Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Concurso CREA TO 2019 define Instituto Quadrix como banca! Até R$3.596,89

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Tocantins vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso Crea TO 2019). O edital, previsto para ser divulgado no segundo semestre, já conta com banca organizadora definida. O Instituto QUADRIX foi a escolhida para publicar o edital, receber as inscrições e realizar as principais etapas do certame (prova objetiva, publicar resultados), entre outros.

Na seção de “próximos concursos” no site da do Instituto, o concurso do CREA-TO já tem um espaço para publicações do certame. Os salários oferecidos vão variar entre R$1.003,71 e R$3.596,89.

O edital do concurso CREA-TO 2019 deverá contar com uma oferta de 30 a 40 vagas, considerando que a instituição conta com 40 pessoas contratadas temporariamente, sem concurso. No entanto, o quantitativo oficial de vagas deve ser oficializado em breve, bem como os cargos e a distribuição das vagas.

A comissão do concurso é composta por três membros: Carlos Benedito Adorno (presidente), Michael Francis Rocha (vice-presidente) e Virgínia Borges de Oliveira (secretária). O grupo de trabalho trabalhará nos seguintes pontos do concurso:

  • Descrição dos cargos e referências salariais do concurso;
  • Etapas do concurso;
  • Etapas eliminatórias e classificatórias;
  • Tipos de prova e avaliações;
  • Cronograma de execução do certame.

Último Concurso CREA TO

O último concurso do CREA foi divulgado em 2012, quando contou com 19 vagas imediatas em diversos cargos. Além disso, foram oferecidas 123 vagas em cadastro reserva.

Na ocasião, sob organização da MS Concursos, foram oferecidas oportunidades para os cargos de administrador, analista jurídico, agente administrativo, agente de fiscalização, agente de portaria, analista de sistemas, auxiliar administrativo, auxiliar de manutenção, auxiliar de serviços gerais, contador, motorista, profissional do sistema Crea/Confea, técnico de informática e telefonista.

Naquela ocasião, o certame teve taxa variando de R$ 45,00 a R$ 75,00. Os inscritos foram avaliados por uma prova objetiva, com questões de Língua Portuguesa, Informática, Conhecimentos Gerais, Conhecimentos Específicos, Matemática e/ou Legislação. Para alguns cargos, houve redação.

Sobre o órgão

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Tocantins – Crea-TO, é uma autarquia federal de fiscalização do exercício das profissões de Engenheiros, Agrônomos, Geólogos, Geógrafos, Meteorologistas, Tecnólogos e Técnicos de Segundo Grau das modalidades mencionadas, dotada de personalidade jurídica de direito público, com sede e foro na cidade de Palmas e jurisdição em todo o Estado defendendo a sociedade no que diz respeito à qualidade, ética e, principalmente, coibindo a prática do exercício ilegal dessas profissões.

O Crea-TO exerce o papel institucional de primeira e segunda instância, orienta e fiscaliza o exercício profissional, verificando e valorizando o exercício legal e ético das profissões do Sistema Confea/Crea.

PRINCIPAIS ATIVIDADES

Autorização para exercício profissional – Todos os profissionais e empresas da área de Engenharia e agronomia devem obter o número do seu registro no Crea para que possam exercer suas atividades. O registro pode ser:

Provisório – Concedido mediante apresentação de comprovante de conclusão de curso até que o diploma seja confeccionado.

Definitivo – Concedido pelo Crea mediante apresentação do diploma de curso correspondente.

Os profissionais e empresas registrados em outros estados, que desejam prestar serviços profissionais temporária ou permanentemente, devem procurar o Crea para obter um visto provisório ou definido.

Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) – A Lei 6.496 de 7/12/77 determina que qualquer profissional ou empresa deve registrar a Anotação de Responsabilidade Técnica – ART – no Crea, de qualquer obra ou serviço a ser realizado. Esse registro assegura a existência de um profissional habilitado responsável da obra/ serviço e serve como prova civil, criminal e ética. A falta deste documento pode acarretar multas.

Fiscalização – O Crea tem poder de fiscalizar obras e serviços para verificar se estão sendo realizadas dentro das normas legais no que se refere às responsabilidades profissionais. Para atestar a legalidade basta que o proprietário ou responsável da obra apresente cópia da ART registrada no Crea.

Acervo Técnico – Todos os registros de ART feitos no Crea são arquivados e passam a constituir o acervo técnico do profissional que pode ser requerido a qualquer momento. As certidões de acervo técnico expedidas pelo Crea são reconhecidas como instrumento legal para comprovação de exercício profissional em ocorrências pública.

Outras ações – O Crea tem ampliado suas formas de participação no desenvolvimento social, realizando uma série de ações junto aos profissionais, à comunidade e ao Poder Público que resultem em benefícios com a disseminação dos conhecimentos de Engenharia e Agronomia para a população de baixa renda; a moralização dos contratos de obras e serviços públicos e a melhoria da qualificação por meio de cursos, palestras e orientação profissional.

Informações do concurso
  • Concurso: Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Tocantins
  • Banca organizadora: Instituto Quadrix
  • Escolaridade: a definir
  • Número de vagas: a definir
  • Remuneração: até R$3.596,89
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.