Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso MPDFT 2021: Saiu o edital para promotor com salário de R$32 mil

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios faz saber aos interessados a abertura de novo edital de concurso público (Concurso MPDFT 2021). De acordo com o documento publicado, as chances foram abertas para Promotor de Justiça Adjunto, com salários de até R$ 32 mil.

As oportunidades oferecidas são em cadastro reserva, ou seja, os aprovados serão contratados conforme necessidade do órgão, obedecendo a disponibilidade orçamentária. Há reserva de vagas para pessoas com deficiência e negros. Atualmente, são 34 vagos na carreira, conforme aponta o Portal da Transparência do MPDFT.

Para concorrer a uma das vagas, o candidato deverá ter Bacharelado em Direito e, no mínimo, três anos de atividade jurídica. O salário inicial é de R$32.004,65.

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever no período compreendido entre 31 de março e 29 de abril, por meio do site do MPDFT. A taxa de inscrição custa R$ 290,00. O pagamento poderá ser realizado até o último dia da inscrição, ou seja, 29/04.

Etapas

O concurso MPDFT 2021 vai contar com:

  • Prova objetiva;
  • Prova discursiva;
  • Inscrição definitiva;
  • Exames de higidez física e mental;
  • Sindicância sobre a vida pregressa do candidato.
  • Prova oral, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Avaliação de títulos, de caráter classificatório.

Provas objetivas e discursivas

As provas objetivas, discursivas e orais vão contar contarão com questões subdivididas em três grupos, conforme disposto a seguir:

Grupo I: Direito Penal e Direito Processual Penal;
Grupo II: Direito Civil e Direito Processual Civil;
Grupo III: Direito Constitucional e Direito Administrativo.

As provas objetivas serão aplicadas no dia 04 de julho de 2021. O exame vai contar com 100 questões (de múltipla escolha ou do tipo certo ou errado), sendo 40 do Grupo I, 30 do Grupo II e 30 do Grupo III.

Para ser considerado habilitado quem obtiver o mínimo de 30% de acerto das questões em cada grupo e média final de 60%.

A segunda etapa do concurso vai contar com 3 provas discursivas, previstas para o período de 10 a 12 de setembro. Será permitida consulta à legislação, desde que desacompanhada de anotação ou comentário, vedada a consulta a obras doutrinárias, súmulas e orientação jurisprudencial.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.