Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Caixa vai divulgar ainda hoje se 9 milhões têm direito ao auxílio de R$600

Até ás 18 horas de hoje, 9 milhões de pessoas que realizaram seu cadastro na última semana

Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, afirmou nesta quinta-feira (16) que, até ás 18 horas de hoje, 9 milhões de pessoas que realizaram seu cadastro na última semana para recebimento do auxílio emergencial irão saber se receberão, o benefício.

De acordo com Guimarães, 3,5 milhões de pessoas deste total de 9 milhões receberão o depósito de R$ 600 ainda nesta quinta; 1,5 milhão, até o próximo sábado; e 4,2 milhões de pessoas, que não tinham conta em banco, terão o depósito até a segunda-feira da próxima semana (dia 20).

O pagamento do auxílio emergencial para os brasileiros de baixa renda será feito por meio de dois aplicativos, segundo o presidente da caixa. Por meio do aplicativo Caixa Auxílio Emergencial será feito o cadastro, e pelo segundo aplicativo que é o Caixa Tem será utilizado para o pagamento do benefício.

Pedro Guimarães e Onyx Lorenzoni, ministro da Cidadania, informaram na entrevista coletiva, que a partir de segunda-feira, uma nova versão do aplicativo para cadastramento estará disponível. Ela permitirá que pessoas com problemas no CPF em função de pendências eleitorais possam fazer o cadastramento normalmente.

“Como algumas regras mudaram, haverá uma nova versão”, disse Guimarães. “Antes a pessoa não poderia ter o CPF (cadastrado) caso tivesse problema com eleição. Agora, isso mudou”, concluiu.

Guimarães informou que cerca de 12 milhões de CPFs já foram liberados para cadastramento por conta deste ponto. No entanto, Os CPFs ainda precisarão ser validados pela Dataprev, seguindo todo o procedimento estabelecido. “Como já fizemos 36,7 milhões (de cadastros), realizar mais 5, 10 ou 12 milhões já entrou na esteira”, disse Guimarães.

Cadastrados no site ou app

auxílio emergencial no valor de R$600, que seria pago nesta quinta-feira (16) a quem se inscreveu por meio do aplicativo da Caixa ou pelo site, conforme o calendário inicialmente divulgado, vai ficar para sexta-feira (17).

Segundo informações da Caixa, informações sobre as pessoas inscritas que estão aptas a receber já foram enviadas pela Dataprev ao banco. A partir de agora, vão ser necessárias 48 horas para o início do processamento dos pagamentos. Apesar do atraso, a Caixa argumenta que os pagamentos estão obedecendo os trâmites burocráticos necessários.

Para quem deseja receber através da poupança digital da Caixa, os saques em dinheiro vão começar a ser liberados a partir do dia 27 de abril. Antes disso, no entanto, os recursos poderão ser movimentados digitalmente (veja o calendário ao final desta reportagem).

Saques da poupança digital

Os saques do valor em dinheiro vão começar no dia 27 de abril e vão seguir até 05 de maio para a primeira parcela do auxílio de quem está recebendo  pela poupança digital gratuita da Caixa. Essa conta está sendo aberta de forma automática para aqueles que não forneceram dados bancários.

A liberação do saque vai ser feita de forma escalonada, conforme data de aniversário do beneficiário. A Caixa tem o objetivo de evitar aglomerações. Veja o cronograma:

  • 27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro, com poupança digital gratuita da Caixa
  • 28 de abril – nascidos em março e abril, com poupança digital gratuita da Caixa
  • 29 de abril – nascidos em maio e junho, com poupança digital gratuita da Caixa
  • 30 de abril – nascidos julho e agosto
  • 04 de maio – nascidos em setembro e outubro
  • 05 de maio – nascidos em novembro e dezembro

Calendário geral

O auxílio emergencial vai ser pago para os trabalhadores informais, desempregados, contribuintes individuais do INSS e MEIs. Saiba como deve ser o calendário de pagamento para todos os trabalhadores que têm direito ao auxílio:

Primeira parcela – paga em abril

Será paga da seguinte forma:

  • Os cidadãos que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal, já receberam na última quinta-feira (09 de abril).
  • De 14 a 17 de abril: vai ser pago quem está no Cadastro Único, que não recebem Bolsa Família e também não tem conta na Caixa ou no BB. No dia 14, o dinheiro sai para nascidos em janeiro. No dia 15, será pago para nascidos em fevereiro, março e abril. No dia 16, sai para quem nasceu em maio, junho, julho e agosto. No dia 17, o valor será pago para os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro.
  • Últimos 10 dias úteis de abril: Reservados para beneficiários do Bolsa Família, conforme cronograma já previsto no programa;
  • Em até 5 dias úteis após inscrição no aplicativo ou pelo site, o dinheiro estará disponível para trabalhadores informais que não estão no Cadastro Único nem no Bolsa Família.
Segunda parcela – Abril e Maio

Vale lembrar que, a partir desta parcela, os pagamentos serão realizados conforme o mês do aniversário do trabalhador, informou a Caixa. Será paga da seguinte forma:

  • Os cidadãos que estão inscritos no Cadastro Único, mas que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial: vai receber entre 27 e 30 de abrilNo dia 27 vai ser depositado o dinheiro daqueles nascidos em janeiro, fevereiro e março. Dia 28 será para quem nasceu em abril, maio e junho. No dia Dia 29 recebem os aniversariantes de julho, agosto e setembro. No dia 30, os pagamentos serão para os nascidos em outubro, novembro e dezembro.
  • Os Beneficiários do Bolsa Família: vão receber nos últimos 10 dias úteis de maio, seguindo o calendário regular do programa.
Terceira parcela – Maio e Junho
  • Os cidadãos que estão inscritos no Cadastro Único, mas que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial: vai receber entre 26 e 29 de maio. No dia 26 vai ser pago o dinheiro daqueles nascidos em janeiro, fevereiro e março. No dia 27 de maio será pago aos nascidos em abril, maio e junho. No dia 28, o valor sai para os aniversariantes de julho, agosto e setembro. No dia 29 de maio, os pagamentos vão ser para os nascidos em outubro, novembro e dezembro.
  • Os benefícios do Bolsa Família vão receber nos últimos 10 dias úteis de junho, conforme calendário regular do programa.

Saiba quem pode receber o auxílio emergencial

O projeto altera uma lei de 1993, que trata da organização da assistência social no país. De acordo com o texto, durante o período de três meses será concedido auxílio emergencial de R$ 600 ao trabalhador que cumpra, ao mesmo tempo, os seguintes requisitos:

  • seja maior de 18 anos;
  • não tenha emprego formal;
  • não seja titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, ressalvado o bolsa-família;
  • a renda mensal per capita seja de até meio salário mínimos ou a renda familiar mensal total seja de até três salários mínimos;
  • que não tenha recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

O auxílio vai ser cortado caso aconteça o descumprimento dos requisitos acima. O texto também deixa claro que o trabalhador deve exercer atividade na condição de:

  • microempreendedor individual (MEI); ou
  • contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria; ou
  • trabalhador informal, seja empregado ou autônomo, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020, ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima.

A proposta estabelece que apenas duas pessoas da mesma família poderão receber cumulativamente o auxílio emergencial e o benefício do Bolsa Família, podendo ser substituído temporariamente o benefício do Bolsa Família pelo auxílio emergencial, caso o valor da ajuda seja mais vantajosa para o beneficiário. A trabalhadora informa, chefe de família, vai receber R$ 1.200.

Veja também: Dois saques do PIS/PASEP são liberados com valor de até R$1.045

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

13 Comentários
  1. Maria das graças fernandes Diz

    Gostaria de saber quem é,autonomo e possue renda de aluguéis tem direito alugueis esses de pequeno porte.

  2. Cloroquina Lima Diz

    Bolsonaro acabou de me ligar dizendo que está analisando a possibilidade de liberar esse dinheiro para geral, mas está dependendo da mãe de santo dele dar o aval.

  3. Regis Diz

    Tô é puto com isso! Parece sacanagem com psicológico do povo sofrido e guerreiro que realmente luta nesse país… Muitos que são de famílias ricas publicando que receberam… Enquanto eu que cuido da minha avó com Alzheimer, e outros pais e mães necessitados como eu, não recebem… Adianta nada aparecer aprovado, se agora começa parte 2 da enrolação. Pra que por o nome de “emergencial” se não tem nada de urgente na ênfase do assunto e no desenrolar do mesmo? Palhaçada. Depois começa criminalidade a aumentar devido famílias de baixa renda estarem passando fome, e vão querer culpar o povo. Sinceramente? Vão a merda!

  4. Eduardo Diz

    Me cadastrei dia 13 e até agora nada.so vive em análise

  5. Antônia gessiara Diz

    Boa tarde isso está maltrando muito a mim.Que sou mãe de família e microenprendedora individual.Pago meu INSS É estou sem poder abrir minha lanchonete.Gosraria de saber por que o meu ainda está em analise .Isdk e ruim.demais

  6. Marcia Elias da Silva Diz

    Tenho minha irmã doença neurológica ,está na fila com um pedido de loas, Gostaria de saber se ela terá direto a receber

  7. Vanessa de Andrade Rodrigues Diz

    Fiz meu cadastro no dia que saiu o aplicativo e até agora está em análise tenho uma filha pra criar e vivo de vendas estou quase passando fome com ela queria saber quando vou ter resposta se foi aprovado ou não

    1. Clarisse Alves Menezes Diz

      Estou na mesma situação, fiz no dia tambem so que na hora de preencher nao coloquei o cpf do meu filho ele tem 11meses, to louca ai sem ter o que fazer e nao sai da analise ta sem resposta nenhuma

  8. Luzia Diz

    Eu estou decepcionada com esse auxílio, fiz meu cadastro há mais de oito dias e nunca tive resposta, talvez eu preenchi algo errado, mas eu não sabia. Moro sozinha mas ajudo meus filhos,cê botei os CPF deles como dependente! Eu sou IMEI e não tenho uma resposta se quer, tô com contas atrasadas e há duas semanas não vendo nada, tive ordem da polícia pra fechar minha lojinha

    1. Conceiçã Diz

      Eu fiz o cadastro dia 7/4 e até agora nada sou mãe chefe de família.

  9. Renan pires Diz

    Eu me encontro desempregado e não tenho dinheiro algum

    1. Kátia Diz

      Boa tarde, eu sou contribuinte individual do INSS pago o GPS e tenho dois filhos, fiz o cadastro e até agora nada só fica em a análise.

  10. Renan pires Diz

    Boa tarde eu me chamo Renan já me cadastrei no auxílio emergencial a quase duas semanas e não recebi o meu dinheiro até agora queria uma resposta positiva

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.