Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Câmara dos Deputados vai começar a discutir auxílio para MEIs

A Câmara dos Deputados deve começar em breve as discussões sobre a criação de um programa de auxílio em dinheiro para microempreendedores individuais. São aquelas pessoas que dentro do mundo do trabalho são conhecidas como MEIs. É como se essas pessoas fossem elas mesmas as empresas.

De acordo com informações da própria Câmara Federal, uma reunião deve acontecer no próximo dia 23 de abril. Na ocasião, os parlamentares deverão começar a discutir o tema. Tudo ainda está muito no começo, mas a ideia é que as pessoas possam sair de lá já com algo mais concreto em mente.

Para quem quiser acompanhar a discussão, a reunião deve acontecer no Plenário 5, por volta das 10h. Estarão presentes lá várias autoridades do mundo do empreendedorismo. O presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, por exemplo, deverá participar da reunião.

Mas os três deputados que pediram pela realização desse reunião foram: Helder Salomão (PT-ES), Zé Neto (PT-BA) e Alexis Fonteyne (Novo-SP). Foram eles portanto que apresentaram os requerimentos onde pediam o início desses debates. Outros parlamentares poderão participar.

O trabalhador MEI que quiser mandar alguma ideia de pauta para esse reunião pode, já agora, enviar suas sugestões para os e-mails oficiais desses três parlamentares. Os assessores deles deverão filtrar as melhores informações sobre a criação desse auxílio.

Reunião para o auxílio

Essa reunião faz parte de uma atividade da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços. Eles deverão debater muito a situação dos MEIs no Brasil. De acordo com os dados das pesquisas mais recentes, o Brasil vai registrando um aumento exponencial no número de novos microempreendedores nos últimos meses.

Mas os especialistas explicam que isso acontece por motivos óbvios. O maior deles, aliás, é a pandemia do novo coronavírus. É que como muita gente perdeu o emprego, e essas pessoas tiveram que começar do zero. Assim, muitas delas decidiram abrir um novo negócio.

A grande questão, no entanto, é que a pandemia ainda não acabou. Dessa forma, essas pessoas ainda estão precisando de apoio do Governo. Isso porque com os fechamentos fica quase impossível manter um trabalho neste momento da pandemia do Brasil.

MEIs

Nas redes sociais, muitos MEIs estão preocupados com a questão do tempo até esse auxílio chegar nos bolsos deles. Como dito, a primeira reunião para discutir o tema deve acontecer só no dia 23. E nem é certo que alguma coisa mais concreta saia de lá.

E mesmo que saia, a ideia tem que virar um projeto e esse projeto precisa passar por uma discussão. Mesmo na hipótese mais otimista, esse auxílio não chega na mesa do trabalhador sem antes demorar muito. Para complicar a situação, o Ministério da Economia está de olhos abertos em toda essa história.

É que qualquer projeto que vise pagar auxílio agora está dando arrepios no Governo. A palavra de ordem dentro do Palácio do Planalto é economizar. Seja como for, mesmo diante de tantos evidentes percalços, esses trabalhadores já comemoram a primeira reunião como se ela fosse um primeiro passo.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.