COMUNICADO: Fim de Semana começa com ÓTIMA NOTÍCIA para os brasileiros com moedas esquecidas na carteira

Algumas moedas são consideradas bastante valiosas para os colecionadores. Confira quais são.

Quando se trata de colecionar, entramos em um campo bastante amplo, que pode abranger colecionadores de moedas. Estes são conhecidos como numismatas, as pessoas que têm um grande apreço por colecionar peças com defeitos ou edições limitadas.

Quanto mais rara e singular forem as moedas, maior será seu valor. Isso significa que os numismatas podem gastar quantias consideráveis para adicionar itens específicos às suas coleções.

Por que as moedas se tornam valiosas?

O valor das moedas é determinado por diversos fatores. Para muitas pessoas, uma peça com características diferentes pode não despertar interesse, mas para os colecionadores, é exatamente isso que a torna valiosa.

No Brasil, é possível encontrar moedas com defeitos de impressão, comemorativas e cunhadas para eventos, como as Olimpíadas. Essas características as tornam diferentes das demais. Portanto, se você quer saber se uma moeda é valiosa, é necessário examiná-la cuidadosamente e observar seus detalhes, pois quanto mais incomum ela for, maior será seu valor.

Onde posso adquirir moedas raras?

Se você estiver interessado em se tornar um numismata, uma das melhores maneiras de adquirir moedas raras é participar de leilões, tanto online quanto presenciais. Você também pode visitar lojas especializadas em colecionismo para escolher as moedas que mais lhe interessam. Alguns numismatas também participam de eventos especiais promovidos por eles mesmos, para compartilhar e expandir essa prática de colecionar moedas.

No entanto, independentemente do local onde você adquirir suas moedas, certifique-se de que elas sejam autênticas e de que você não está sendo enganado. Analise todos os detalhes minuciosamente.

COMUNICADO: Fim de Semana começa com ÓTIMA NOTÍCIA para os brasileiros com moedas esquecidas na carteira
Algumas moedas são consideradas bem valiosas para os colecionadores – Imagem: Adobe Stock

O que é a Numismática?

Numismática é o estudo das moedas e medalhas sob o ponto de vista histórico, artístico e econômico. Um numismata é uma pessoa que se dedica a estudar as moedas e medalhas, buscando compreender a significação histórica desses objetos.

Eles não se detêm apenas nos detalhes explícitos no metal, mas empreendem esforços em estudos e pesquisas que os levam a compreender, além dos detalhes técnicos, os contextos históricos. Além disso, tem também as implicações sociais que transformam o status de moedas, de apenas metal cunhado e meio de pagamento, em raridades inestimáveis.

Durante o processo de estudo, o numismata fará uso de conhecimentos adquiridos através de outras disciplinas como:

  • História;
  • Cronologia;
  • Metrologia;
  • Simbologia;
  • Epigrafia;
  • Heráldica;
  • Iconografia;
  • Geografia;
  • Economia;
  • Noções dos processos de metalurgia e da evolução nas artes;
  • Entre outros campos que podem ser abordados.

Uma forma que o numismata usa para transmitir seu conhecimento é através da publicação de artigos, livros e catálogos numismáticos. Vale lembrar que nem todo autor de livro ou catálogo numismático é um numismata. A numismática desenvolveu-se no Brasil, principalmente a partir do século XIX, seguindo em parte o modelo europeu.

Moedas raras no Brasil

Existem diversas peças raras e valiosas no Brasil, algumas delas são:

  • Moeda da Declaração Universal dos Direitos Humanos – Essa moeda de 1 real foi lançada em 1998 e é considerada uma das mais raras e valiosas do Brasil. Ela traz a inscrição “Todos iguais perante a lei” em várias línguas e é avaliada em até R$ 3.000,00;
  • Bandeira dos Jogos Olímpicos – Essa moeda de 1 real foi lançada em 2012 em comemoração aos Jogos Olímpicos de Londres. Ela traz a bandeira olímpica e é avaliada em até R$ 1.500,00;
  • Moeda de 1 real do ano 2000 – Essa peça é considerada rara por ter sido produzida em menor quantidade do que as outras moedas de 1 real. Ela pode valer até R$ 200,00;
  • Moeda de ouro do Império – A moeda de ouro do Império são muito valorizadas pelos colecionadores. Algumas delas são a Coroa de 6400 réis, a Peça de 20.000 réis e a Dobra de 10.000 réis;
  • Moedas de prata do Império – As peças de prata do Império também são muito procuradas pelos colecionadores. Algumas delas são o Tostão de 1854 e a Prata Coroada de 960 réis.

Essas são apenas algumas das moedas raras e valiosas do Brasil. Existem muitas outras que podem ser encontradas em catálogos numismáticos e lojas especializadas em artigos numismáticos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.