Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.5/5 - (2 votes)

Calendário de pagamentos de R$ 1.100 do INSS segue nesta semana

Os primeiros a terem acesse ao benefício são aqueles que recebem até um salário mínimo, ou seja, R$ 1.100 em 2021. Na sequência, recebem os segurados que ganham um benefício com valor superior ao piso.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) realizada, desde o fim de outubro, os pagamentos de aposentadorias, pensões e demais benefícios da Previdência Social. A liberação ocorre de acordo com os calendários oficiais divulgados pelo órgão. Nesta semana, o calendário de pagamentos segue sendo feito.

Os primeiros a recebem o benefício foram aqueles que recebem até um salário mínimo, ou seja, R$ 1.100 em 2021. Na sequência, recebem os segurados que ganham um benefício com valor superior ao piso. Vale ressaltar que em ambos os casos a distribuição ocorrer segundo o final do Número de Identificação Social (NIS).

Os aposentados e pensionistas que queiram consultar o extrato do benefício, podem acessar o site ou aplicativo Meu INSS. Basta clicar na opção “Extrato de pagamento do benefício”. Também é possível realizar o procedimento em agência do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal.

Nesta segunda-feira, 08 de novembro, o INSS realizará pagamento para benefícios de até R$1.100 e também para benefício com valor superior a um salário mínimo. Os valores são referentes ao mês de outubro.

Calendário de pagamento do INSS – Outubro

Benefícios de até R$ 1.100

Final do NIS Datas de pagamento
1 25 de outubro
2 26 de outubro
3 27 de outubro
4 28 de outubro
5 29 de outubro
6 01 de novembro
7 03 de novembro
8 04 de novembro
9 05 de novembro
0 08 de novembro

 

Benefícios acima de R$ 1.100

Final do NIS Datas de pagamento
1 e 6 01 de novembro
2 e 7 03 de novembro
3 e 8 04 de novembro
4 e 9 05 de novembro
5 e 0 08 de novembro

Veja quando começa o 13° salário em dobro do INSS

O Projeto de Lei (PL) que trata o pagamento do 13º salário em dobro aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi aprovado pela Comissão de Seguridade Social e Família. Caso seja sancionado, ajudará os segurados diante a pandemia decorrente da Covid-19.

A possibilidade do novo abono extra vem ganhando forças na Câmara dos Deputados. A proposta já foi aprovada pela Comissão de Seguridade Social e Família e agora segue para apreciação nas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

O texto referente ao 13° salário em dobro é o substitutivo da relatora deputada Flávia Morais, anexado ao Projeto de Lei nº 4367/20, de autoria do deputado Pompeo de Mattos. O documento prevê o pagamento aos segurados do INSS até 2023.

A intenção do PL é ajudar os aposentados e pensionistas no final do ano, considerando que o 13ª salário tradicional está sendo distribuído de forma antecipada. Além disso, a medida ajudará amenizar os impactos econômicos gerados pela pandemia no país. Caso o texto seja aprovado, cerca de R$ 50 milhões serão injetados.

Até o momento não foi definido o valor que os beneficiários receberão. No entanto, há possibilidade de receberem uma quantia equivalente ao 13º salário, correspondente a um salário mínimo em vigência.

Outra opção seria pagar o valor exato do benefício concedido pelo INSS. Desta forma, aqueles que recebem um salário mínimo iriam ter acesso a mesma quantia, já quem recebe a mais teria um salário mínimo somado à diferença do piso e do teto do INSS de R$ 6.433,57.

3.5/5 - (2 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.