Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Caixa reduz juros imobiliários e gera benefícios para o consumidor

Descubra que tipo de linha de crédito obterá desconto

Ao contrário do mercado, com juros cada vez mais altos, a Caixa Econômica reduz juros imobiliários. Este anúncio foi divulgado mês passando, passando a vigorar neste mês de outubro. Assim, saiba tudo sobre nesta segunda (11) aqui no Notícias Concursos.

Veja também: 3 liberações de dinheiro via aplicativo Caixa Tem

Caixa reduz juros imobiliários

Existe algo por traz de um fato. A Caixa Econômica reduz juros imobiliários, mas isso acabará atingindo sobretudo os consumidores que pretendem utilizar o método de crédito para obter financiamento habitacional por meio de um banco público. Como os juros altos acabam reduzindo o interesse no mercado imobiliário, há aí um impacto positivo no bolso dos consumidores.

A CEF possui quatro linhas de financiamento. Para além do famigerado crédito da Poupança Caixa, possui ainda:

  • Crédito com taxas fixas de juros;
  • Financiamento ajustado pela inflação;
  • Crédito ajustado à Taxa Referencial.

Em se tratando do crédito pela Poupança, as taxas de juros têm a parte fixa, limitada pela CEF, bem como a outra parte variável corresponde à poupança. Essa redução ocorreu na taxa fixa da Caixa, que passou de 3,35% anuais para 2,95% anuais.

Portanto, essa modalidade de financiamento habitacional custará 2,95% + receita da poupança a cada ano. Considerando que a caderneta de poupança tem a remuneração girando em torno de 70% da Selic, atualmente é de 5,25%. Pode dizer-se que os juros anuais do crédito da Caixa Poupança são de 6,62%.

Como e quando obter financiamentos com desconto?

Assim, no âmbito das normas acima, a diminuição da taxa de juros entrou em vigor para o mercado em 4 de outubro. Ademais, podem ser feitas simulações dentro das novas condições e o contrato pode ser firmado através da app Caixa Habitação, no site da Caixa, bem como em qualquer agência bancária.

Em termos de financiamento imobiliário do país, a Caixa Econômica reduz juros imobiliários, mas independente disso, ela é a instituição financeira de maior parte com carteira de crédito superior a 534 milhões de reais. Esse montante representa 67,3% dos contratos habitacionais integrais do país. Assim, já financiou-se cerca de 6 milhões de imóveis pela CEF.

CAIXA deve pagar a prorrogação do auxílio emergencial novamente

O auxílio emergencial deve ser pago pela CAIXA novamente. Com a chegada da última parcela do auxílio Emergencial, a equipe técnica do Governo Federal procura viabilizar uma nova prorrogação para o programa social.

A ação pode ser justificada diante aos impactos da pandemia da Covid-19, bem como a manutenção do amparo a população atualmente atendida pelo benefício.

De acordo com informações de bastidores, membros do Governo estão focados em promover uma nova prorrogação para o Auxílio Emergencial. Tudo indica que a extensão será de seis meses, seguindo até 2022.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

1 comentário
  1. Mariana Diz

    Ainda bem. A caixa e bancos privados são excelentes pra se fazer financiamento. O banco do Brasil é o pior banco pra fazer qualquer financiamento. Não aconselho ninguém perder tempo com o BB. Perdi um grande negócio por causa da burocracia, intransigência e falta de respeito por parte do BB e a seguradora aliança do Brasil. Uma merda!! Fujam de lá.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.