Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Brasileiro segue aumentando as dívidas com cartão de crédito

O valor médio das dívidas de pessoas que estão no Serasa, por conta de estarem devendo no cartão de crédito, já chega a R$ 4 mil. Em um relatório recente que foi produzido pelo Serasa, tivemos a maior alta do ano em referência ao número de inadimplentes, registrado no mês de outubro.

O número de brasileiros inadimplentes já chega a 64,3 milhões, que é o maior número desde julho do ano passado, época em que o número de inadimplentes havia chegado a 63,5 milhões.

Segundo o estudo mensal, o número total de dívidas no Brasil já registrou uma alta de 2,31% em relação ao mês anterior, o que totalizou 213 mil contas. E o valor das dívidas é que o mais chama a atenção, pois a cada mês que passa só aumenta. Cada pessoa tem uma média de R$ 4 mil em dívidas.

Cartão de crédito lidera o ranking de dívidas

O segmento de bancos e cartão de crédito é quem segue liderando as contas em quesito à inadimplência, com um 28,70% do total de dívidas. Logo na sequência, aparecem as dívidas que são referentes às contas básicas mensais, como contas de água e luz, com 23,5%. Em sequência aparecem as compras de varejo, como roupas e mercados.

O Sudeste é a região que concentra o maior número de brasileiros que estão com dívidas ativas, no momento com 28.577.461 pessoas. Na sequência aparece a região Nordeste. No comparativo por estado, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia e Paraná são os estados que concentram o maior número de endividados.

Dicas do Serasa para limpar o nome

Para o Serasa Limpa Nome, que é uma campanha da empresa para ajudar as pessoas a renegociarem as suas dívidas, a busca por oportunidade de negociação também está aumentando nos últimos meses.

O primeiro passo para muitos brasileiros é estar com o nome limpo para recomeçar a sua vida financeira, como no Feirão Serasa Limpa Nome, que oferece incríveis descontos de até 99% da sua dívida e que já possibilitou pelo menos 3,6 milhões de acordos.

Dicas para evitar cair nas dívidas com o cartão de crédito

Nem sempre é possível manter a saúde financeira, pois existem períodos em que precisamos gastar mais mesmo com uma renda média baixa que recebem a maioria dos brasileiros.

Um dos primeiros passos, é fazer uma planilha que servirá como um controle de gastos, seja através do cartão de crédito ou não. Assim você terá mais clareza do que está entrando em seu bolso e quanto está saindo por mês.

Em um momento onde a pandemia deixou muita gente com problemas financeiros, a recomendação é cortar os gastos supérfluos com o cartão de crédito, como as compras no shopping, evitar compras roupas todos os meses, viajar menos se você somente viaja a turismo, além de não comer em restaurantes todos os dias da semana. Verá no final do mês como fará uma enorme diferença.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.