específica para a área de Tecnologia da Informação. O certame vai contar com inscrição preliminar; prova objetiva; prova subjetiva; inscrição definitiva; e prova de títulos.

De acordo com o documento, o grupo de trabalho formado terá 90 dias contínuos para a elaboração do termo de referência e regulamento.

A expectativa é que o próximo edital seja divulgado com vagas para os cargos de auditor fiscal e agente fazendário, ambos os cargos de nível superior. Os salários podem passar de R$11.046,64.

Para o próximo concurso, uma alteração importante deve acontecer: a redução no número de etapas do concurso para o cargo de auditor fiscal. De acordo com alterações na Lei Complementar n.° 131, de 2010, editadas em dezembro de 2020, o concurso SEFAZ-PR contará com apenas duas etapas e não mais três como antes. Agora, pela nova regra, a seleção deverá contar com provas de conhecimentos e de títulos. Ou seja, o curso de formação não será mais necessário.

Enquanto o edital não é publicado, o número de vagas no órgão só aumenta. Dessa forma, o novo edital pode trazer uma quantidade expressiva de vagas.

De acordo com informações do órgão ao site Folha Dirigida, mais de 100 cargos estão vagos no cargo de Agente Fazendário, de nível superior. Segundo informações da Ouvidoria, o cargo de agente conta com 377 cargos na classe C, 445 na classe B e 193 na classe A.

“Ocorre que os cargos de agente fazendário C e B foram declarados extintos ao vagar, conforme o disposto no art. 10 da Lei nº 20199/2020”, disse a pasta.

Sendo assim, somente a classe A pode ser considerada na conta. De acordo com informações da pasta, somente 75 cargos estão ocupados neste nível da carreira. Dessa forma, restam 118 cargos vagos na carreira.

Além do cargo de Agente Fazendário, a Secretaria conta com postos vagos na carreira de auditor fiscal, também de nível superior. Para este cargo, no entanto, há 720 cargos vagos.

Cargos de Auditor Fiscal

A expectativa é que a nova seleção ofereça vagas para o carreira de Auditor-Fiscal. O Auditor-Fiscal conta com um salário inicial bruto de R$ 20.881,85. Além disso, os profissionais contam com salário – família, auxilio – doença, auxílio – moradia, prêmio de produtividade e outros.

Os profissionais da carreira deverão planejar e coordenar a execução das atividades de fiscalização; Efetuar a previsão da arrecadação dos tributos estaduais, analisar o seu desempenho, proceder ao controle e promover a cobrança administrativa dos débitos tributários; realizar diligências e plantões fiscais em estabelecimentos de contribuintes e em outros locais onde se efetuem operações ou prestações sujeitas aos tributos estaduais; entre outras tarefas.

Último edital SEFAZ-PR foi divulgado em 2012

O último edital da SEFAZ-PR foi divulgado em 2012, quando contou com 100 vagas para o cargo de Auditor-Fiscal. Na época, sob organização da Coordenadoria de Processos Seletivos da Universidade Estadual de Londrina (Cops/UEL), foi necessário apresentar nível superior completo, em qualquer área, para concorrer a uma das vagas. O salário, em 2012, chegava a R$11.046,64, para uma jornada de 40 horas. A taxa de inscrição custou R$150.

O concurso contou com provas objetivas e de títulos, que foram aplicadas em Curitiba, Cascavel, Londrina e Maringá. O exame objetivo foi dividido em dois, sendo uma com 70 e outra com 90 questões, conforme disposto abaixo:

1° Etapa
Tecnologia da Informação – 50 questões

  • 40 questões de Língua Portuguesa
  • 10 questões de Língua Inglesa

Conhecimentos Gerais – 20 questões

  • 8 questões de Língua Portuguesa
  • 12 questões abrangendo Matemática, Estatística e Lógica

A segunda prova contou com 40 questões, abrangendo perguntas de Direito Constitucional, Tributário, Administrativo, Privado, Penal e Legislação Tributária do Estado do Paraná. Além disso, foram 50 questões de Contabilidade e Auditoria.

Para ser aprovado, foi necessário apresentar um número de acertos igual ou superior a 50% do total das questões das provas e obter, no mínimo, 30% de acertos das perguntas de cada área de conhecimento.

Informações do concurso
  • Concurso: Secretaria de Estado da Fazenda do Paraná
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: a definir
  • Remuneração: a definir
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO
  • Link do último edital.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.