Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Banco Central planeja novas melhorias para o PIX; Confira

No aniversário de 1 ano de funcionamento, o PIX,  sistema de pagamentos instantâneos lançado pelo Banco Central (BC), já foi utilizado como método de pagamento, desde estabelecimentos até transações entre amigos,  mais de 1,6 bilhão de vezes e movimentou mais de R$ 4 trilhões.

A ferramenta que permite transferir dinheiro instantaneamente para qualquer um, sem taxa alguma, durante 24h todos os dias da semana incluindo feriados, foi muito bem aceita pela população brasileira e de acordo com as últimas estatísticas divulgadas pelo BC, de setembro de 2021, as transações feitas por PIX superam as realizadas por boletos, TEDs, DOCs e cheques somados.

Durante esse primeiro ano de existência, o PIX já passou por algumas modificações e melhorias. As mais recentes novidades foram as novidades “Pix Saque” e o “Pix Troco”, que estrearam na última segunda-feira (29 de novembro). A modalidade faz com que os usuários consigam sacar ou receber como troco o valor em dinheiro de um pagamento com PIX em um estabelecimento como padaria, supermercado ou mesmo a lojinha do bairro.

Mas tudo indica que as novidades do Pix não devem parar por aí. O Banco Central já anunciou duas atualizações para o próximo ano que são:  implementar atualizações no PIX Cobrança e lançar o débito automático no PIX.

Débito automático PIX e o PIX Cobrança

Sobre as atualizações no PIX Cobrança, o BC afirmou que o upgrade começa a permitir a integração por meio de um arquivo padronizado, facilitando pagamentos em lote. Atualmente, a integração ocorre por meio da API Pix, padronizada pelo próprio BC.

O chefe de inovações financeiras da Fenasbac (Federação Nacional das Associações de Servidores do Banco Central), Rodrigoh Heriques, salienta que cada instituição financeira  tem uma padronização de arquivos de remessa e retorno e, com uma padronização, as empresas que realizam esses tipos de transações serão beneficiadas e terão o trabalho simplificado.

Além disso, já está concluída a implementação do PIX Cobrança com vencimentos para pagamento em data futura, podendo incluir juros, multas, acréscimos, descontos e outros abatimentos.

Já o PIX débito automático, o Banco Central disse que irá implementar a função “para facilitar pagamentos recorrentes”, já que as pessoas podem programar uma transação via PIX para ser paga na data escolhida. Quando chega o dia, o valor é automaticamente debitado do saldo disponível na conta, assim evitando esquecimentos e facilitando ainda mais a vida do usuário.

Transações via PIX sem precisar de internet

Uma das melhores novidades relacionadas ao pix, com certeza está a possibilidade de utilizar o PIX sem internet, já que deve ser a próxima funcionalidade anunciada pelo Banco Central.

De acordo com a instituição, já existem estudos avançados e discussões com a indústria sobre uma forma de iniciação por QR Code gerado pelo pagador em modo offline, o que  viabilizará o pagamento quando o usuário não estiver com sinal de Wi-Fi ou internet móvel.

Em contrapartida, o BC salienta que para o produto ser lançado “é necessário que o sistema de QR Codes seja melhor assimilado pela população em geral”. Ainda não há data definida para a disponibilização da ferramenta.

Por fim, o BC divulgou também que estuda a possibilidade de realizar transações internacionais por meio do PIX, algo que deve levar mais tempo, já que envolve diferentes sistemas de diferentes países e ainda não há um cronograma definido para isso.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

6 Comentários
  1. Marcio Diz

    Não pode ser tão rápido a transferência. Próximo dia compensa. Mas desse jeito não dá. Ou fazer uma lei que roubar via pix vai pra cadeia ..simples também..

  2. Sergui Diz

    Tem que existir uma forma de rastrear as movimentações tal qual o celular ‘ ferramentas utilizadas por pessoas de bem e do mal. O índice de roubo e sequestro vem crescendo assustadoramente . Ou se acha uma forma de segurança ou deixar de usar pix no celular ‘ só PC em casa .

  3. Ednaldo Diz

    Uma merda tou ate hj com dois pix sem receber quando vc tenta entrar contato com a empresa ninguem te atende

  4. Boaventura Ahmed Diz

    Na minha opinião o pix é uma ótima ferramenta, só que o grande problema foi ser liberado para plataforma Android e IOS, deveria ser só no computador, aí a segurança seria melhor, mas a bandidagem estão de olho e facilitam mais a vida deles com essa tecnologia frágil! Onde vamos parar! O quantas vidas ainda serão perdidas com a irresponsabilidade desse governantes!

  5. Cleber Diz

    Banco Central é um lixo juntamente com esse pix,,perdi 15 mil via pix pra estelionatários e até agora o banco central não resolveu o meu problema.

  6. JONH Diz

    Um excelente plataforma de tecnologia mas, uma merda com relação a segurança com tantas vidas perdidas pôr causa dessa tecnologia que não tem uma solução pra esse disastre.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.