Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Concurso ANTT 2022: Edital é solicitado com 362 vagas

A Agência Nacional de Transportes Terrestres solicitou a abertura de novo edital de concurso ao Ministério da Economia, pasta responsável pela autorizações de concursos no âmbito federal.

A expectativa pela abertura de um novo concurso público da Agência Nacional de Transportes Terrestres (Concurso ANTT 2022) é grande. Um novo pedido de concurso foi feito ao Ministério da Economia com 362 vagas.

Os pedidos de concurso devem ser realizados até o dia 31 de maio, prazo limite estabelecido pelo Governo Federal. Caso seja autorizado, o edital vai contar com vagas de níveis médio e superior. Os salários podem chegar a R$15.516,12. 

O concurso ANTT 2022 foi solicitado com vagas para os cargos de Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres (68 vagas), Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres (226 vagas), Analista Administrativo (30 vagas) e Técnico Administrativo (38 vagas).

Os cargos de técnico têm requisito de nível médio completo, enquanto os cargos de analista e especialista têm requisito de nível superior. Os salários chegam a até R$15,5 mil, já considerando o auxílio alimentação de R$458,00. Veja os valores:

  • R$7.474,67 para técnico administrativo;
  • R$7.846,37 para técnico em regulação;
  • R$14.265,57 para especialista em regulação;
  • R$15.516,12 para analista administrativo.

A ANTT tem sede em Brasília (DF). No entanto, há possibilidade de lotação de vagas nas unidades regionais no Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Ceará, Maranhão, Bahia, Pernambuco e Santa Catarina.

“Pedidos foram feitos nos anos de 2014, 2015, 2016, 2017, 2018, 2019, 2020 e 2021. No entanto, dadas as diretrizes governamentais e a situação fiscal do país, não se teve retorno positivo para realização de certame para provimento de vagas na Agência”, explicou a ANTT.

Déficit é de 773 cargos

O concurso ANTT é urgente, considerando a grande necessidade de servidores na Agência, que está sem um novo edital há anos, o número de servidores ativos está em queda.

Atualmente, o déficit de servidores é de 45,33%, contabilizando 773 vagas não providas em relação às 1.705 previstas na Lei nº 10.871/2004, que criou a carreira da ANTT. Sendo assim, apenas 932 cargos estão ocupados, representando 54,66% do quadro de pessoal.

“O intuito da realização de novo concurso público e consequente provimento dos cargos é o de melhorar o desempenho no exercício de sua missão, em especial com relação às atividades desenvolvidas pela ANTT, quanto aos serviços essencialmente públicos, sendo a estes atribuído o princípio da continuidade, da efetividade, bem como a gestão eficiente dos recursos da sociedade, além de garantir o atingimento dos objetivos propostos pelos programas instituídos pelo governo federal, aderentes à função da Agência”, explica a ANTT.

Veja o quadro de cargos da ANTT:

CARGOPREVISTO NA Lei nº 10.871/04VAGAS OCUPADAS

(Março/2022)

VAGAS NÃO PROVIDAS

(considerando o previsto em lei)

Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres590264326
Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres860517343
Analista Administrativo1055847
Técnico Administrativo1509357
TOTAL1705932773

O Concurso ANTT 2022

O Analista Administrativo requer diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior nas áreas de  administração, biblioteconomia, ciência política, ciências contábeis, comunicação social, direito, tecnologia da informação – desenvolvimento de sistemas da informação e de tecnologia da informação – infraestrutura de TI para concorrer as funções de analista. Porém, é possível que as especialidades seja revistas e alteradas. O cargo tem missão de nível superior voltadas para o exercício de atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

Já o cargo de Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres requer diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior nas áreas de ciências contábeis, direito, economia, engenharia ambiental e engenharia florestal, engenharia civil, engenharia civil/engenharia de produção e de estatística para concorrer as funções de analista. Porém, é possível que as especialidades seja revistas e alteradas. O cargo de nível superior tem como atribuições voltadas às atividades especializadas de regulação, inspeção, fiscalização e controle da prestação de serviços públicos de transportes terrestres, inclusive infraestrutura, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades.

O cargo de Técnico Administrativo deverá ter certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. O cargo tem atribuições de nível intermediário, voltadas para o exercício de atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

Por fim, o cargo de Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres requer certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. A função tem atribuições voltadas ao suporte e ao apoio técnico especializado às atividades de regulação, inspeção, fiscalização e controle da prestação de serviços públicos de transportes terrestres, inclusive infraestrutura, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades.

Último Concurso ANTT

O último concurso da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) foi realizado em 2013, quando contou com oportunidades para Analista Administrativo, Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres, Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres e Técnico Administrativo. O certame contou com a organização do Cebraspe/Cespe.

Sobre

A Agência Nacional de Transportes Terrestres foi fundada no mandato do Presidente Fernando Henrique Cardoso e absorveu as responsabilidades relacionadas às concessões de rodovias federais, realizadas pelo extinto Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER), e ao processo de desestatização das malhas da Rede Ferroviária Federal S.A. (RFFSA), que também foi desativada.

A ANTT fiscaliza o transporte ferroviário de cargas e passageiros do Sistema Nacional de Viação; o transporte rodoviário de cargas e passageiros interestadual e internacional e o arrendamento dos ativos operacionais; o transporte de cargas perigosas e especiais em ferrovias e rodovias e o transporte multimodal (aquele que utiliza mais de um tipo de veículo para fazer a mercadoria chegar ao destino correto).

Os objetivos da instituição são supervisionar e/ou regular as atividades e prestações de serviços para que passageiros e cargas estejam em segurança; bem como implementar as políticas estipuladas pelo Ministério dos Transportes e pelo CONIT, preservando o direito de todos para que não haja conflito de interesses, competição imperfeita ou infração de ordem econômica no setor de transporte.

Entre os princípios da Agência, estão: a promoção do desenvolvimento econômico e social, a preservação do interesse nacional e a garantia da integração regional. Além disso, esse órgão federal visa garantir aos cidadãos, sempre que for possível, menores custos com os serviços prestados.

Algumas das diretrizes da ANTT são: conter ações e fatos que configurem ou possam configurar atos de competitividade imperfeita ou contravenções de ordem econômica; promover o estudo e as iniciativas de melhores tecnologias aplicáveis aos meios de transporte; e priorizar os programas de ação e de investimentos referentes aos eixos estratégicos de integração nacional, de abastecimento do mercado interno e de exportação.

A ANTT garante a prestação de um serviço que é vital para a população, já que todas as ações de regulamentação e fiscalização do setor de transportes possuem um caráter permanente. Vale ressaltar que o transporte rodoviário interestadual e internacional é um dos mais usados pelos cidadãos durante o ano, afinal, o Brasil possui mais de 1,7 milhões de quilômetros de malha rodoviária, responsáveis por interligar todas as partes do país.

Informações do concurso
  • Concurso: Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT)
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: médio e superior
  • Número de vagas: 362
  • Remuneração: até 15 mil
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: SOLICITADO
Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

6 Comentários
  1. Alberto Diz

    Essa ANTT não serve pra nada vive de explorar os caminhoneiros e empresas de ônibus esse org teria que ser extinto e o Der também

  2. Márcia Adriana calado da Silva Calado Diz

    Posso fazer o concurso tenho formação de educadora e estou cursando pedagogia.

  3. Galtiery Estefferson Rodrigues Felix Diz

    Quero fazer esse concurso como faço

  4. Poliane Diz

    Boa noite
    Não tenho curso técnico , somente o ensino médio completo. Posso fazer ? Ou somente com ensino médio completo mais o certificado de técnico também ?. Desde já grata.

  5. Alexandre Diz

    Luladrao: seu lugar é na prisão.
    STF pode esperar: sua hora vai chegar.

  6. Jobson José Silva do Nascimento Diz

    Boa tarde quero fazer esse com curso sou de Maceió Alagoas tenho 30 anos tenho

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.