Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso IDAF ES 2021: Edital está previsto para sair em setembro

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo vai abrir um novo edital de concurso (Concurso IDAF ES 2021) para o preenchimento de vagas no órgão.

A publicação do edital de concurso IDAF-ES está prevista para ser publicada no mês de setembro, de acordo com o Governo do Estado. A seleção será aberto para médicos-veterinários. A banca já foi definida.

o Instituto de Desenvolvimento e Capacitação (IDCAP) terá a missão de organizar o certame. O contrato entre as partes ainda precisa ser assinado.

O concurso

O concurso público do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo será aberto para o preenchimento de 15 vagas no cargo de Agente em Desenvolvimento Agropecuário. As oportunidades serão oferecidas para quem conta com formação em Medicina Veterinária.

Além das vagas imediatas, o concurso vai formar cadastro reserva para ser preenchido durante a validade do certame.

O salário inicial do cargo será de R$5.416,56, mais auxílio-alimentação de R$300,00, totalizando uma remuneração de R$5.716,56.

O diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada, falou sobre a importância do novo concurso e diz que sua realização é fundamental para a recomposição dos profissionais da área e no andamento das atividades de inspeção e saúde animal.

“A contratação de médicos-veterinários para suprir a demanda da defesa agropecuária é necessária. Por isso, levei a proposta de realização do concurso até o governador Renato Casagrande, que aprovou. Com a contratação de mais servidores, vamos ganhar um reforço na equipe, garantindo a saúde dos animais de produção e as exigências higiênico-sanitárias, legalmente exigidas dos alimentos de origem animal que chegam a nossa mesa”, disse Louzada.

Comissão formada

O novo edital já está autorizado e já tem comissão organizadora definida.

O grupo de trabalho do órgão foi definido por meio de publicação no Diário Oficial do Estado, edição do dia 26 de março. O diretor presidente, Mário Louzada, confirma o aval para o novo concurso de efetivos. Veja a comissão formada:

Coordenadora

  • Grazieli Galvani Mariano Cardozo

Membros

  • Alan Paulo Moreira Teixeira
  • Josicleia Stelzer Zanelato
  • Josimaire Loss Souza Fernandes
  • Rafael Fernandes Ferreira
  • Sara Souza de Oliveira

Outros membros

  • Alequisandra Carla de Sa – Representante da Seger
  • Schirley Holz – Representante do SindiPúblicos

De acordo com informações da portaria, na ausência ou impedimento da atuação da coordenadora, fica designada a servidora Josimaire Loss Souza Fernandes para exercer a função de coordenadora substituta da referida comissão. O grupo de trabalho terá missão de coordenar as ações administrativas necessárias à realização do concurso público no âmbito do Instituto.

Ademais, a portaria já está em vigor e a comissão já pode iniciar os trabalhos. O grupo ficará ativo até a homologação do resultado do concurso público.

Último edital foi aberto em 2010

O último edital doo concurso IDAF-ES foi divulgado em 2010, quando foi organizado pela Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt – FUNCAB. As vagas foram destinadas aos cargos de níveis médio, médio/técnico e superior, em diversas carreiras.

O concurso IDAF-ES contou para os seguintes cargos:

  • Advogado
  • Administrador
  • Analista de sistemas de informações geográficas
  • Analista de sistemas
  • Analista em tecnologia da informação
  • Assistente Social
  • Arquivologista
  • Economista
  • Jornalista
  • Publicidade e Propaganda
  • Pedagogo
  • Psicólogo
  • Engenheiro Agrônomo
  • Engenheiro Cartógrafo/Agrimensor
  • Engenheiro Civil
  • Contador
  • Engenheiro de Alimentos
  • Engenheiro Florestal
  • Engenheiro Químico
  • Geógrafo
  • Médico Veterinário
  • Tecnólogo em Saneamento Ambiental
  • Técnico em Agropecuária
  • Técnico em Cartografia Geodésica
  • Técnico em Laboratório
  • Topógrafo

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetiva e discursiva, com caráter eliminatório e classificatório. Para concorrer, era preciso ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.