Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Carteira de trabalho digital: veja como fazer a sua

Confira nossas informações sobre este importante documento

Para fazer a Carteira de Trabalho (CTPS) antigamente, era preciso enfrentar uma grande burocracia, com longas filas nas repartições, demorando horas para ser atendido. Felizmente, com a evolução tecnológica, o processo ficou muito mais fácil.

O governo criou a carteira de trabalho digital em 2017, com o objetivo de facilitar tanto a vida do profissional, quanto a do empregador. A princípio, o aplicativo, que formaliza a situação do empregado, reúne informações importantes acerca de suas experiências, como seu histórico, data de admissão e demissão, PIS, FGTS, salário, entre outros.

Dessa maneira, tanto o profissional, quanto seu patrão, tem em suas mãos, em tempo hábil, este documento tão importante, que pode ser acessado pelo celular, ou pela internet. Segundo o governo federal, a carteira de trabalho digital é o aplicativo mais baixado no portal Gov.br, com mais de 500 milhões de acessos.

UERJ informa Concurso público para Professor na área de Anatomia Patológica

Vantagens da carteira de trabalho digital

São várias as vantagens da digitalização da carteira de trabalho. Analogamente, podemos destacar a consulta facilitada de dados acerca de contratos de trabalhos novos e antigos, pedir o seguro desemprego, observar como estão as solicitações para diversos benefícios, como Abono Salarial e  Benefício Emergencial de Manutenção de Emprego e Renda.

Aliás, podemos citar ainda outros pontos positivos da carteira digital, como rapidez no pedido de documentos, acesso a dados sobre a Qualificação Civil e de Contratos de Trabalho, utilizando diversos bancos de dados integrados, do Governo Federal.

Acessar as informações trabalhistas também fica mais fácil, pela razão de os dados estarem em um único lugar. Ademais, podemos destacar também o fato de haver uma integração das informações relativas ao trabalhador, no Ministério da Economia.

Em síntese, a carteira de trabalho digital pode ser utilizada para acompanhar o contrato de trabalho, fazer o pedido do seguro desemprego, observar o calendário do pagamento do abono social, do benefício emergencial, além da possibilidade de partilhar as informações da CTPS, comprovando a experiência profissional.

Auxílio Brasil: Bolsonaro, Lula, Ciro Gomes e mais! O que pensam os presidenciáveis sobre o novo aumento

Carteira de trabalho digital

Primeiramente, toda pessoa maior de 14 anos com CPF pode ter uma carteira de trabalho digital. Para ter acesso à ela, deve-se ir ao site do Ministério do Trabalho (MTE) e se cadastrar. O número do CPF se tornará o da carteira.

Para ter a carteira de trabalho digital em seu celular, é preciso baixar o aplicativo, disponível para Android e iOS. Desse modo, você pode fazer o download nas lojas de apps de sua preferência. Em seguida, deve-se abrir o app da carteira.

Todavia, é preciso clicar em “entrar”, depois utilizar as informações do cadastro, como login e senha. Digite o número de seu CPF. Acesse as suas informações como nas carteiras físicas. Você pode ainda adicionar uma foto 3×4 ao documento.

Se o trabalhador não possuir um celular, ele pode ter acesso à carteira digital no site  https://servicos.mte.gov.br/ e fazer o login utilizando as suas informações cadastrais. Em conclusão, o Ministério do Trabalho ainda disponibiliza em seu site, um passo a passo de como fazer a sua carteira digital.

UNESP abre Processo seletivo para Professor no campus Dracena

Facilidade e praticidade

O governo procurou criar a carteira de trabalho digital para facilitar o dia a dia dos empregadores e colaboradores da empresa. Além disso, para ter acesso aos dados do trabalhador é necessário apenas uma conexão com a internet e o seu número de CPF.

Desse modo, o processo de contratação do funcionário fica mais ágil e simplificado. Com efeito, é possível ter acesso às informações do trabalhador de qualquer lugar, pois elas estarão disponíveis na rede mundial de computadores.

Entretanto, pode ser uma boa ideia ter em mãos a carteira de trabalho tradicional, visto que muitos empregadores utilizam apenas meios físicos ao contratar seus funcionários. Além disso, é possível utilizá-la em uma eventualidade.

A carteira de trabalho digital não é apenas prática, ela dificulta fraudes e falsificações, sendo muito mais segura. Além disso, o empregador poderá ter ciência do histórico profissional da pessoa a ser contratada, utilizando apenas o número de seu CPF.

A contratação do funcionário ficará mais ágil, fazendo com que o processo flua melhor, de uma forma segura e prática. A carteira de trabalho digital é feita facilmente, o processo é desburocratizado, principalmente em seu processo de emissão. É um dos documentos mais importantes na vida de um profissional, e a atual tecnologia, propicia ainda inúmeras facilidades.         

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.