Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Candidato morre após Teste de Aptidão Física no concurso de Perito

Na tarde da última segunda-feira, 12 de agosto, faleceu Renan Cabral Saisse, jovem de 29 anos que estava realizando o Teste de Aptidão Física (TAF) do concurso de Perito Criminal do Estado do Pará.

Segundo informações do edital, o teste foi realizado no último sábado, 10 de agosto, no Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar, em Belém.

Durante o exercício de corrida, Renan se sentiu mal e foi socorrido pela equipe de paramédicos na UTI Móvel que estava instalada para a realização da etapa do concurso, a terceira fase do certame.

Segundo informações da Secretaria de Estado de Administração, todos os procedimentos médicos foram feitos no local. No entanto, foi  decidido que o candidato deveria ser levado à UPA de Sacramento.

Não apresentando melhora, o candidato foi transferido para a UTI do Hospital de Guadalupe, onde acabou falecendo na última segunda-feira.

A Secretaria está apurando a informação de que o candidato teria passado mal e caído três vezes ao longo da prova.

De acordo com o edital do concurso, antes da fase de Aptidão Física foi feito exames médicos, etapa em que é solicitado diversos exames que serão avaliados por junta médica designada pela FADESP, banca organizadora do concurso.

O pai do candidato desistiu de solicitar a perícia ao IML para investigar o motivo que causou a morte de Renan. “A causa da morte não vai me trazer ele de volta. Se eu souber a causa, vou pensar no que poderia ter sido evitado, o que vai me trazer mais sofrimento”.

O teste de aptidão física do concurso é composto por flexão abdominal sobre o solo em um minuto com 20 repetições; flexão de braço no solo com 15 repetições em quatro apoios (mãos e pés); corrida de 12 minutos por 2.100 metros; e natação em 50 metros por um minuto e 15 segundos.

De acordo com o edital publicado, os candidatos podem realizar os exercícios em duas tentativas, com exceção da corrida, que tem apenas uma tentativa de execução.

Sobre o TAF

Depois de passar pela prova teórica, muitos concursos públicos exigem um teste de aptidão física (TAF) para aprovação final do candidato.Tendo em vista a dificuldade de se preparar para essa espécie de prova prática de concurso público, separamos algumas dicas que podem lhe ajudar a se preparar para o teste de aptidão física sem renunciar sua saúde e qualidade de vida, aspecto, também, muito importante.

Sendo assim, confira nossas dicas de preparação e lembre-se: é muito importante se preparar para o teste físico ao longo de vários meses, pois o condicionamento é algo que deve ser conquistado exponencialmente, e isso é algo que exige tempo e esforço, porém também uma saúde de qualidade. É importante que o candidato já tenha certo nível de condicionamento para que, quando o dia da prova se aproximar, ele seja apenas intensificado.

  1. Procure um médico especialista:

Um dos maiores problemas das preparações para o teste de aptidão física é a falta de auxílio de um médico especialista nesse processo. Por mais que o candidato seja preparado em termos de saúde para o teste, é preciso consultar um médico nesse processo, a fim de que este o leve a uma dieta e baterias de exercícios com intervalos de tempo que se adequem as suas necessidades específicas. Nesse caso, a consulta regular de um médico é crucial para conciliar a qualidade de sua saúde com a quantidade de exercícios.

  1. Não esqueça os alongamentos e aquecimentos!

Antes de começar os treinos para o teste de aptidão física, é muito importante, antes de tudo, se aquecer. Esses aquecimentos serão responsáveis por estirar  os músculos que possam estar atrofiados e também ajudarão a não ficar com nenhum tipo de dor muscular depois do término do treino. Por isso são de suma importância para as preparação ao TAF!

Da mesma forma, os alongamentos devem ser realizados entes e depois dos treinos. O tempo de alongamento deve variar de 20 a 30 minutos, e deve ser feito de acordo com o grau de adaptação do próprio candidato.

  1. Treine flexões na barra fixa:

Uma das partes mais difíceis do teste de aptidão física é a parte das flexões na barra fixa. O mais importante é treinar todos os dias. Essas flexões podem ser realizadas em lugares como praças, parques, praias academias. Em alguns concursos, esse exercício é cobrado apenas ao sexo masculino, enquanto em outros é cobrado a ambos os sexos. Por isso, é imprescindível conferir devidamente tal informação antes de começar a se preparar para o TAF.

  1. Realize simulações completas:

Depois de praticar ao longo de vários meses, durante todos os dias, todos os exercícios que serão cobrados pelo TAF, é interessante realizar simulações completas do teste. As simulações auxiliam tanto na preparação física quanto mental, e ajudam a cronometrar o tempo preciso de toda a prova.

  1. Foque na semana do TAF!

Apesar da preparação para o teste de aptidão física ter de levar vários meses, a semana do teste é a mais crucial de todas. Nessa última semana, é importante ter mais atenção quanto a sua alimentação, qualidade de sono e até mesmo quantidade de exercícios físicos. Diminua o ritmo nos últimos dias e evite qualquer atividade excessiva. Foque no teste e boa prova!

Não se esqueça: determinação é o maior segredo para ser aprovado no teste de aptidão física! Estude tanto para a prova teórica quanto física do concurso público.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.