Bolsa Família de R$ 1.200 para mães solo? Veja o que se sabe

Bolsa Família de R$ 1.200 para mães solo? Veja o que se sabe

Nas redes sociais, milhares de mães querem saber se poderão receber o auxílio de R$ 1.200 para mães solo

O que você faria se o governo depositasse agora o valor de R$ 1.200 em sua conta? Certamente este é um saldo que poderia ajudar milhões de pessoas neste exato momento. A ajuda seria ainda mais proveitosa para as mães solteiras, que precisam conseguir renda e cuidar das crianças ao mesmo tempo.

Nas redes sociais, começou a circular uma postagem que indica que estas mães solo terão a oportunidade de receber um novo auxílio no valor de R$ 1.200. Este saldo seria pago para mulheres que se encontram em situação de vulnerabilidade social, e poderá fazer parte do sistema do Bolsa Família.

É verdade?

O projeto em questão existe de fato, e já passou por algumas aprovações dentro do congresso nacional. A verdade é que o poder legislativo já iniciou debates em torno da criação de um auxílio para mães solo. Neste momento, existem várias propostas com estas indicações.

Contudo, também é fato que estes projetos não passam por tramitação há anos. A maioria deles foi apresentado ainda durante a pandemia do coronavírus. Hoje, o governo federal não indica nenhuma possibilidade de aprovação destes documentos neste momento específico.

Bolsa Família de R$ 1.200 para mães solo? Veja o que se sabe
Projetos estão travados no congresso nacional. Imagem: Fábio Rodrigues/ Agência Brasil

Como receber R$ 1,2 mil no Bolsa Família

O fato de estes projetos não estarem mais sendo discutidos, não significa afirmar que mães solteiras não possam receber R$ 1,2 mil dentro do sistema do Bolsa Família. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome, é possível receber até mais do que este valor atualmente.

Como isso seria possível? Através do sistema de pagamento de adicionais. Para este mês de maio, por exemplo, o governo federal deve seguir com as liberações de vários deles. Veja abaixo a lista completa:

  • Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por pessoa da família;
  • Benefício Complementar (BCO): valor adicional para garantir um total mínimo de R$ 600 por família;
  • Benefício Primeira Infância (BPI): acréscimo de R$ 150 por criança de 0 a 7 anos;
  • Benefício Variável Familiar (BVF): acréscimo de R$ 50 para gestantes e crianças de 7 a 18 anos;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): acréscimo de R$ 50 por membro da família com até sete meses de idade (nutriz);
  • Benefício Extraordinário de Transição (BET): pago em casos específicos para garantir valores anteriores ao programa Auxílio Brasil até maio de 2025.

Caso você tenha direito, pode juntar os valores acima e somar até mais do que R$ 1,2 mil a depender das suas condições.

Rio Grande do Sul

Para as mães solo que residem no Rio Grande do Sul e que foram atingidas pelas fortes chuvas que assolam o estado há mais de duas semanas, também existem outras maneiras de ganhar mais de R$ 1,2 mil neste mês de maio.

O governo federal confirmou na tarde desta quarta-feira (15) a criação de um novo auxílio emergencial no valor de R$ 5,1 mil por família. O anúncio foi feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante evento realizado no estado do Rio Grande do Sul.

A ideia é pagar o saldo justamente para as pessoas que residem em cidades gaúchas que se encontram em situação de calamidade publica ou de emergência. A expectativa é de que o governo federal tenha que liberar algo em torno de R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos.

Este saldo de R$ 5,1 mil será transferido via Pix através da Caixa Econômica Federal. A ideia é que os atingidos usem a quantia para comprar móveis, eletrodomésticos e materiais de construção, por exemplo.

O governo federal vai definir quem são as pessoas que têm direito ao benefício com base nas informações de endereço de cada cidadão. Assim, será possível entender se o local em que o indivíduo reside foi atingido pela chuva ou não. Ainda não há uma data para o início dos pagamentos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.