Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Cartão de crédito: conheça 4 erros comuns e saiba como evitá-los

Como num passe de mágica, mesmo naqueles dias finais do mês em que o salário já acabou, surge o cartão de crédito para resolver todos os problemas. Na verdade, essa é ideia de que muitas pessoas têm do cartão de crédito, porém o “feitiço do mundo moderno” pode custar caro.

Quem nunca amou a sensação de poder comprar para pagar no mês que vem ou então parcelar algo que atire a primeira pedra. Sabendo dos encantos do cartão de crédito, é importante ficar atento aos 5 erros mais cometidos e saber como evitá-los.

Leia este artigo até o final e não repita os erros que a maioria das pessoas cometem. A “mágica” do cartão de crédito pode ser bem aproveitada sem repetir estas falhas.

1 – Tratar o cartão de crédito como renda extra

Muitas pessoas comemoram toda vez que o limite aumenta ou então se orgulham do limite de R$ 4 mil como se fosse um prêmio. A verdade é que ter um limite alto realmente é bom, mas não se pode esquecer que o valor não é – e jamais será – sua renda extra.

Somos tentados a tratar o cartão de crédito como renda extra e gastarmos mais já que a fatura sempre vem para o mês seguinte.

Mas lembre-se a conta sempre chega e você precisa pagar. Por isso, evite usar o limite máximo do seu cartão e muito menos gastar mais do que você ganha.

Caso precisa comprar algo mais caro, lembre-se de se programar com o pagamento das parcelas.

 

2 – Pagar o mínimo da fatura do cartão de crédito

Pode até parecer uma boa pagar o mínimo do cartão de crédito, mas não é. Com uma fatura alta, podemos simplesmente pagar um valor menor e seguir nossa vida com a consciência tranquila de que estamos com a nossa vida financeira em ordem. Bom seria se fosse simples assim.

Na realidade, nas próximas faturas, além do valor que você não pagou na fatura anterior, você também terá que pagar os juros. E para os mais desavisados é bom que saibam, os juros do cartão de crédito estão entre os mais altos do mercado.

Ou seja, pagar o mínimo é adquirir uma dívida ainda maior do que a que você já tinha.

 

3 – Parcelar  os valores da fatura

Já se viu obrigado a parcelar os valores depois de acumular uma fatura mais alta do que você pode pagar? Pois é. Essa atitude pode te levar a querer parcelar a fatura, mas novamente o mesmo problema já dito acima pode prejudicar a sua vida financeira: os altos juros do cartão de crédito.

Os juros do cartão de crédito estão entre um dos mais altos do mercado e podem ser mais caros até do que empréstimos. Por isso, é importante sempre lembrar disso.

 

4 – Não acompanhar a fatura antes do fechamento

 

O cartão de crédito pode ser usado tanto para pagar pequenos valores, como R$ 20 ou então parcelar um eletrônico de R$ 2 mil. E é aí que mora o perigo. É possível usar o cartão de crédito de muitas formas e várias vezes ao mês e por isso é fácil ficar sem noção de qual o valor virá na sua fatura seguinte.

Por isso, a recomendação de uso consciente do cartão de crédito é sempre acompanhar seus gastos pelo menos uma vez por semana, se você usar o cartão de crédito com muita frequência.

O importante é não levar um susto quando receber a fatura fechada para pagamento. acompanhar seus gastos também pode te ajudar a economizar, já que você saberá quanto de fato você já gastou. Você também pode se interessar por Economizar dinheiro: veja os 5 erros mais comuns”.

Gostou do nosso artigo? Comente e compartilhe.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
1 comentário
  1. Marta Angelin Mello Diz

    Boa tarde!

    Vamos trocar informações importantes, isto ocorre também no caso de férias o funcionário sai 30 dias de férias em descanso e mais um terço do valor do salário, onde mora o perigo,!muitos tem a idéia que o valor pago nas férias vai lhe proporcionar uma viagem tão esperada e outras coisas, neste momento é importante o RH informar que ele tem livre é 1/3 das férias , o salário em si é para manter sua despesas normal do mês. Muitos não tem está consciência. ..

    Att/Marta Mello

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.