Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Cartão do Bolsa do Povo já pode ser desbloqueado pelo site do programa 

Os beneficiários do programa já podem desbloquear seus cartões para uso dos valores.

Os participantes do benefício Bolsa Povo contam com mais uma atualização no portal oficial da medida. Desde o dia 1º de outubro, os 180 mil beneficiários que já possuem o cartão do programa poderão realizar o desbloqueio de forma remota. Isto é, sem a necessidade de ligar para a Central de Atendimento. Assim, até o final deste ano, haverá a distribuição de mais de 500 mil cartões aos participantes do programa social do estado de São Paulo. 

Além disso, estima-se que cerca de dois milhões de cidadãos residentes em São Paulo que se encontram em situação de vulnerabilidade social sejam amparados pela medida. Portanto, o programa já é considerado como o maior programa social já desenvolvido no estado.

Atualmente fazem parte do programa Bolsa Povo os benefícios da Secretaria de Desenvolvimento Social:

  • Vale Gás
  • SP Acolhe
  • Ação Jovem
  • Renda Cidadã
  • Prospera Família

Ademais, o programa também reúne iniciativas de outras pastas como:

  • Bolsa Talento Esportivo
  • Via Rápida
  • Bolsa Trabalho
  • Novotec Expresso
  • Bolsa do Povo Educação e Estudantes
  • Centro Paula Souza
  • Bolsa Empreendedor
  • Auxílio Moradia
  • Acolhe Saúde

Como ficou a organização dos cartões?

Desde o mês de agosto, a Prodesp passou a efetuar o envio de cartões pré-pagos aos participantes. Trata-se da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo, ou seja, principal responsável pela operação do programa. Esta movimentação, portanto, terá a finalidade de facilitar o acesso aos valores. 

Assim, o cartão poderá ser utilizado da mesma maneira que um cartão de débito convencional. Ademais, o mesmo também possibilita a realização de saques em qualquer posto de atendimento e caixas eletrônicos do Banco do Brasil.

Contudo, o cidadão que ainda não possui seu cartão também poderá receber a quantia do Bolsa Povo através de um voucher de recebimento. Para realizar o processo, então, o interessado deverá acessar a área restrita disponível no portal do benefício. 

Beneficiários recebem seus cartões bloqueados

Com o objetivo de amenizar os impactos sociais e econômicos da pandemia de Covid-19, algumas gestões estaduais, como a do estado de São Paulo, vêm se mobilizando com a criação de programas sociais para a população vulnerável. 

Em São Paulo, o pagamento do Vale Gás já vem sendo liberado por meio de um cartão magnético. No entanto, muitos participantes da medida ainda possuem dúvidas de como desbloquear e acessar os valores do programa. 

Nesse sentido, todas as famílias aptas em participar do benefício recebem através dos Correios o cartão do Bolsa do Povo, medida que possui vários outros programas sociais, inclusive o Vale Gás. Os cartões são utilizados para que o repasse do dos recursos financeiros se destinem à aquisição do produto. 

O cartão possibilita o saque da quantia ou a realização da compra através da função débito. Porém, por medida de segurança, o beneficiário recebe o cartão bloqueado.

Como efetuar o desbloqueio do meu cartão Vale Gás?

Primeiramente, é importante lembrar que o desbloqueio pode ocorrer em diferentes plataformas. Assim, este pode se dar através de:

  • Ligação telefônica gratuita à Central de Atendimento no número 0800 7979 800.
  • Conversa pelo aplicativo Whatsapp no número (011) 98714-2645.
  • Área restrita do site do Bolsa Povo.

Ademais, o procedimento poderá ser realizado em qualquer dia da semana e também em qualquer hora. Para isso, somente será necessário que o participante informe o preencha seu Número de Identificação Social (NIS) e o CPF.

Como realizar o cadastro no site Bolsa do Povo?

Primeiramente, para ter acesso aos serviços que o site Bolsa do Povo oferece, será necessário que o participante informe os seguintes dados: 

  • CPF; 
  • RG; 
  • Nome completo; 
  • Endereço completo e CEP; 
  • E-mail; 
  • Data de nascimento; 
  • Telefone de contato.

Após o preenchimento destes campos, então, será necessário que o interessado crie uma senha para ter acesso a todos os serviços. Em seguida, este deve verificar cada benefício que compõe o programa, além dos critérios de participação para realizar sua inscrição.

Como sacar a quantia do programa?

Os cidadãos que participam do Vale Gás do Estado de São Paulo poderão sacar os valores creditados logo após o desbloqueio de seu cartão. Portanto, depois de desbloquear o cartão, todos os beneficiários receberão um número de protocolo e uma senha.

De posse destes dados, o cidadão poderá se dirigir a qualquer agência física ou caixa eletrônico do banco do Brasil e efetuar a retirada do dinheiro.

Calendário de pagamento

Existem dois calendários de pagamento do Vale Gás. Isso ocorre pois o benefício, inicialmente, começou a ser pago somente na região metropolitana e na capital do estado. Somente após um mês a liberação ocorreu para os demais municípios de São Paulo.

Desse modo, quem possui direito ao benefício e reside em cidades vizinhas e na capital recebem primeiro. Os depósitos sempre acontecerão no dia 20 de cada mês, de acordo com o calendário abaixo:

SP e região metropolitana

Os pagamentos das duas primeiras parcelas já aconteceram, dessa forma, os beneficiários que já tinham inscrição receberão a terceira e última parcela neste mês. Segue o calendário:

  • 1ª parcela: 20 de julho;
  • 2ª parcela: 20 de setembro;
  • 3ª parcela: 20 de outubro.

Demais regiões do estado

Este grupo, no entanto, começou a receber em setembro, restando, ainda, duas parcelas da seguinte maneira:

  • 1ª parcela: 20 de setembro;
  • 2ª parcela: 20 de outubro;
  • 3ª parcela: 20 de novembro.

Programa Vale Gás

O Vale Gás é um programa de transferência de renda criado pela gestão estadual de São Paulo. Este, então, possui o objetivo de auxiliar a população que se encontra em situação de vulnerabilidade social na aquisição do botijão de gás de 13 kg.

O programa irá beneficiar famílias com inscrição no CadÚnico até 14 de maio de 2021 e que possuam seu cadastro ativo e atualizado pelo menos nos últimos 24 meses. Além disso, famílias que não possuem acesso ao Programa Bolsa Família, com renda familiar de até R$ 178 por pessoa também serão contempladas pelo benefício.

Assim, o programa Vale Gás fornecerá aos inscritos uma quantia total de R$ 300, paga por meio de três parcelas mensais de R$ 100.

É importante frisar que não é necessário realizar nenhuma inscrição para participar da medida, já que o programa utilizará os dados já disponíveis no Cadastro Único do Governo Federal.

As famílias interessadas poderão realizar a consulta sobre sua situação em relação ao benéfico através do portal www.bolsadopovo.sp.gov.br

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.