Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso ICMBIO 2021: órgão envia convite para seis bancas organizadoras

De acordo com o documento, serão preenchidas 171 vagas em cargos dos níveis médio e superior, nos cargos de técnico e analista ambiental, respectivamente.

O Instituto de Conservação do Meio Ambiente (ICMBio) teve o seu edital de concurso público 2021/2022 autorizado no dia 06 de setembro. Agora, o órgão trabalha para escolher uma empresa para organizar o certame.

Foram, ao todo, seis bancas organizadoras convidadas a apresentarem suas propostas para organização da seleção. Veja a lista:

  • Cebraspe;
  • Fundação Cesgranrio;
  • Fundação Carlos Chagas (FCC);
  • Fundação Getulio Vargas (FGV);
  • Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades);
  • Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

De acordo com o documento de autorização, serão preenchidas 171 vagas em cargos dos níveis médio e superior, nos cargos de técnico e analista ambiental, respectivamente.

De acordo com a portaria autorizativa, os aprovados serão contratados sob regime estatutário, que assegura a estabilidade empregatícia. Os ganhos podem chegar a R$9.389,84.

Agora, com a publicação do documento de autorização, uma comissão responsável pelo concurso será formada para condução de cada etapa até a homologação. O edital deverá ser publicado em até seis meses, ou seja, até 6 de março de 2022. As provas devem acontecer em até quatro meses após a publicação do edital, podendo ser encurtado para dois meses, conforme vem acontecendo nos últimos editais federais (PRF e PF).

CARGO  ESCOLARIDADE   REMUNERAÇÃO   VAGAS 
Técnico ambiental Nível médio  R$4.408,94 110
Analista ambiental Nível superior  R$9.389,84 61

 

Mourão já havia confirmado os editais

Os editais de concursos públicos do Ibama e ICMBio já estavam confirmados pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão. O anúncio foi feito no fim de agosto, durante a 6ª reunião do Conselho Nacional da Amazônia Legal.

De acordo com Mourão, foram quase 740 vagas para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

“Agora mesmo, está sendo aberto um concurso para o Ibama e o ICMBio, que vai contratar mais 740 profissionais. Então isso já é uma medida clara do governo do presidente Bolsonaro no sentido de aumentar a força de trabalho e a capacidade operacional das agências”, disse Mourão.

Último concurso Icmbio

O último Concurso ICMBIO foi realizado em 2014. Na oportunidade, o certame contou com 54.172 inscritos entre analista e técnico. Das 271 vagas, 20 foram para analista administrativo (todas para a sede, em Brasília) e 30 para analista ambiental (Mato Grosso e Pará). Já para os candidatos de nível médio, foram 168 vagas para técnico administrativo e 53 de técnico ambiental, com oportunidades para Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Paraná, Pernambuco e Mato Grosso, entre outros estados. Veja:

  • Analista Administrativo: 20 vagas no DF
  • Analista Ambiental: 30 vagas no MT e PA
  • Técnico Administrativo: 168 vagas no AM, BA, DF, GO, MT, PA, PB, PI, PR, RJ, SC E SP
  • Técnico Ambiental: 53 vagas no AM, DF, ES, GO, MA, PA, PB, PE, PR, SP.

Veja o que foi cobrado na prova objetiva:

Conhecimentos Básicos

Total de 50 questões de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Atualidades, Legislação e Ética no Serviço Público.

Conhecimentos Específicos

Total de 70 questões de temas relativos a cada cargo:

  • Técnico Administrativo:
    • Noções de Administração
  • Analista Administrativo:
    • Administração geral
    • Administração Financeira e Orçamentária e Orçamento Público
    • Administração de Recursos Materiais
  • Analista Ambiental:
    • Ecologia, conservação e manejo da biodiversidade
    • Biodiversidade, zoologia, botânica e história natural
    • Recursos florestais
    • Proteção, controle e monitoramento ambiental
    • Planejamento e gestão de UC
    • Aspectos históricos e sociais da ocupação humana na região do complexo Tapajós
    • Povos e comunidades tradicionais e a conservação da Biodiversidade.

Sobre

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade é uma autarquia em regime especial. Criado dia 28 de agosto de 2007, pela Lei 11.516, o ICMBio é vinculado ao Ministério do Meio Ambiente e integra o Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama).

Cabe ao Instituto executar as ações do Sistema Nacional de Unidades de Conservação, podendo propor, implantar, gerir, proteger, fiscalizar e monitorar as UCs instituídas pela União.

Cabe a ele ainda fomentar e executar programas de pesquisa, proteção, preservação e conservação da biodiversidade e exercer o poder de polícia ambiental para a proteção das Unidades de Conservação federais.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
1 comentário
  1. Antonio galindo Diz

    Antonio Galindo sou graduado em Superior técnico Ambiental pela Universidade Pitágoras Unopar estado do paraná(UNEP) atuação na aria de limpeza urbana desde 2009. conhecimento em urbanismo na gestão de cidades.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.